Apoie Nossa Causa

Conheça histórias de jovens protagonistas que participaram de projetos apoiados pela Fundação Odebrecht ao longo dos seus mais de 50 anos.
Evely dos Santos
Evely dos Santos
Quero ser uma engenheira agrônoma

Na parede azul do quarto, desenhos à caneta trazem o nome de Evely dos Santos ao lado de menções de fé. Para a menina, de 16 anos, aquele é o cenário ideal para os estudos e tarefas da semana, os quais faz sentada na cama com livros e cadernos abertos. Das suas matérias preferidas, Biologia e Artes se destacam. Ainda que muito nova, ela já traça o caminho que deseja seguir. “Gosto muito da área produtiva. Quero ser uma engenheira agrônoma”.

Com um sorriso no rosto, a jovem conta que está aprendendo a ser mais desenvolta. “Antes eu era um pouco mais tímida, agora estou conversando e interagindo mais”, diz. Essa transformação pessoal, segundo ela, é fruto da confiança que vem adquirindo na escola.

Isso se manifesta também na relação com a família e com os demais produtores de Nilo Peçanha, município do Baixo Sul da Bahia onde Evely mora. Na casa metade de taipa, metade de concreto, ela vive com os pais e o irmão. Juntos, cultivam guaraná, urucum, graviola, coco, cacau e banana. Os manejos agrícolas que aprende, ela diz gostar de compartilhar. “Isso é importante para o bom desenvolvimento da minha comunidade também”.
 

Conheça a história de outros jovens apoiados

A vontade de permanecer no campo e contribuir para o desenvolvimento de sua família e da comunidade onde vive é o que move Sandro Assunção. Morador de Itiúba, distrito do município baiano de Taperoá, o jovem de 17 anos diz que sua visão mudou quando ingressou na Casa Familiar Agroflorestal (Cfaf), onde cursa o Ensino Médio aliado à habilitação técnica em Sistemas Agroflorestais. “Com o que estou aprendendo, quero colaborar com a mudança da realidade local, me tornando um agente de desenvolvimento do futuro”, conta.

O jovem ressalta seu amadurecimento pessoal e profissional, ao longo dos três anos de formação que está completando na Cfaf, e acredita que o reconhecimento da comunidade é essencial. ”A partir do momento em que difundimos o conhecimento, o agricultor passa a nos admirar e ver que realmente queremos colaborar com todos”.

Filho de agricultores, sua formação propicia melhorias e boas práticas na propriedade onde vive com sua família, além de contribuir com o progresso dos demais moradores. “Com o crescimento da agricultura local, mais jovens vão permanecer no campo. Temos muito a aprender com os produtores mais experientes e muito para oferecer também”, avalia.

Uma das técnicas difundidas e aplicadas por Sandro em sua propriedade é a Produção Agroecológica Integrada e Sustentável (PAIS), tecnologia social desenvolvida pela Fundação Banco do Brasil, que promove uma agricultura sustentável e alimentação saudável para as famílias rurais. A produção tem como foco a horticultura, que tem seus produtos comercializados, contribuindo para ampliar a renda de produtores. ”As técnicas que aprendemos durante as alternâncias na Cfaf melhoram a produtividade no campo. Além disso, os agricultores da comunidade ficam alegres e satisfeitos quando a gente chega com novas experiências e repassa o que aprendemos”, ressalta.

Sandro também se preocupa com o meio ambiente. Um exemplo disso foi a mobilização que promoveu em seu município, para preservar um riacho local, que estava quase secando. “Utilizei o diálogo para explicar a importância de manter as nascentes vivas, demonstrando na teoria como é possível plantar sem destruir a natureza e conservando as águas”, conta.

Daqui para frente, o jovem quer continuar trabalhando junto com a comunidade e prosseguir nos estudos. “Antes eu pensava como muitos jovens, que querem se formar e sair do campo, mas hoje sei que não quero mais fugir da minha realidade, mas transformá-la. Quero viver de forma tranquila e sustentável no lugar onde nasci”, finaliza.

Newsletter
Receba nossas novidades
Basta informar seu nome e melhor e-mail.
preload
2018 - 2020. Fundação Odebrecht. Todos os direitos reservados.
Produzido por: Click Interativo - Agência Digital