Comunicação

11h46

Convenção da Adesg destaca ações fomentadas no Baixo Sul da Bahia

Em evento da Associação dos Diplomados da Escola Superior de Guerra, Termo de Cooperação é firmado com a Fundação Odebrecht para replicar experiência de desenvolvimento regional

Compartilhe
Tamanho do texto

Fundada em 1951, a Associação dos Diplomados da Escola Superior de Guerra (Adesg) tem a missão de agregar os formados pela Escola Superior de Guerra (ESG) – estrutura vinculada ao Ministério da Defesa, que funciona como um centro de estudos e pesquisas. Anualmente, os membros da Adesg se mobilizam para discutir questões de interesse nacional em uma convenção. Em 2013, a 12ª edição elegeu como tema “Desenvolvimento e Sustentabilidade: Educação e Meio Ambiente para o Século XXI”.

A programação do evento, realizado em Brasília entre os dias 28 e 31 de outubro, tomou como referência as ações fomentadas pelo Programa de Desenvolvimento e Crescimento Integrado com Sustentabilidade do Mosaico de Áreas de Proteção Ambiental do Baixo Sul da Bahia (PDCIS), apoiado pela Fundação Odebrecht e parceiros públicos e privados. Cerca de 200 pessoas, em sua maioria representantes da Adesg nos Estados brasileiros, assistiram palestras sobre o modelo que busca incentivar a geração de trabalho e renda, a educação do campo de qualidade e a construção de uma sociedade mais justa e solidária, alinhadas à conservação dos recursos naturais. 


Jovem Benivaldo Santos compartilha sua história


Benivaldo Santos, 25 anos, foi um dos beneficiados pelo PDCIS que participou da convenção para compartilhar sua história. Ele é ex-aluno da Casa Familiar Rural de Presidente Tancredo Neves (CFR-PTN). “Não quero sair da região. Tenho um laço de confiança com a minha comunidade. Eles acreditam em mim. Não tinha sonhos e nesses últimos anos conquistei muitas coisas”, afirma o morador da comunidade Ouro Preto, localizada no município baiano de Presidente Tancredo Neves. Atualmente, o jovem empresário rural financiou uma propriedade de 20 hectares e está buscando a sustentabilidade na zona rural. “É fantástico ver a transformação na vida das pessoas. Acho que isso é o mais importante”, destaca Pedro Berwanger, Presidente da Adesg.

O evento foi marcado ainda pela assinatura de um Termo de Cooperação, no dia 30 de outubro, entre a Adesg Nacional e a Fundação Odebrecht. “A nossa ideia é exportar o modelo PDCIS, adaptando as regiões. A parceria visa replicar o Programa em outras localidades, por meio das unidades da Associação”, conta Berwanger. Ricardo Cabral, Almirante da Marinha Brasileira e presidente eleito para o próximo mandato da Adesg, completa: “Só tem a agregar essa união de esforços com a Adesg, que está em todo Brasil. Essa integração é muito importante e útil para a sociedade brasileira”.



Pedro Berwanger e Maurício Medeiros assinam acordo

Para Mauricio Medeiros, Presidente Executivo da Fundação Odebrecht, o grande diferencial do PDCIS é seu sistema inovador de Governança Participativa. “O tecido social se fortalece quando temos a oportunidade de governos, sociedade civil e empresas atuarem juntos e contribuírem para a promoção do desenvolvimento e crescimento integrado com sustentabilidade com foco na inclusão social”, acredita.

Receba nossas novidades:
Basta informar seu nome e melhor e-mail!
2018 - 2019. Fundação Odebrecht. Todos os direitos reservados.
Produzido por: Click Interativo - Agência Digital