Comunicação

09h46

Educação de referência

Experiência das Casas Familiares apoiadas pela Fundação Odebrecht é apresentada em seminário baiano de Educação

Compartilhe
Tamanho do texto

No dia 6 de outubro, o Centro Educacional Carneiro Ribeiro - Escola Parque, em Salvador (BA), foi palco do I Seminário de Práticas Pedagógicas – Um Mosaico de Saberes e Fazeres. Promovido pela Secretaria da Educação do Estado da Bahia, o evento mobilizou mais de 300 pessoas e apresentou seis experiências educacionais que potencializam a aprendizagem dos seus alunos, sendo uma delas o ensino das Casas Familiares apoiadas pela Fundação Odebrecht no Baixo Sul da Bahia através do Programa PDCIS.

“A iniciativa desse seminário surge da identificação e do reconhecimento de experiências desenvolvidas por escolas que encontraram um caminho para a melhoria de indicadores educacionais e que podem servir de inspiração para outras na construção de uma educação emancipatória para crianças, adolescentes, adultos e idosos”, destacou a diretora da Educação Básica da Secretaria da Educação do Estado, Edileuza Neris.

Durante o evento, que contou com abertura de Walter Pinheiro, Secretário de Educação do Estado, e de Ney Campello, Superintendente de Educação Básica da Secretaria Estadual da Educação, a presença e apoio de organizações como a Fundação Odebrecht foram ressaltadas como fundamentais para a formação das novas gerações.

Campello evidenciou o ensino das Casas Familiares como transformador. “Eles trabalham com uma concepção pedagógica de integração entre a formação do ser humano com o mundo natural e a atividade laboral, mostrando que educação é muito mais do que sala de aula”, afirmou. Em nome das instituições, que estavam representadas por seus diretores, Quionei Araújo, da Casa Familiar Rural de Presidente Tancredo Neves, apresentou a metodologia aplicada nas unidades, chamada de Pedagogia da Alternância (clique aqui e saiba mais), e os principais resultados obtidos até o primeiro semestre de 2016. 


Diretores das quatro Casas Familiares apoiadas pela Fundação Odebrecht

Para Robson Kisaki, diretor da Casa Familiar Rural de Igrapiúna, a vivência do seminário foi enriquecedora para todos os envolvidos. “é sempre muito bom compartilhar a nossa experiência com outros educadores e contribuir com a educação do nosso estado de uma forma geral”, declarou. A programação também contou com palestra sobre o tema do seminário, ministrado pelo professor Valdo Cavallet, da Universidade Federal do Paraná - Litoral (UFPR), e apresentação da oficina ‘Robótica: programando uma escola mais divertida’, do Centro Juvenil de Ciência e Cultura de Salvador.

 

 

 

Receba nossas novidades:
Basta informar seu nome e melhor e-mail!
preload
2018 - 2019. Fundação Odebrecht. Todos os direitos reservados.
Produzido por: Click Interativo - Agência Digital