Comunicação

15h28

Filosofia de vida

Desde 1983, o Programa Editorial da Fundação Odebrecht contribui com a disseminação da Tecnologia Empresarial Odebrecht e transformação social de famílias

Compartilhe
Tamanho do texto

Uma das iniciativas coordenadas pela Fundação Odebrecht, o Programa Editorial vai muito além da edição e comercialização das obras que sistematizam a Tecnologia Empresarial Odebrecht (TEO). Contribui para disseminar uma filosofia de vida concebida por Norberto Odebrecht. Composta por conceitos, critérios e princípios culturais e éticos, a TEO é uma referência que norteia a prática de todos os Integrantes da Organização Odebrecht, onde quer que estejam. “A Tecnologia é a base que nos motiva e faz com que sigamos em frente para a perpetuidade, sobrevivência e o crescimento da Organização”, disse André Diaz Aguilera, da Odebrecht América Latina, Unidade Panamá.

Desde 1983, quando Norberto Odebrecht cedeu à Fundação o conjunto das obras que sistematizam a TEO, a Fundação passou a editar e comercializar as publicações, atuando como guardiã dessa bibliografia. Segundo Lorena Sarkis, responsável por Pessoas, Organização e Finanças da Fundação Odebrecht, “ao produzir versões também em inglês e espanhol e disponibilizar o acesso em outros países, o Programa Editorial possibilita integração e sinergia entre todos os Integrantes, fortalecendo o patrimônio intangível da Organização”, afirmou. Além disso, a receita obtida com a venda das obras, são destinados às ações fomentadas pela Fundação, (contribuindo para a transformação social de centenas de famílias, especialmente na zona rural). “Além do apoio com os recursos, os ensinamentos da TEO são compartilhados. Essa é, sem dúvidas, a nossa maior contribuição. Estamos construindo os alicerces fundamentais para o desenvolvimento e crescimento sustentável”, afirmou Lorena.

Abinael dos Santos é ex-aluno da Casa Familiar Rural de Presidente Tancredo Neves e associado da Cooperativa de Produtores Rurais de Presidente Tancredo Neves, instituições que fazem parte do Programa de Desenvolvimento e Crescimento Integrado com Sustentabilidade – PDCIS, também coordenado pela Fundação Odebrecht. Beneficiário dos projetos no Baixo Sul da Bahia, ele afirma que a TEO é um guia que norteou a sua trajetória. “é um dos nossos princípios. Essa tecnologia representa uma mudança completa de vida, pois aprendemos crenças e valores em sala e repassamos na nossa formação profissional”, disse. Para Herbert Dantas, da Odebrecht Ambiental, o Programa Editorial é uma contribuição importante para a vivência plena da TEO - que valoriza a disposição para servir, a capacidade e o desejo de evoluir e a vontade de superar resultados. “Ser a Fundação Odebrecht a responsável pela edição e comercialização dos livros é fundamental pois, além de difundir para os Integrantes a tecnologia da Organização Odebrecht, é um incentivo para que possamos contribuir com projetos educacionais para os jovens da zona rural”, enfatizou.


Desde 1983, quando Norberto Odebrecht cedeu à Fundação o
conjunto das obras que sistematizam a TEO, a Fundação passou a editar
e comercializar as publicações, atuando como guardiã dessa bibliografia

Seis livros de Norberto Odebrecht compõem o Programa Editorial. Atualmente, cinco são comercializados diretamente pela Fundação. Disponíveis na versão impressa, em português, inglês e espanhol, estão: “De Que Necessitamos?” e “Educação Pelo Trabalho”. “O Essencial em Pontos de Referência” e “Influenciar e Ser Influenciado”, também impressos, possuem apenas versões em português. Já o livro “Sobreviver, Crescer e Perpetuar” pode ser adquirido nos três idiomas na versão impressa e em português e espanhol no formato digital, para leitura em computadores, tablets ou smartphones. A comercialização ocorre, exclusivamente, pelo site da Fundação Odebrecht.

“O Programa Editorial tem o forte compromisso de perpetuar a essência de uma cultura empresarial, transmitindo valores, tecnologia e a experiência profissional e pessoal de Norberto Odebrecht. é um legado que carregamos com orgulho e temos convicção que agregará ainda mais Integrantes e Parceiros em um caminho de desenvolvimento coletivo”, conclui Graciela Reis, Vice-Presidente de Organização & Governança da Fundação Odebrecht.

Saiba um pouco mais sobre as obras que compõem o Programa Editorial:

• Em 1968, a sobrevivência e o crescimento da Organização dependiam da conquista de novos clientes nas demais regiões do país. Com a indagação do que era necessário para atingir tal meta, Norberto Odebrecht criou uma disciplina mental e uma ação prática voltada para o sucesso: o seu primeiro livro, De Que Necessitamos?. A publicação marcou as primeiras reflexões de Norberto sobre a importância de materializar a cultura da Organização Odebrecht.

• Em 1981, toma forma Sobreviver, Crescer e Perpetuar. Nele, Norberto sistematiza pela primeira vez os princípios, conceitos e critérios que constituem a Tecnologia Empresarial Odebrecht. Com uma coleção composta por três volumes, sua primeira edição foi lançada em 1983.

Influenciar e ser Influenciado é uma coletânea de cinco volumes que traz a transcrição de palestras realizadas, em períodos diferentes, por Norberto Odebrecht.

• Em 1991, em pleno desafio da internacionalização, é lançado o livro Educação pelo Trabalho, que fornece as bases para que se intensifique e melhore o ciclo permanente de formação das novas gerações e disseminação da cultura.

O Essencial em Pontos de Referência, lançado em 2011, reúne as ideias fundamentais do livro Pontos de Referência, escrito em 1970 e não mais reeditado. Ele serviu de guia para os Integrantes da Odebrecht, sobretudo os jovens, que buscavam a construção da grande empresa nacional, numa década marcada pela chegada da construtora às regiões Sudeste e Sul do Brasil.


 

Receba nossas novidades:
Basta informar seu nome e melhor e-mail!
2018 - 2019. Fundação Odebrecht. Todos os direitos reservados.
Produzido por: Click Interativo - Agência Digital