Comunicação

17h42

Mandiocultor atinge 63.700 kg de raízes por hectare em Concurso.

Cooperados da COOPATAN são desafiados a elevar a produtividade de raízes de mandioca.

Compartilhe
Tamanho do texto

No próximo dia 21 de maio acontece a solenidade de encerramento do II Concurso de Produtividade COOPATAN, no município de Presidente Tancredo Neves, localizado na região do Baixo Sul da Bahia. Iniciativa da Cooperativa de Produtores Rurais de Presidente Tancredo Neves, o concurso busca incentivar os cooperados a demonstrar o conhecimento que eles adquiriram com a cultura da mandioca.

Foram 62 cooperados participantes. O vencedor foi Paulo Sérgio Pereira, que obteve o recorde do evento com a marca de 63.700 kg de raízes por hectare. O 1º prêmio do conjunto de cinco mandiocultores ficou para a Associação da Gendiba I, com média de 53.236 kg de raízes por hectare.

 “O concurso é um desafio que lançamos aos cooperados, mas também uma forma de avaliar o domínio deles no cultivo da mandioca, quando são motivados”, explica Marcelo Abrantes, responsável técnico da Coopatan. “A leitura do resultado desta metodologia é que, estando clara a comercialização adequada de seus produtos e tendo em mãos as condições para produzir, os agricultores fazem melhor”, completou.

A Coopatan lidera na região a Cadeia Produtiva da Mandioca, um dos projetos do Programa de Desenvolvimento Integrado e Sustentável do Baixo Sul da Bahia (DIS Baixo Sul). O DIS é a soma de esforços do Governo do Estado da Bahia, Associação de Municípios do Baixo Sul da Bahia (AMUBS), Instituto de Desenvolvimento Sustentável (IDES) e Fundação Odebrecht.

Mais informações:
Vivian Barbosa
Assessoria de Imprensa
Fundação Odebrecht
(71) 3206-1553
vivian@odebrecht.com

Receba nossas novidades:
Basta informar seu nome e melhor e-mail!
preload
2018 - 2019. Fundação Odebrecht. Todos os direitos reservados.
Produzido por: Click Interativo - Agência Digital