Comunicação

18h46

Fundação Odebrecht formaliza convênio com o BID

O Programa DIS Baixo Sul foi criado em 2003 pela Fundação Odebrecht.

O Instituto de Desenvolvimento Sustentável do Baixo Sul da Bahia (Ides), a Fundação Odebrecht e o Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID) formalizaram um acordo de cooperação no valor de US$ 2,2 milhões. O objetivo é fortalecer o Programa Desenvolvimento Integrado e Sustentável do Baixo Sul, ampliar o seu alcance e replicá-lo pelo país como modelo bem-sucedido de desenvolvimento sustentável de comunidades de baixa renda em áreas de proteção ambiental.

O Programa DIS Baixo Sul foi criado em 2003 pela Fundação Odebrecht. Ao aportar recursos nele, por meio do seu Fundo Multilateral de Investimentos, o BID reconhece o impacto positivo da experiência, a consistência dos resultados já obtidos e seu potencial de replicação em todo o país.

O DIS Baixo Sul compreende quatro cadeias produtivas (mandioca, peixe, palmito e piaçava) organizadas em torno de cooperativas, duas experiências educacionais (as Casas Familiares Rural e do Mar e a Casa Jovem), uma entidade (Organização de Conservação de Terras) - que administra 86,5 mil hectares da Área de Proteção Ambiental do Pratigi - e o Instituto Direito e Cidadania, cuja finalidade é ampliar o acesso dos moradores dos 11 municípios a direitos básicos de cidadania.

Entre outros objetivos, o Programa fundamenta-se na idéia de promover o desenvolvimento sócio-econômico de comunidades de baixo IDH, localizadas em áreas de proteção ambiental. Para tanto, combina ações que organizam os pequenos produtores rurais em torno da melhoria da produtividade de seus negócios com educação rural de qualidade para crianças e jovens, uso sustentável dos recursos e incentivo ao exercício de direitos básicos de cidadania.

De acordo com Norberto Odebrecht, presidente da Fundação Odebrecht, trabalho, educação e melhor produtividade resultam em maior renda, mais capacidade de poupança e mais formação de riqueza - este é um raciocínio simples que pode desarmar a “armadilha da desigualdade”.

Para saber mais sobre o programa, acesse: www.fundacaoodebrecht.org.br

Fonte: redeGIFE, 27 de novembro de 2006.
Repórter: Rodrigo Zavala

Receba nossas novidades:
Basta informar seu nome e melhor e-mail!
2018 - 2019. Fundação Odebrecht. Todos os direitos reservados.
Produzido por: Click Interativo - Agência Digital