Comunicação

18h44

BID assina convênio de desenvolvimento sustentável em Ituberá

O objetivo é consolidar o Programa Desenvolvimento Integrado e Sustentável do Baixo Sul - criado pela Fundação Odebrecht.

Um acordo de cooperação no valor de US$ 2,2 milhões entre o BID (Banco Interamericano de Desenvolvimento) e o Ides (Instituto de Desenvolvimento Sustentável do Baixo Sul da Bahia) será oficializado nesta segunda-feira, 13, em Ituberá.

O objetivo é consolidar o Programa Desenvolvimento Integrado e Sustentável do Baixo Sul - criado pela Fundação Odebrecht. A partir deste convênio, o projeto tende a ser replicado pelo Brasil como modelo bem-sucedido de desenvolvimento sustentável de comunidades de baixa renda em áreas de proteção ambiental.
 
O ministro do Desenvolvimento Social, Patrus Ananias, juntamente com Norberto Odebrecht, presidente do Conselho Curador da Fundação Odebrecht além de representantes do BID comparecem ao evento segunda.

O Programa DIS Baixo Sul foi criado em 2003. Compreende quatro cadeias produtivas (mandioca, peixe, palmito e piaçava), organizadas em torno de cooperativas, três experiências educacionais (as Casas Familiares Rurais, Agroflorestal e do Mar e a Casa Jovem), uma entidade (a Organização de Conservação de Terras) - que administra 86,5 mil hectares da Área de Proteção Ambiental do Pratigi - e o Instituto Direito e Cidadania, cuja finalidade é ampliar o acesso dos moradores dos 11 municípios a direitos básicos de cidadania.

Fonte: A Tarde - A Tarde Online, 12 de novembro de 2006

Receba nossas novidades:
Basta informar seu nome e melhor e-mail!
2018 - 2019. Fundação Odebrecht. Todos os direitos reservados.
Produzido por: Click Interativo - Agência Digital