A Fundação

Prêmios Recebidos

Ao permear sua trajetória com elementos simbólicos que atestam o rumo eficiente e eficaz de suas ações, a Fundação Odebrecht consolida sua crença de que não falta talento às pessoas: faltam as oportunidades para que esse talento possa se desenvolver e promover o crescimento com sustentabilidade.

O reconhecimento público recebido é encarado como uma forma de motivação e razão de orgulho por parte dos Integrantes e diversos Parceiros. Conheça alguns deles:

Loading

1996

09/1996 - ECO categoria Educação 09/1996 - ECO categoria Educação

Câmara Americana de Comércio

Iniciativa da Câmara Americana de Comércio, o Prêmio ECO foi criado com o objetivo de reconhecer e promover nacionalmente projetos de ação social desenvolvidos por empresas privadas nas áreas de cultura, educação, meio ambiente, saúde e participação comunitária.

09/1996 - Pacem in Terris 09/1996 - Pacem in Terris

La Roche College

Prêmio concedido em 1996, pelo La Roche College.

09/1996 - ECO categoria Educação

09/1996 - ECO categoria Educação Troféu do prêmio Eco 1996

Câmara Americana de Comércio

Iniciativa da Câmara Americana de Comércio, o Prêmio ECO foi criado com o objetivo de reconhecer e promover nacionalmente projetos de ação social desenvolvidos por empresas privadas nas áreas de cultura, educação, meio ambiente, saúde e participação comunitária.

09/1996 - Pacem in Terris

09/1996 - ECO categoria Educação Troféu do prêmio Eco 1996

La Roche College

Prêmio concedido em 1996, pelo La Roche College.

1998

07/1998 - Excelência Empresarial nos Programas de Prevenção HIV/AIDS 07/1998 - Excelência Empresarial nos Programas de Prevenção HIV/AIDS

Global Business Council on HIV/AIDS

O prêmio foi concedido pelo Global Business Council on HIV/ AIDS, organismo criado pela ONU  para incentivar empresas de todo o mundo no trabalho integrado a governos e ONG na luta contra a AIDS. 

07/1998 - Criança e Paz / Betinho 07/1998 - Criança e Paz / Betinho

UNICEF

Em 1998, a Fundação Odebrecht ganhou o Prêmio Criança e Paz - Betinho, concedido pelo Unicef, em reconhecimento à sua atuação em defesa dos direitos da criança e do adolescente no Brasil.

07/1998 - Excelência Empresarial nos Programas de Prevenção HIV/AIDS

07/1998 - Excelência Empresarial nos Programas de Prevenção HIV/AIDS Placa comemorativa do prêmio Global Business Council on HIV/AIDS

Global Business Council on HIV/AIDS

O prêmio foi concedido pelo Global Business Council on HIV/ AIDS, organismo criado pela ONU  para incentivar empresas de todo o mundo no trabalho integrado a governos e ONG na luta contra a AIDS. 

07/1998 - Criança e Paz / Betinho

07/1998 - Excelência Empresarial nos Programas de Prevenção HIV/AIDS Placa comemorativa do prêmio Global Business Council on HIV/AIDS

UNICEF

Em 1998, a Fundação Odebrecht ganhou o Prêmio Criança e Paz - Betinho, concedido pelo Unicef, em reconhecimento à sua atuação em defesa dos direitos da criança e do adolescente no Brasil.

2003

09/2003 - Destaque no Marketing 09/2003 - Destaque no Marketing

Associação Brasileira de Marketing & Negócios

O prêmio Destaque no Marketing, da Associação Brasileira de Marketing & Negócios, instituído em 1972, no Rio de Janeiro, tem como objetivo reconhecer o sucesso de empresas e profissionais, das mais diversas atividades, além de expandir a idéia da importância do marketing em nossa sociedade.

09/2003 - Destaque no Marketing

09/2003 - Destaque no Marketing Certificado do prêmio Destaque no Marketing 2003

Associação Brasileira de Marketing & Negócios

O prêmio Destaque no Marketing, da Associação Brasileira de Marketing & Negócios, instituído em 1972, no Rio de Janeiro, tem como objetivo reconhecer o sucesso de empresas e profissionais, das mais diversas atividades, além de expandir a idéia da importância do marketing em nossa sociedade.

2005

12/2005 - Prêmio Top Social 12/2005 - Prêmio Top Social

Associação de Dirigentes de Marketing e Vendas da Bahia - ADVB-Ba

Troféu Top Social entregue a Fundação Odebrecht

A noite do dia 14 de dezembro foi de festa para a Fundação Odebrecht. O troféu Top Social, o mais importante prêmio de responsabilidade social do Norte/Nordeste, foi concedido a Fundação em reconhecimento aos seus trabalhos em prol do desenvolvimento do Estado.

A solenidade de entrega do prêmio foi realizada no Salão Ondina do Bahia Othon Palace Hotel. O Top Social é uma iniciativa da Associação de Dirigentes de Marketing e Vendas da Bahia (ADVB-BA), em parceria com a Associação Brasileira das Agências de Publicidade (ABAP-BA) e a Associação Comercial da Bahia (ACB). Autoridades políticas, empresários e representantes do terceiro setor prestigiaram o evento que premiou 14 instituições que desenvolvem ações de responsabilidade social.

A Fundação Odebrecht concorreu ao prêmio com o case “Programa de Desenvolvimento Integrado e Sustentável do Baixo Sul da Bahia – DIS Baixo Sul”. A coordenadora de Comunicação e Relações Institucionais da Fundação Odebrecht, Marta Castro, representou a instituição recebendo o troféu. Para ela, o reconhecimento deste prêmio reforça ainda mais importância aos trabalhos da Fundação ao longo de seus 40 anos. “Para se ter um bom case, duas coisas são fundamentais: ter uma história para contar, com desafios e resultados, e competência para comunicar essa história. Acredito que a nosso sucesso se deve ao fato de termos um programa social consolidado e ao trabalho da nossa equipe de comunicação”, afirma Marta.

O presidente da ADVB-Ba, Isaac Edington, explicou que o prêmio é a “oportunidade de vivenciar a grande variedade de projetos que são desenvolvidos no estado da Bahia”. As empresas vencedoras desta edição, além da Fundação Odebrecht, foram a Associação de Obras Sociais Irmã Dulce, Coelba, Conder, Embasa, Hospital São Rafael, Instituto Sol, Instituto Telemar S/C, Petrobrás Petróleo Brasileiro S/A, Secretaria da Fazenda, SEDUR - Secretaria de Desenvolvimento Urbano, SETRAS Secretaria do Trabalho, Assistência Social e Esporte, Shopping Piedade e a Dow Brasil Nordeste, agraciada com o Troféu Maria Rita Pontes, o “Top dos Tops”.

Este ano, a entidade homenageada foi o Hospital Aristides Maltez, pelos seus trabalhos na prevenção, diagnóstico, tratamento, reabilitação, ensino e pesquisa do câncer.

12/2005 - IV Prêmio de Ecoturismo e Sustentabilidade 12/2005 - IV Prêmio de Ecoturismo e Sustentabilidade

Revista Ecoturismo

Fundação Odebrecht é contemplada com o IV Prêmio de Ecoturismo e Sustentabilidade

Promovido pela Revista Ecoturismo, com o apoio do Ministério do Meio Ambiente do Brasil, o IV Prêmio de Ecoturismo e Sustentabilidade foi concedido a Fundação Odebrecht, na categoria Responsabilidade Social Empresarial. A cerimônia de premiação acontecerá às 19h, no auditório do Bay Park, em Brasília, no dia 12 de dezembro, durante o III Seminário Internacional de Ecoturismo e Sustentabilidade.

A Revista Ecoturismo promove anualmente edições do seu Prêmio para destacar personalidades, autoridades e empresários engajados na defesa do meio ambiente e no incentivo ao desenvolvimento sustentável. O IV Prêmio de Ecoturismo e Sustentabilidade permite o reconhecimento de ações empreendedoras nos segmentos Meio Ambiente Industrial, Agronegócio Sustentável e Responsabilidade Social Empresarial.

Confira os nomes de alguns contemplados, nas diversas categorias do Prêmio:

- Rosalía Arteaga, ex-presidente do Equador - Sustentabilidade Internacional;
- Gilney Vian - Sustentabilidade e Meio Ambiente;
- Milton Zuanazzi - Turismo e Meio Ambiente;
- Vilmar Berna - Jornalismo Ambiental;
- Ministro da Cultura Gilberto Gil - Sustentabilidade Cultural;
- Deputada Federal Marinha Raupp - Sustentabilidade e Inclusão Social;
- Governo do Estado de Rondônia - Gestão 2003/2006, Sustentabilidade Política;
- Bahiatursa - Pioneirismo no Turismo Sustentável;
- Empresa Brasileira de Correios e Telégrafos - Sustentabilidade em crises políticas;
- Netinho de Paula - Sustentabilidade e Inclusão Social.

Mais informações: www.revistaecoturismo.com.br
Tel.: (61) 3037-3000 / 3306-3000
e-mail: baypark@baypark.com.br

09/2005 - Troféu Betinho de Cidadania 09/2005 - Troféu Betinho de Cidadania

Comitê Salvador do Ação Cidadania

Troféu Betinho de Cidadania premia a Fundação

Ao completar 40 anos, a Fundação Odebrecht recebe o Troféu Betinho de Cidadania, em reconhecimento ao trabalho de promoção do desenvolvimento integrado e sustentável da região do Baixo Sul da Bahia.
 
Instituições públicas, privadas e organizações não-governamentais (ONGs) do estado que desenvolvem projetos de responsabilidade social foram homenageadas nesta quarta-feira  pelo Comitê Salvador do Ação Cidadania com o Troféu Betinho de Cidadania. A Fundação Odebrecht está entre os cinco premiados na primeira edição do evento, que marca o início de um trabalho de reconhecimento dos projetos desenvolvidos em prol da cidadania.
 
Durante a cerimônia, realizada no dia 28 de setembro, no Trapiche Eventos, em Salvador, foram homenageados também  o Governo do Estado da Bahia, a Prefeitura de Salvador,  as Obras Sociais Irmã Dulce e  a Rede  Bahia.  Ao completar 40 anos, a Fundação Odebrecht foi reconhecida pelo trabalho de promoção do desenvolvimento integrado e sustentável que realiza no Baixo Sul da Bahia.
 
O Troféu Betinho de Cidadania é uma iniciativa do Comitê Salvador e já chega como uma referência para o desenvolvimento de projetos em prol da cidadania no estado. Servirá também como um impulsionador local para a Ação da Cidadania Contra a Miséria, idealizada pelo sociólogo Betinho em 1993.

12/2005 - Prêmio Top Social

12/2005 - Prêmio Top Social Marta Castro recebe o troféu Top Social 2005

Associação de Dirigentes de Marketing e Vendas da Bahia - ADVB-Ba

Troféu Top Social entregue a Fundação Odebrecht

A noite do dia 14 de dezembro foi de festa para a Fundação Odebrecht. O troféu Top Social, o mais importante prêmio de responsabilidade social do Norte/Nordeste, foi concedido a Fundação em reconhecimento aos seus trabalhos em prol do desenvolvimento do Estado.

A solenidade de entrega do prêmio foi realizada no Salão Ondina do Bahia Othon Palace Hotel. O Top Social é uma iniciativa da Associação de Dirigentes de Marketing e Vendas da Bahia (ADVB-BA), em parceria com a Associação Brasileira das Agências de Publicidade (ABAP-BA) e a Associação Comercial da Bahia (ACB). Autoridades políticas, empresários e representantes do terceiro setor prestigiaram o evento que premiou 14 instituições que desenvolvem ações de responsabilidade social.

A Fundação Odebrecht concorreu ao prêmio com o case “Programa de Desenvolvimento Integrado e Sustentável do Baixo Sul da Bahia – DIS Baixo Sul”. A coordenadora de Comunicação e Relações Institucionais da Fundação Odebrecht, Marta Castro, representou a instituição recebendo o troféu. Para ela, o reconhecimento deste prêmio reforça ainda mais importância aos trabalhos da Fundação ao longo de seus 40 anos. “Para se ter um bom case, duas coisas são fundamentais: ter uma história para contar, com desafios e resultados, e competência para comunicar essa história. Acredito que a nosso sucesso se deve ao fato de termos um programa social consolidado e ao trabalho da nossa equipe de comunicação”, afirma Marta.

O presidente da ADVB-Ba, Isaac Edington, explicou que o prêmio é a “oportunidade de vivenciar a grande variedade de projetos que são desenvolvidos no estado da Bahia”. As empresas vencedoras desta edição, além da Fundação Odebrecht, foram a Associação de Obras Sociais Irmã Dulce, Coelba, Conder, Embasa, Hospital São Rafael, Instituto Sol, Instituto Telemar S/C, Petrobrás Petróleo Brasileiro S/A, Secretaria da Fazenda, SEDUR - Secretaria de Desenvolvimento Urbano, SETRAS Secretaria do Trabalho, Assistência Social e Esporte, Shopping Piedade e a Dow Brasil Nordeste, agraciada com o Troféu Maria Rita Pontes, o “Top dos Tops”.

Este ano, a entidade homenageada foi o Hospital Aristides Maltez, pelos seus trabalhos na prevenção, diagnóstico, tratamento, reabilitação, ensino e pesquisa do câncer.

12/2005 - IV Prêmio de Ecoturismo e Sustentabilidade

12/2005 - Prêmio Top Social Marta Castro recebe o troféu Top Social 2005

Revista Ecoturismo

Fundação Odebrecht é contemplada com o IV Prêmio de Ecoturismo e Sustentabilidade

Promovido pela Revista Ecoturismo, com o apoio do Ministério do Meio Ambiente do Brasil, o IV Prêmio de Ecoturismo e Sustentabilidade foi concedido a Fundação Odebrecht, na categoria Responsabilidade Social Empresarial. A cerimônia de premiação acontecerá às 19h, no auditório do Bay Park, em Brasília, no dia 12 de dezembro, durante o III Seminário Internacional de Ecoturismo e Sustentabilidade.

A Revista Ecoturismo promove anualmente edições do seu Prêmio para destacar personalidades, autoridades e empresários engajados na defesa do meio ambiente e no incentivo ao desenvolvimento sustentável. O IV Prêmio de Ecoturismo e Sustentabilidade permite o reconhecimento de ações empreendedoras nos segmentos Meio Ambiente Industrial, Agronegócio Sustentável e Responsabilidade Social Empresarial.

Confira os nomes de alguns contemplados, nas diversas categorias do Prêmio:

- Rosalía Arteaga, ex-presidente do Equador - Sustentabilidade Internacional;
- Gilney Vian - Sustentabilidade e Meio Ambiente;
- Milton Zuanazzi - Turismo e Meio Ambiente;
- Vilmar Berna - Jornalismo Ambiental;
- Ministro da Cultura Gilberto Gil - Sustentabilidade Cultural;
- Deputada Federal Marinha Raupp - Sustentabilidade e Inclusão Social;
- Governo do Estado de Rondônia - Gestão 2003/2006, Sustentabilidade Política;
- Bahiatursa - Pioneirismo no Turismo Sustentável;
- Empresa Brasileira de Correios e Telégrafos - Sustentabilidade em crises políticas;
- Netinho de Paula - Sustentabilidade e Inclusão Social.

Mais informações: www.revistaecoturismo.com.br
Tel.: (61) 3037-3000 / 3306-3000
e-mail: baypark@baypark.com.br

09/2005 - Troféu Betinho de Cidadania

12/2005 - Prêmio Top Social Marta Castro recebe o troféu Top Social 2005

Comitê Salvador do Ação Cidadania

Troféu Betinho de Cidadania premia a Fundação

Ao completar 40 anos, a Fundação Odebrecht recebe o Troféu Betinho de Cidadania, em reconhecimento ao trabalho de promoção do desenvolvimento integrado e sustentável da região do Baixo Sul da Bahia.
 
Instituições públicas, privadas e organizações não-governamentais (ONGs) do estado que desenvolvem projetos de responsabilidade social foram homenageadas nesta quarta-feira  pelo Comitê Salvador do Ação Cidadania com o Troféu Betinho de Cidadania. A Fundação Odebrecht está entre os cinco premiados na primeira edição do evento, que marca o início de um trabalho de reconhecimento dos projetos desenvolvidos em prol da cidadania.
 
Durante a cerimônia, realizada no dia 28 de setembro, no Trapiche Eventos, em Salvador, foram homenageados também  o Governo do Estado da Bahia, a Prefeitura de Salvador,  as Obras Sociais Irmã Dulce e  a Rede  Bahia.  Ao completar 40 anos, a Fundação Odebrecht foi reconhecida pelo trabalho de promoção do desenvolvimento integrado e sustentável que realiza no Baixo Sul da Bahia.
 
O Troféu Betinho de Cidadania é uma iniciativa do Comitê Salvador e já chega como uma referência para o desenvolvimento de projetos em prol da cidadania no estado. Servirá também como um impulsionador local para a Ação da Cidadania Contra a Miséria, idealizada pelo sociólogo Betinho em 1993.

2006

11/2006 - Prêmio Destaque 11/2006 - Prêmio Destaque

Revista Exame de Boa Cidadania Corporativa

Cadeias produtivas do DIS Baixo Sul é destaque no Guia Exame

A Odebrecht foi uma das 25 empresas escolhidas para integrar o Guia Exame de Boa Cidadania Corporativa 2006. Foi concedido o Prêmio Destaque, na categoria “Relacionamento com a comunidade”, ao Projeto de Fomento ao Capital Produtivo desenvolvido pela Fundação Odebrecht dentro do Programa de Desenvolvimento Integrado e Sustentável do Baixo Sul da Bahia (DIS Baixo Sul).

O Guia Exame, que estará nas bancas a partir do dia 04 de dezembro, é uma iniciativa da Editora Abril em parceria com o Instituto Ethos, que reconhece empresas-modelo na prática da responsabilidade social corporativa no país. O objetivo é mostrar como cresceu o envolvimento das empresas com ações voltadas para a cidadania, organizando a lista das “100 Melhores Empresas para Você Trabalhar”.

A publicação destaca que um dos objetivos do DIS Baixo Sul é identificar vocações locais, fomentando Cadeias Produtivas como forma de promover o desenvolvimento econômico e levar tecnologia e conhecimento para o campo. Ressalta ainda que até agora já foram estruturadas as cadeias produtivas da mandioca, do palmito, da piaçava e da aqüicultura.

O prêmio conferido à Odebrecht foi recebido pelo Presidente Executivo da Fundação, Maurício Medeiros, em cerimônia realizada no Teatro Abril, em São Paulo, na noite do dia 29 de novembro.
 

07/2006 - 32º Prêmio Aberje Nordeste 07/2006 - 32º Prêmio Aberje Nordeste

Aberje - Associação Brasileira de Comunicação Empresarial

Fundação Odebrecht é vencedora do Prêmio Aberje Nordeste

Com o case “Campanha dos 40 anos”, a Fundação Odebrecht recebeu o Prêmio Aberje Nordeste na categoria Melhor Campanha de Comunicação Integrada. A divulgação dos premiados ocorreu no dia 29 de setembro, em cerimônia realizada na Casa do Comércio, em Salvador. A Fundação também foi contemplada com o prêmio Empresa do Ano em Comunicação Empresarial do Nordeste.

Em sua 32ª edição e promovida pela Associação Brasileira de Comunicação Empresarial (Aberje), a premiação destacou as melhores ações de comunicação organizacional da região Nordeste, em 23 categorias como internet, newsletter digital, jornais, revistas e relacionamento com a imprensa.

Marta Castro, Coordenadora de Comunicação e Relações Institucionais, lembrou que a Fundação Odebrecht sempre teve uma política de comunicação discreta e que contou com a Odebrecht S.A para construir e executar uma ação que visava, principalmente, divulgar o Programa de Desenvolvimento Integrado e Sustentável do Baixo Sul da Bahia – DIS Baixo Sul. “Este prêmio é dedicado às comunidades beneficiadas pelo DIS Baixo Sul. Elas nos deram o conteúdo e a emoção para fazermos a campanha. Mais do que divulgar as ações, queremos influenciar outros empresários a também atuarem em causas sociais”, disse.

Os trabalhos vencedores são classificados automaticamente para o Prêmio Aberje Brasil, em suas respectivas categorias, e concorrerão com os premiados nas regionais Centro-Oeste/Leste, Minas Gerais, Rio de Janeiro, São Paulo e Sul.

06/2006 - 6º Prêmio Ethos de Jornalismo 06/2006 - 6º Prêmio Ethos de Jornalismo

Instituto Ethos de Empresas e Responsabilidade Social

Documentário DIS Baixo Sul vence 6º Prêmio Ethos de Jornalismo

Produzido pela Bahia Cinema & Vídeo, em parceria com a Fundação Odebrecht, o documentário Baixo Sul foi o vencedor do 6º Prêmio Ethos de Jornalismo na categoria Mídia Eletrônica Televisão, pelo Júri Especial. A divulgação dos ganhadores aconteceu na noite do dia 21 de junho, durante a Conferência Internacional 2006 - Empresas e Responsabilidade Social - do Instituto Ethos. A mestre de cerimônia foi Glória Maria, apresentadora do programa Fantástico, da Rede Globo.

O Júri Especial foi formado por renomados profissionais: Beth Carmona, Caio Túlio Costa, Carlos Eduardo Lins da Silva, Miguel Jorge, Ricardo Noblat e Sinval Itacarambi. O documentário, exibido pela TV Salvador, concorreu com a série do Bom Dia Brasil (TV Globo), "Um Bom Negócio", e com o programa "Balanço Social", da TV Cultura, que ganhou na mesma categoria pelo Júri Virtual, composto por representantes das empresas associadas ao Instituto Ethos. A TV Salvador foi o único veículo do Norte-Nordeste entre os finalistas.

Nesta edição, foram inscritas 103 iniciativas de diferentes veículos, mídias e Estados. Para o trabalho de triagem e validação, a primeira das fases de julgamento, foi contratado um comitê técnico, formado por dois profissionais de comunicação e dois de jornalismo, que escolheram os 16 finalistas.

Uma iniciativa do Instituto Ethos de Empresas e Responsabilidade Social, o Prêmio visa mobilizar a mídia para o tema da responsabilidade social empresarial. A premiação buscou reconhecer os trabalhos que mais contribuíram para gerar mudanças na estratégia de negócios das empresas, incentivando um comportamento socialmente responsável e sustentável.

Confira os vencedores do 6º Prêmio Ethos de Jornalismo:

Júri Especial

Categoria Mídia Digital: ‘Envolverde Revista Digital’;
Categoria Mídia Eletrônica Rádio: Rádio Eldorado AM – ‘15 Anos do Código de Defesa do Consumidor’;
Categoria Mídia Eletrônica Televisão: TV Salvador - Documentário e Programetes ‘DIS Baixo Sul’;
Categoria Mídia Impressa Jornal: Jornal Valor Econômico - ‘Empresa e Comunidade’;
Categoria Mídia Impressa Revista: Revista Época - série ‘Trabalho Escravo’.

Júri Virtual

Categoria Mídia Digital: ‘Portal Setor 3’;
Categoria Mídia Eletrônica Rádio: Rádio CBN – ‘Mundo Sustentável’;
Categoria Mídia Eletrônica Televisão: TV Cultura - Programa ‘Balanço Social’;
Categoria Mídia Impressa Jornal: Jornal Valor Econômico - ‘Empresa e Comunidade’;
Categoria Mídia Impressa Revista: Revista Exame - ‘Guia Exame de Boa Cidadania Corporativa’.

05/2006 - 5º Marketing Best Responsabilidade Social 05/2006 - 5º Marketing Best Responsabilidade Social

Editora Referência e Madia Marketing School

Fundação Odebrecht é premiada com o Marketing Best Responsabilidade Social

A Fundação Odebrecht foi uma das Organizações vencedoras do 5º Marketing Best Responsabilidade Social, com o case "Programa de Desenvolvimento Integrado e Sustentável do Baixo Sul da Bahia".

A Comissão Julgadora, responsável pela seleção das organizações que mais se destacaram em suas ações e práticas de responsabilidade social, foi presidida por Milton Mira de Assumpção Filho - Presidente da M. Books do Brasil Editora, e integrada por Francisco Alberto Madia de Souza – Presidente do MadiaMundoMarketing; Jomar Pereira da Silva – Jornalista e Presidente da Associação Latino - Americana de Agências de Publicidade; Francisco Gracioso - Diretor-Presidente da Escola Superior de Propaganda e Marketing; e Claudio Santos – Diretor Corporativo Mercado Anunciante do Grupo Estado.

Criado em 2002, pela Editora Referência e Madia Marketing School, o Marketing Best Responsabilidade Social tem a missão de estimular, reconhecer, premiar e difundir os exemplos de Organizações que promovem, por meio de suas práticas e ações empresariais, a consciência do dever da responsabilidade social.

Empresas como Petrobras, Suzano Petroquímica, Bradesco Capitalização e White Martins também foram premiadas. A solenidade de entrega dos prêmios acontecerá no dia 08 de agosto, no Teatro Shopping Frei Caneca, em São Paulo.

Para mais informações sobre os cases vencedores, acesse www.marketingbest.com.br.

11/2006 - Prêmio Destaque

11/2006 - Prêmio Destaque Maurício Medeiros recebe o prêmio em São Paulo

Revista Exame de Boa Cidadania Corporativa

Cadeias produtivas do DIS Baixo Sul é destaque no Guia Exame

A Odebrecht foi uma das 25 empresas escolhidas para integrar o Guia Exame de Boa Cidadania Corporativa 2006. Foi concedido o Prêmio Destaque, na categoria “Relacionamento com a comunidade”, ao Projeto de Fomento ao Capital Produtivo desenvolvido pela Fundação Odebrecht dentro do Programa de Desenvolvimento Integrado e Sustentável do Baixo Sul da Bahia (DIS Baixo Sul).

O Guia Exame, que estará nas bancas a partir do dia 04 de dezembro, é uma iniciativa da Editora Abril em parceria com o Instituto Ethos, que reconhece empresas-modelo na prática da responsabilidade social corporativa no país. O objetivo é mostrar como cresceu o envolvimento das empresas com ações voltadas para a cidadania, organizando a lista das “100 Melhores Empresas para Você Trabalhar”.

A publicação destaca que um dos objetivos do DIS Baixo Sul é identificar vocações locais, fomentando Cadeias Produtivas como forma de promover o desenvolvimento econômico e levar tecnologia e conhecimento para o campo. Ressalta ainda que até agora já foram estruturadas as cadeias produtivas da mandioca, do palmito, da piaçava e da aqüicultura.

O prêmio conferido à Odebrecht foi recebido pelo Presidente Executivo da Fundação, Maurício Medeiros, em cerimônia realizada no Teatro Abril, em São Paulo, na noite do dia 29 de novembro.
 

07/2006 - 32º Prêmio Aberje Nordeste

11/2006 - Prêmio Destaque Maurício Medeiros recebe o prêmio em São Paulo

Aberje - Associação Brasileira de Comunicação Empresarial

Fundação Odebrecht é vencedora do Prêmio Aberje Nordeste

Com o case “Campanha dos 40 anos”, a Fundação Odebrecht recebeu o Prêmio Aberje Nordeste na categoria Melhor Campanha de Comunicação Integrada. A divulgação dos premiados ocorreu no dia 29 de setembro, em cerimônia realizada na Casa do Comércio, em Salvador. A Fundação também foi contemplada com o prêmio Empresa do Ano em Comunicação Empresarial do Nordeste.

Em sua 32ª edição e promovida pela Associação Brasileira de Comunicação Empresarial (Aberje), a premiação destacou as melhores ações de comunicação organizacional da região Nordeste, em 23 categorias como internet, newsletter digital, jornais, revistas e relacionamento com a imprensa.

Marta Castro, Coordenadora de Comunicação e Relações Institucionais, lembrou que a Fundação Odebrecht sempre teve uma política de comunicação discreta e que contou com a Odebrecht S.A para construir e executar uma ação que visava, principalmente, divulgar o Programa de Desenvolvimento Integrado e Sustentável do Baixo Sul da Bahia – DIS Baixo Sul. “Este prêmio é dedicado às comunidades beneficiadas pelo DIS Baixo Sul. Elas nos deram o conteúdo e a emoção para fazermos a campanha. Mais do que divulgar as ações, queremos influenciar outros empresários a também atuarem em causas sociais”, disse.

Os trabalhos vencedores são classificados automaticamente para o Prêmio Aberje Brasil, em suas respectivas categorias, e concorrerão com os premiados nas regionais Centro-Oeste/Leste, Minas Gerais, Rio de Janeiro, São Paulo e Sul.

06/2006 - 6º Prêmio Ethos de Jornalismo

11/2006 - Prêmio Destaque Maurício Medeiros recebe o prêmio em São Paulo

Instituto Ethos de Empresas e Responsabilidade Social

Documentário DIS Baixo Sul vence 6º Prêmio Ethos de Jornalismo

Produzido pela Bahia Cinema & Vídeo, em parceria com a Fundação Odebrecht, o documentário Baixo Sul foi o vencedor do 6º Prêmio Ethos de Jornalismo na categoria Mídia Eletrônica Televisão, pelo Júri Especial. A divulgação dos ganhadores aconteceu na noite do dia 21 de junho, durante a Conferência Internacional 2006 - Empresas e Responsabilidade Social - do Instituto Ethos. A mestre de cerimônia foi Glória Maria, apresentadora do programa Fantástico, da Rede Globo.

O Júri Especial foi formado por renomados profissionais: Beth Carmona, Caio Túlio Costa, Carlos Eduardo Lins da Silva, Miguel Jorge, Ricardo Noblat e Sinval Itacarambi. O documentário, exibido pela TV Salvador, concorreu com a série do Bom Dia Brasil (TV Globo), "Um Bom Negócio", e com o programa "Balanço Social", da TV Cultura, que ganhou na mesma categoria pelo Júri Virtual, composto por representantes das empresas associadas ao Instituto Ethos. A TV Salvador foi o único veículo do Norte-Nordeste entre os finalistas.

Nesta edição, foram inscritas 103 iniciativas de diferentes veículos, mídias e Estados. Para o trabalho de triagem e validação, a primeira das fases de julgamento, foi contratado um comitê técnico, formado por dois profissionais de comunicação e dois de jornalismo, que escolheram os 16 finalistas.

Uma iniciativa do Instituto Ethos de Empresas e Responsabilidade Social, o Prêmio visa mobilizar a mídia para o tema da responsabilidade social empresarial. A premiação buscou reconhecer os trabalhos que mais contribuíram para gerar mudanças na estratégia de negócios das empresas, incentivando um comportamento socialmente responsável e sustentável.

Confira os vencedores do 6º Prêmio Ethos de Jornalismo:

Júri Especial

Categoria Mídia Digital: ‘Envolverde Revista Digital’;
Categoria Mídia Eletrônica Rádio: Rádio Eldorado AM – ‘15 Anos do Código de Defesa do Consumidor’;
Categoria Mídia Eletrônica Televisão: TV Salvador - Documentário e Programetes ‘DIS Baixo Sul’;
Categoria Mídia Impressa Jornal: Jornal Valor Econômico - ‘Empresa e Comunidade’;
Categoria Mídia Impressa Revista: Revista Época - série ‘Trabalho Escravo’.

Júri Virtual

Categoria Mídia Digital: ‘Portal Setor 3’;
Categoria Mídia Eletrônica Rádio: Rádio CBN – ‘Mundo Sustentável’;
Categoria Mídia Eletrônica Televisão: TV Cultura - Programa ‘Balanço Social’;
Categoria Mídia Impressa Jornal: Jornal Valor Econômico - ‘Empresa e Comunidade’;
Categoria Mídia Impressa Revista: Revista Exame - ‘Guia Exame de Boa Cidadania Corporativa’.

05/2006 - 5º Marketing Best Responsabilidade Social

11/2006 - Prêmio Destaque Maurício Medeiros recebe o prêmio em São Paulo

Editora Referência e Madia Marketing School

Fundação Odebrecht é premiada com o Marketing Best Responsabilidade Social

A Fundação Odebrecht foi uma das Organizações vencedoras do 5º Marketing Best Responsabilidade Social, com o case "Programa de Desenvolvimento Integrado e Sustentável do Baixo Sul da Bahia".

A Comissão Julgadora, responsável pela seleção das organizações que mais se destacaram em suas ações e práticas de responsabilidade social, foi presidida por Milton Mira de Assumpção Filho - Presidente da M. Books do Brasil Editora, e integrada por Francisco Alberto Madia de Souza – Presidente do MadiaMundoMarketing; Jomar Pereira da Silva – Jornalista e Presidente da Associação Latino - Americana de Agências de Publicidade; Francisco Gracioso - Diretor-Presidente da Escola Superior de Propaganda e Marketing; e Claudio Santos – Diretor Corporativo Mercado Anunciante do Grupo Estado.

Criado em 2002, pela Editora Referência e Madia Marketing School, o Marketing Best Responsabilidade Social tem a missão de estimular, reconhecer, premiar e difundir os exemplos de Organizações que promovem, por meio de suas práticas e ações empresariais, a consciência do dever da responsabilidade social.

Empresas como Petrobras, Suzano Petroquímica, Bradesco Capitalização e White Martins também foram premiadas. A solenidade de entrega dos prêmios acontecerá no dia 08 de agosto, no Teatro Shopping Frei Caneca, em São Paulo.

Para mais informações sobre os cases vencedores, acesse www.marketingbest.com.br.

2007

08/2007 - 33º Prêmio Aberje Norte e Nordeste 08/2007 - 33º Prêmio Aberje Norte e Nordeste

Aberje - Associação Brasileira de Comunicação Empresarial

Fundação Odebrecht recebe Prêmio Aberje Norte e Nordeste 2007

Com o vídeo institucional “Plano de Desenvolvimento Integrado e Sustentável da APA do Pratigi”, a Fundação Odebrecht recebeu o Prêmio Aberje Norte - Nordeste 2007 na categoria Gestão de Mídia Audiovisual. A divulgação dos premiados ocorreu na noite do dia 20 de setembro, em cerimônia realizada no hotel Bahia Othon Palace, em Salvador. Durante todo o dia, foi realizado, no mesmo local, o 1º Congresso de Comunicação Empresarial Aberje Bahia.

A premiação, promovida pela Associação Brasileira de Comunicação Empresarial (Aberje), está em sua 33ª edição e destacou as melhores ações de comunicação organizacional do Norte e Nordeste em 11 categorias, como Comunicação Integrada, Relacionamento com a Comunidade, Imprensa, Público Interno, Gestão de Mídia Impressa, entre outras.

O vídeo institucional foi produzido pela Malagueta Filmes, com o apoio das equipes do Programa DIS Baixo Sul e de comunicação da Fundação Odebrecht. O desafio da peça foi traduzir, por meio da linguagem videográfica, o plano de ação elaborado para a Área de Proteção Ambiental (APA) do Pratigi, que começou a ser executado em 2007. Contemplando temáticas complexas, ligadas a geração de trabalho e renda em áreas de proteção ambiental, o plano é um documento gráfico denso e técnico, que precisava ser traduzido para uma linguagem visual objetiva e simples, visando atingir diversos públicos com a mesma qualidade.

O evento marcou também a inauguração do capítulo Aberje na Bahia, que será dirigido pelo professor Cláudio Cardoso, diretor executivo da Câmara Americana de Comércio na Bahia. Os trabalhos vencedores foram classificados automaticamente para o Prêmio Aberje Brasil, em suas respectivas categorias, e concorrerão com os premiados nas regionais Minas Gerais e Centro-Oeste; Espírito Santo e Rio de Janeiro; e São Paulo e Sul.

08/2007 - 33º Prêmio Aberje Norte e Nordeste

08/2007 - 33º Prêmio Aberje Norte e Nordeste Entrega do Prêmio Aberje, em Salvador

Aberje - Associação Brasileira de Comunicação Empresarial

Fundação Odebrecht recebe Prêmio Aberje Norte e Nordeste 2007

Com o vídeo institucional “Plano de Desenvolvimento Integrado e Sustentável da APA do Pratigi”, a Fundação Odebrecht recebeu o Prêmio Aberje Norte - Nordeste 2007 na categoria Gestão de Mídia Audiovisual. A divulgação dos premiados ocorreu na noite do dia 20 de setembro, em cerimônia realizada no hotel Bahia Othon Palace, em Salvador. Durante todo o dia, foi realizado, no mesmo local, o 1º Congresso de Comunicação Empresarial Aberje Bahia.

A premiação, promovida pela Associação Brasileira de Comunicação Empresarial (Aberje), está em sua 33ª edição e destacou as melhores ações de comunicação organizacional do Norte e Nordeste em 11 categorias, como Comunicação Integrada, Relacionamento com a Comunidade, Imprensa, Público Interno, Gestão de Mídia Impressa, entre outras.

O vídeo institucional foi produzido pela Malagueta Filmes, com o apoio das equipes do Programa DIS Baixo Sul e de comunicação da Fundação Odebrecht. O desafio da peça foi traduzir, por meio da linguagem videográfica, o plano de ação elaborado para a Área de Proteção Ambiental (APA) do Pratigi, que começou a ser executado em 2007. Contemplando temáticas complexas, ligadas a geração de trabalho e renda em áreas de proteção ambiental, o plano é um documento gráfico denso e técnico, que precisava ser traduzido para uma linguagem visual objetiva e simples, visando atingir diversos públicos com a mesma qualidade.

O evento marcou também a inauguração do capítulo Aberje na Bahia, que será dirigido pelo professor Cláudio Cardoso, diretor executivo da Câmara Americana de Comércio na Bahia. Os trabalhos vencedores foram classificados automaticamente para o Prêmio Aberje Brasil, em suas respectivas categorias, e concorrerão com os premiados nas regionais Minas Gerais e Centro-Oeste; Espírito Santo e Rio de Janeiro; e São Paulo e Sul.

2008

10/2008 - 2º Prêmio ODM 10/2008 - 2º Prêmio ODM

Secretaria-Geral da Presidência da República e Pnud

A Fundação Odebrecht conquistou o 2º Prêmio ODM Brasil, concedido a projetos que contribuem com resultados efetivos para alcançar os Objetivos de Desenvolvimento do Milênio. A instituição foi a única fundação empresarial a ganhar o prêmio e a contribuir com os oito objetivos em uma mesma iniciativa.

O projeto foi escolhido entre 1.092 práticas inscritas. No dia 29 de outubro, foi realizada a cerimônia de premiação no Palácio do Planalto. Maurício Medeiros, Presidente Executivo da Fundação Odebrecht, recebeu o troféu das mãos do ministro Luiz Dulci, da Secretaria-Geral da Presidência da República.

Maria Celeste Pereira, Carlos Guimarães e Liliana Leite, todos Líderes de Organizações da Sociedade Civil de Interesse Público ligadas ao Programa de Desenvolvimento Integrado e Sustentável do Baixo Sul da Bahia, apoiado pela Fundação Odebrecht, também participaram do evento. “São pequenas ações que fazem a diferença”, ressaltou Guimarães ao lembrar que todos os projetos premiados reúnem iniciativas simples executadas de forma eficaz e eficiente.

Maria Celeste reconhece que o mérito dessa conquista vai para todos que se dedicaram ao Programa. “Foi um momento de reconhecimento e isso aumenta nossa responsabilidade em fazer do planeta um lugar melhor e o Baixo Sul, uma referência”, concluiu.

10/2008 - 2º Prêmio ODM

10/2008 - 2º Prêmio ODM Maurício Medeiros recebeu o troféu das mãos do ministro Luiz Dulci

Secretaria-Geral da Presidência da República e Pnud

A Fundação Odebrecht conquistou o 2º Prêmio ODM Brasil, concedido a projetos que contribuem com resultados efetivos para alcançar os Objetivos de Desenvolvimento do Milênio. A instituição foi a única fundação empresarial a ganhar o prêmio e a contribuir com os oito objetivos em uma mesma iniciativa.

O projeto foi escolhido entre 1.092 práticas inscritas. No dia 29 de outubro, foi realizada a cerimônia de premiação no Palácio do Planalto. Maurício Medeiros, Presidente Executivo da Fundação Odebrecht, recebeu o troféu das mãos do ministro Luiz Dulci, da Secretaria-Geral da Presidência da República.

Maria Celeste Pereira, Carlos Guimarães e Liliana Leite, todos Líderes de Organizações da Sociedade Civil de Interesse Público ligadas ao Programa de Desenvolvimento Integrado e Sustentável do Baixo Sul da Bahia, apoiado pela Fundação Odebrecht, também participaram do evento. “São pequenas ações que fazem a diferença”, ressaltou Guimarães ao lembrar que todos os projetos premiados reúnem iniciativas simples executadas de forma eficaz e eficiente.

Maria Celeste reconhece que o mérito dessa conquista vai para todos que se dedicaram ao Programa. “Foi um momento de reconhecimento e isso aumenta nossa responsabilidade em fazer do planeta um lugar melhor e o Baixo Sul, uma referência”, concluiu.

2010

05/2010 - Prêmio ao Serviço Público das Nações Unidas 2010 05/2010 - Prêmio ao Serviço Público das Nações Unidas 2010

ONU – Organização das Nações Unidas

Programa de Desenvolvimento e Crescimento Integrado com Sustentabilidade do Mosaico de Áreas de Proteção Ambiental do Baixo Sul da Bahia – PDCIS, instituído pela Fundação Odebrecht, comemora a conquista do Prêmio ao Serviço Público das Nações Unidas 2010. A cerimônia aconteceu no dia 23 de junho, quando é comemorado o Dia do Serviço Público, e reuniu em Barcelona, na Espanha, outros 21 trabalhos de 15 diferentes países, entre eles, Alemanha, Canadá, Itália, Líbano e Tunísia.

Em seu discurso de abertura, Sha Zukang, Subsecretário Geral de Desenvolvimento Econômico e Social das Nações Unidas, comentou sobre os trabalhos apresentados. “Os vencedores deste ano mostraram dedicação e deram exemplo de eficiência. Eles estão ajudando os governos a melhorar a vida de pessoas por todo o mundo e nos fazem pensar de maneira criativa", destaca Zukang.

Promovida pela Divisão para Administração Pública e Gestão do Desenvolvimento da Organização das Nações Unidas (ONU), a iniciativa reconhece instituições que contribuíram para melhorar a eficiência da administração pública. O PDCIS foi a única ação reconhecida na América Latina e Caribe e vencedor com o primeiro lugar na categoria “Melhorando a participação cidadã nos processos de decisões públicas através de mecanismos inovadores”.

Na cerimônia, estavam presentes José Carlos Santos, presidente da Associação Guardiã da Área de Proteção Ambiental do Pratigi (Agir), Antônio Conceição Almeida, prefeito de Ibirapitanga (BA) e vice-presidente do Consórcio Intermunicipal da APA do Pratigi, Manoel Vitório, secretário da Administração da Bahia, e Maurício Medeiros, presidente executivo da Fundação Odebrecht.

Para José Carlos Santos, este prêmio simboliza o respeito pelas comunidades rurais, a união que existe entre elas e a vontade de vencer. "Vamos multiplicar essa dedicação e fazer valer este prêmio ganho pelo Baixo Sul, pela Bahia e pelo Brasil”, reforça o presidente da Agir.

“O grande diferencial do Programa é seu sistema inovador de governança participativa que cria um espaço sinérgico, colaborativo de construção de iniciativas sociais e traz benefícios para todas as partes envolvidas”, afirma Medeiros. Segundo ele, o capital social se fortalece quando há a oportunidade de governos, sociedade civil e empresas atuarem juntos.

Na ocasião também esteve presente a jovem Pedrina Belém do Rosário, beneficiária do PDCIS. Aos 21 anos, ela é ex-aluna da Casa Familiar Agroflorestal, uma das unidades de ensino do programa, que tem como responsabilidade a formação dos jovens do Baixo Sul. Atualmente, Pedrina integra a equipe do Instituto Direito e Cidadania e apoia a mobilização de agricultores para participarem do Programa de Aquisição de Alimentos, uma ação de política pública do Governo Federal voltada para o combate à fome e distribuição de renda.

“A ONU é uma instituição mundial que luta pela construção de um futuro melhor, com igualdade e direitos humanos. Isso só confere ao prêmio maior importância. Acredito que este reconhecimento contribuirá para a consolidação e visibilidade de todo o modelo sustentável que está sendo trabalhado”, comemora Pedrina.

05/2010 - Prêmio ao Serviço Público das Nações Unidas 2010

05/2010 - Prêmio ao Serviço Público das Nações Unidas 2010 Prêmio foi entregue em Barcelona, dia 23 de junho

ONU – Organização das Nações Unidas

Programa de Desenvolvimento e Crescimento Integrado com Sustentabilidade do Mosaico de Áreas de Proteção Ambiental do Baixo Sul da Bahia – PDCIS, instituído pela Fundação Odebrecht, comemora a conquista do Prêmio ao Serviço Público das Nações Unidas 2010. A cerimônia aconteceu no dia 23 de junho, quando é comemorado o Dia do Serviço Público, e reuniu em Barcelona, na Espanha, outros 21 trabalhos de 15 diferentes países, entre eles, Alemanha, Canadá, Itália, Líbano e Tunísia.

Em seu discurso de abertura, Sha Zukang, Subsecretário Geral de Desenvolvimento Econômico e Social das Nações Unidas, comentou sobre os trabalhos apresentados. “Os vencedores deste ano mostraram dedicação e deram exemplo de eficiência. Eles estão ajudando os governos a melhorar a vida de pessoas por todo o mundo e nos fazem pensar de maneira criativa", destaca Zukang.

Promovida pela Divisão para Administração Pública e Gestão do Desenvolvimento da Organização das Nações Unidas (ONU), a iniciativa reconhece instituições que contribuíram para melhorar a eficiência da administração pública. O PDCIS foi a única ação reconhecida na América Latina e Caribe e vencedor com o primeiro lugar na categoria “Melhorando a participação cidadã nos processos de decisões públicas através de mecanismos inovadores”.

Na cerimônia, estavam presentes José Carlos Santos, presidente da Associação Guardiã da Área de Proteção Ambiental do Pratigi (Agir), Antônio Conceição Almeida, prefeito de Ibirapitanga (BA) e vice-presidente do Consórcio Intermunicipal da APA do Pratigi, Manoel Vitório, secretário da Administração da Bahia, e Maurício Medeiros, presidente executivo da Fundação Odebrecht.

Para José Carlos Santos, este prêmio simboliza o respeito pelas comunidades rurais, a união que existe entre elas e a vontade de vencer. "Vamos multiplicar essa dedicação e fazer valer este prêmio ganho pelo Baixo Sul, pela Bahia e pelo Brasil”, reforça o presidente da Agir.

“O grande diferencial do Programa é seu sistema inovador de governança participativa que cria um espaço sinérgico, colaborativo de construção de iniciativas sociais e traz benefícios para todas as partes envolvidas”, afirma Medeiros. Segundo ele, o capital social se fortalece quando há a oportunidade de governos, sociedade civil e empresas atuarem juntos.

Na ocasião também esteve presente a jovem Pedrina Belém do Rosário, beneficiária do PDCIS. Aos 21 anos, ela é ex-aluna da Casa Familiar Agroflorestal, uma das unidades de ensino do programa, que tem como responsabilidade a formação dos jovens do Baixo Sul. Atualmente, Pedrina integra a equipe do Instituto Direito e Cidadania e apoia a mobilização de agricultores para participarem do Programa de Aquisição de Alimentos, uma ação de política pública do Governo Federal voltada para o combate à fome e distribuição de renda.

“A ONU é uma instituição mundial que luta pela construção de um futuro melhor, com igualdade e direitos humanos. Isso só confere ao prêmio maior importância. Acredito que este reconhecimento contribuirá para a consolidação e visibilidade de todo o modelo sustentável que está sendo trabalhado”, comemora Pedrina.

2013

11/2013 - CFI Awards Programme 11/2013 - CFI Awards Programme

Capital Finance International

Capital Finance International (CFI) reconheceu a Fundação Odebrecht com o CFI Awards Programme, que identifica pessoas e organizações que atuam com melhores práticas ao redor do mundo, possíveis de serem replicadas. As indicações ao Prêmio são realizadas pelos leitores, assinantes, colaboradores e visitantes do site CFI e, posteriormente, escolhidas por uma comissão julgadora. De acordo com o site da instituição, o intuito é encontrar boas ideias em todos os lugares e demonstrar que podemos aprender uns com os outros.

A Fundação Odebrecht fomenta ações de inclusão social no interior baiano por meio do Programa de Desenvolvimento e Crescimento Integrado com Sustentabilidade do Mosaico de Áreas de Proteção Ambiental do Baixo Sul da Bahia (PDCIS). O desafio é tornar próspera e dinâmica uma área rural com grande patrimônio ambiental, fixando os jovens talentos no campo.

As ações privilegiam o jovem e sua interação com a família, visando transformar a realidade de comunidades da zona rural. As atividades são realizadas com a contribuição de diversos parceiros das áreas pública e privada.  Para Mauricio Medeiros, Presidente Executivo da Fundação Odebrecht, o grande diferencial do PDCIS é seu sistema inovador de Governança Participativa, que cria um espaço sinérgico e colaborativo para concepção de iniciativas sociais, trazendo benefícios para todas as partes envolvidas. “Governos, a Sociedade Organizada e a Iniciativa Privada atuam juntos, focados em um mesmo objetivo: a estruturação de uma classe média rural, protagonista de seu próprio destino”, assegura.

11/2013 - CFI Awards Programme

11/2013 - CFI Awards Programme Fundação Odebrecht conquista CFI Awards Programme

Capital Finance International

Capital Finance International (CFI) reconheceu a Fundação Odebrecht com o CFI Awards Programme, que identifica pessoas e organizações que atuam com melhores práticas ao redor do mundo, possíveis de serem replicadas. As indicações ao Prêmio são realizadas pelos leitores, assinantes, colaboradores e visitantes do site CFI e, posteriormente, escolhidas por uma comissão julgadora. De acordo com o site da instituição, o intuito é encontrar boas ideias em todos os lugares e demonstrar que podemos aprender uns com os outros.

A Fundação Odebrecht fomenta ações de inclusão social no interior baiano por meio do Programa de Desenvolvimento e Crescimento Integrado com Sustentabilidade do Mosaico de Áreas de Proteção Ambiental do Baixo Sul da Bahia (PDCIS). O desafio é tornar próspera e dinâmica uma área rural com grande patrimônio ambiental, fixando os jovens talentos no campo.

As ações privilegiam o jovem e sua interação com a família, visando transformar a realidade de comunidades da zona rural. As atividades são realizadas com a contribuição de diversos parceiros das áreas pública e privada.  Para Mauricio Medeiros, Presidente Executivo da Fundação Odebrecht, o grande diferencial do PDCIS é seu sistema inovador de Governança Participativa, que cria um espaço sinérgico e colaborativo para concepção de iniciativas sociais, trazendo benefícios para todas as partes envolvidas. “Governos, a Sociedade Organizada e a Iniciativa Privada atuam juntos, focados em um mesmo objetivo: a estruturação de uma classe média rural, protagonista de seu próprio destino”, assegura.

2014

04/2014 - Prêmio Nacional e Latino-americano de Excelência Educativa 04/2014 - Prêmio Nacional e Latino-americano de Excelência Educativa

Fundación Fidal

Símbolo da capacidade humana em conhecer uma realidade e transformá-la de forma a contribuir com o desenvolvimento social, cultural e educacional, a estatueta NÔUS foi concedida à Fundação Odebrecht como reconhecimento às ações fomentadas no Baixo Sul da Bahia. Originalmente grega, a estatueta representa a capacidade de superação das dificuldades e foi entregue durante cerimônia do Prêmio Nacional e Latino-americano de Excelência Educativa, que aconteceu no dia 9 de abril, em Quito, no Equador.

Vinte e seis iniciativas nacionais e internacionais foram premiadas pela Fundación Fidal, que atesta o esforço e a inovação do professor equatoriano e latino em seu trabalho diário. Além disso, foram contempladas personalidades mundiais que se destacam na contribuição social e educacional e promovem mudanças em seus países.

A Fundação Odebrecht, instituidora do Programa de Desenvolvimento e Crescimento Integrado com Sustentabilidade do Mosaico de Áreas de Proteção Ambiental do Baixo Sul da Bahia (PDCIS), foi reconhecida por sua atuação. Com o apoio de parceiros públicos e privados, o PDCIS promove ações que privilegiam o jovem e sua interação com a família, visando transformar a realidade de comunidades da zona rural.

“Nosso sistema inovador de Governança Participativa cria um espaço sinérgico e colaborativo para concepção de iniciativas sociais, trazendo benefícios para todas as partes envolvidas”, afirma Mauricio Medeiros, Presidente Executivo da Fundação Odebrecht. Representando a instituição durante a cerimônia, Medeiros recebeu a premiação das mãos do Embaixador do Brasil no País, Fernando Simas.

Representantes da Odebrecht no Equador também estiveram no evento. Entre eles, José Conceição, Diretor-Superintendente, Lennon Almeida, Gerente de Comunicação, Honório Brito, Diretor de Sustentabilidade, e Geraldo Souza, Responsável pelo Programa Administrativo-Financeiro.

As ações em andamento promovem o desenvolvimento simultâneo dos Capitais Produtivo (Geração de trabalho e renda), Humano (Educação do campo de qualidade), Social (Construção de uma sociedade mais justa e igualitária) e Ambiental (Conservação dos recursos naturais).

04/2014 - Prêmio Nacional e Latino-americano de Excelência Educativa

04/2014 - Prêmio Nacional e Latino-americano de Excelência Educativa Lupe Rasalía, Presidente da Fundação Fidal, Mauricio Medeiros, Presidente Executivo da Fundação

Fundación Fidal

Símbolo da capacidade humana em conhecer uma realidade e transformá-la de forma a contribuir com o desenvolvimento social, cultural e educacional, a estatueta NÔUS foi concedida à Fundação Odebrecht como reconhecimento às ações fomentadas no Baixo Sul da Bahia. Originalmente grega, a estatueta representa a capacidade de superação das dificuldades e foi entregue durante cerimônia do Prêmio Nacional e Latino-americano de Excelência Educativa, que aconteceu no dia 9 de abril, em Quito, no Equador.

Vinte e seis iniciativas nacionais e internacionais foram premiadas pela Fundación Fidal, que atesta o esforço e a inovação do professor equatoriano e latino em seu trabalho diário. Além disso, foram contempladas personalidades mundiais que se destacam na contribuição social e educacional e promovem mudanças em seus países.

A Fundação Odebrecht, instituidora do Programa de Desenvolvimento e Crescimento Integrado com Sustentabilidade do Mosaico de Áreas de Proteção Ambiental do Baixo Sul da Bahia (PDCIS), foi reconhecida por sua atuação. Com o apoio de parceiros públicos e privados, o PDCIS promove ações que privilegiam o jovem e sua interação com a família, visando transformar a realidade de comunidades da zona rural.

“Nosso sistema inovador de Governança Participativa cria um espaço sinérgico e colaborativo para concepção de iniciativas sociais, trazendo benefícios para todas as partes envolvidas”, afirma Mauricio Medeiros, Presidente Executivo da Fundação Odebrecht. Representando a instituição durante a cerimônia, Medeiros recebeu a premiação das mãos do Embaixador do Brasil no País, Fernando Simas.

Representantes da Odebrecht no Equador também estiveram no evento. Entre eles, José Conceição, Diretor-Superintendente, Lennon Almeida, Gerente de Comunicação, Honório Brito, Diretor de Sustentabilidade, e Geraldo Souza, Responsável pelo Programa Administrativo-Financeiro.

As ações em andamento promovem o desenvolvimento simultâneo dos Capitais Produtivo (Geração de trabalho e renda), Humano (Educação do campo de qualidade), Social (Construção de uma sociedade mais justa e igualitária) e Ambiental (Conservação dos recursos naturais).

2016

11/2016 - 42º Prêmio Aberje Norte e Nordeste 11/2016 - 42º Prêmio Aberje Norte e Nordeste

Aberje - Associação Brasileira de Comunicação Empresarial

Em novembro, a Fundação Odebrecht recebeu o troféu do Prêmio Aberje 2016, etapa Norte e Nordeste, pela Campanha de Comunicação de 50 anos - O Compromisso Infinito, inscrita na categoria Responsabilidade Histórica e Memória Empresarial. A Vice-Presidente de Governança & Organização e Responsável por Comunicação, Graciela Mends Ribeiro Reis, e a equipe de comunicação receberam a premiação e um certificado de finalista nacional em cerimônia realizada em São Paulo (SP).

Sobre a Campanha

Desenvolvida e implementada pela equipe de comunicação da Fundação com apoio de parceiros e fornecedores, a Campanha trabalhou o conceito de Comunicação Integrada, unindo as forças de ações institucionais, externas e internas. Criação de selo comemorativo, publicação especial, vídeo histórico e exposição foram algumas das ações desenvolvidas que rememoraram uma trajetória marcada por desafios e dedicação às atuais e futuras gerações.

11/2016 - 42º Prêmio Aberje Norte e Nordeste

11/2016 - 42º Prêmio Aberje Norte e Nordeste Além do troféu e certificado pelo Prêmio Aberje, etapa Norte e Nordeste

Aberje - Associação Brasileira de Comunicação Empresarial

Em novembro, a Fundação Odebrecht recebeu o troféu do Prêmio Aberje 2016, etapa Norte e Nordeste, pela Campanha de Comunicação de 50 anos - O Compromisso Infinito, inscrita na categoria Responsabilidade Histórica e Memória Empresarial. A Vice-Presidente de Governança & Organização e Responsável por Comunicação, Graciela Mends Ribeiro Reis, e a equipe de comunicação receberam a premiação e um certificado de finalista nacional em cerimônia realizada em São Paulo (SP).

Sobre a Campanha

Desenvolvida e implementada pela equipe de comunicação da Fundação com apoio de parceiros e fornecedores, a Campanha trabalhou o conceito de Comunicação Integrada, unindo as forças de ações institucionais, externas e internas. Criação de selo comemorativo, publicação especial, vídeo histórico e exposição foram algumas das ações desenvolvidas que rememoraram uma trajetória marcada por desafios e dedicação às atuais e futuras gerações.

Receba nossas novidades:
Basta informar seu nome e melhor e-mail!
2018 - 2019. Fundação Odebrecht. Todos os direitos reservados.
Produzido por: Click Interativo - Agência Digital