Comunicação

12h09

BNDES apoia implantação de Unidade de Pré-Beneficiamento de Frutas no Baixo Sul da Bahia

Resultado da parceria com BNDES, projeto atenderá demandas dos 208 associados, contribuindo para conservação e escoamento de cultivos como banana e abacaxi

Compartilhe
Tamanho do texto

No dia 2 de agosto, os associados da Cooperativa dos Produtores Rurais de Presidente Tancredo Neves (Coopatan) tiveram muitas razões para comemorar. Animados, os cooperados se reuniram na sede da instituição para celebrar seus 12 anos de fundação e participar da inauguração da Unidade de Pré-Beneficiamento de Frutas (UPBF). Esse projeto, que contou com recursos do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) para sua construção, potencializará a conservação e escoamento de cultivos como banana e abacaxi.

A programação teve início com a exibição do documentário Uma cor no retrato branco e preto, produzido pela TV Cultura no ano 2000, que traz um panorama do Baixo Sul na época. Com a apresentação do vídeo, Juscelino Macedo, Líder da Aliança Cooperativa Estratégica da Mandioca, buscou traçar a linha do tempo da Coopatan e do município de Presidente Tancredo Neves (BA). “Aqui foi mostrada nossa história, em que antes predominavam a pobreza e o analfabetismo. Hoje vemos sinais de desenvolvimento, com a geração de trabalho e renda para a população”. Outros participantes também fizeram pronunciamentos, como Deoclécio Bedra, Presidente da Casa Familiar Rural de Presidente Tancredo Neves (CFR-PTN). “A proposta é formar jovens líderes que irão se associar à Coopatan e conduzir seus próprios negócios”, afirmou.

Em seguida, os parceiros da Cooperativa receberam placas de agradecimento e amostras da farinha de mandioca produzida pelos cooperados. Dentre eles, estavam George Teixeira, Analista do Departamento de Economia Solidária do BNDES; Domingo Haroldo Reinhardt, Chefe Geral da Embrapa Mandioca e Fruticultura; André Argolo, Secretário de Agricultura e Eduardo Queiroz, Vice-Presidente de Sustentabilidade da Fundação Odebrecht.

Ao final da manhã, os participantes seguiram para a UPBF a fim de assistirem à solenidade de inauguração. Ednalva Santana, associada há seis anos e atual Presidente da Cooperativa, junto com George Teixeira, desamarraram o laço simbólico e permitiram a visitação dos convidados à Unidade. “Estou orgulhoso em fazer parte dessa parceria e de estar presente neste evento tão importante. Desejo sucesso para a Coopatan e me emociono ao ver tantos rostos sorridentes aqui”, destaca George. Ainda representando o BNDES, compareceram ao evento Simone Moraes e Mateus Ramos, respectivamente, Engenheira e Advogado do Departamento de Economia Solidária.


Banana e abacaxi são alguns dos produtos que serão conservados na Unidade de Pré-Beneficiamento de Frutas


Em 2009, BNDES e Fundação Odebrecht selaram um Acordo de Cooperação Técnica e Financeira, com duração de seis anos, para serem feitos investimentos em ações sociais, produtivas, ambientais e de capacitação para comunidades da região do Baixo Sul da Bahia. Um dos frutos desse convênio é a UPBF, na qual foram aportados R$ 1.440.864,15 para sua construção. Outros projetos também foram possíveis, como a sede do Centro de Formação Profissional Construir Melhor, em Valença, e entrega de máquinas, implementos agrícolas e veículos para a Cooperativa dos Produtores de Palmito do Baixo Sul da Bahia.

Receba nossas novidades:
Basta informar seu nome e melhor e-mail!
preload
2018 - 2019. Fundação Odebrecht. Todos os direitos reservados.
Produzido por: Click Interativo - Agência Digital