Comunicação

13h41

Fundação Odebrecht assina convênio com Instituto Fernand Braudel

Trinta jovens integrados ao DIS Baixo Sul serão formados como multiplicadores do projeto Círculos de Leitura.

A assinatura de um acordo entre a Fundação Odebrecht e o Instituto Fernand Braudel (IFB), no dia 14 de fevereiro, proporcionará aos jovens do Baixo Sul da Bahia a participação no projeto Círculos de Leitura. Realizado, desde 2002, em São Paulo, o projeto já beneficiou mais de dois mil alunos da rede pública do Estado. Na primeira etapa das ações, no Baixo Sul, trinta jovens das Casas Familiares e da Casa Jovem serão formados como multiplicadores.

A metodologia permite o desenvolvimento do gosto pela leitura, da capacidade de escrita, de expressão, a contextualização e reflexão a respeito de princípios e valores essenciais à formação de cidadãos e líderes potenciais. A iniciativa desenvolvida pelo IFB foi reconhecida em 2007, em Nova York, durante um evento organizado pela World Fund em homenagem a Jeffrey Immelt, da General Eletric, e Roger Agnelli, da Vale. A World Fund destacou o projeto “Círculos de Leitura” como uma referência para a América.

Participaram da assinatura do convênio o Presidente do Conselho do Instituto Fernand Braudel e membro do Conselho da Odebrecht S.A., Rubens Ricupero; o Presidente do Conselho de Curadores da Fundação Odebrecht, Norberto Odebrecht; o Presidente Executivo da Fundação Odebrecht, Maurício Medeiros; e o Coordenador do projeto pela Fundação, Clovis Faleiro.

Na ocasião, Ricupero afirmou estar confiante com o êxito do “Círculos de Leitura” e enfatizou sua visão positiva a respeito do Programa DIS Baixo Sul. “A combinação da mudança cultural e a criação de uma liderança jovem requer uma visão de médio e longo prazo, pois estamos desenvolvendo uma nova geração. No caso do Baixo Sul, existem resultados já visíveis”, disse. O Conselheiro relembrou sua visita à Casa Familiar Rural de Presidente Tancredo Neves, em 2005. “Fiquei particularmente surpreso com os jovens que falaram do sonho de serem empresários rurais. Essa não é uma visão comum no nosso país”, concluiu.

Receba nossas novidades:
Basta informar seu nome e melhor e-mail!
2018 - 2019. Fundação Odebrecht. Todos os direitos reservados.
Produzido por: Click Interativo - Agência Digital