Comunicação

09h59

Odebrecht participa da II Mostra Fiesp

Com destaque para o DIS Baixo Sul, o estande de 30 metros quadrados foi confeccionado com material ecologicamente responsável.

Projetos de responsabilidade socioambiental desenvolvidos pelas empresas que compõem a Organização Odebrecht foram expostos durante a II Mostra Sistema Fiesp de Responsabilidade Socioambiental, realizada entre os dias 13 e 15 de agosto na Bienal, em São Paulo. Com um formato que abrangia feira e congresso, o evento teve como lema “Um novo olhar constrói um novo mundo”.

Nos painéis que compunham o estande de 30 metros quadrados, os visitantes puderam visualizar um pouco da história e estrutura da Organização e a localização dos principais projetos de atuação na área socioambiental no Brasil. Com destaque para o Programa de Desenvolvimento Integrado e Sustentável do Baixo Sul da Bahia (DIS Baixo Sul), apoiado pela Fundação Odebrecht, o espaço foi confeccionado com material ecologicamente responsável; as chapas que cobriam toda a lateral do estande foram feitas de fibra de madeira prensada (OSB) e as tintas utilizadas eram à base de água sem solvente aromático.

Alguns produtos das Cooperativas ligadas ao DIS Baixo Sul foram expostos no estande, como farinha de mandioca, filé de tilápia estuarina e peça de artesanato feito com a fibra da piaçava. Uma amostra de palmito de pupunha, trabalho da Cooperativa dos Produtores de Palmito do Baixo Sul (COOPALM), foi distribuída para os visitantes.

O palmito produzido pela COOPALM tem certificados ISO 9001 (Gestão de Qualidade) e HACCP (Análise de Perigos e Pontos Críticos de Controle) e já foi exportado para França e Estados Unidos. Toda a produção é realizada conforme as melhores práticas ambientais que reforçam, sobretudo, o ideal de conservação do meio ambiente adotado pela Fundação.

DIS Baixo Sul foi um dos cases apresentados

Nova Economia, Meio Ambiente e Sustentabilidade foram os temas abordados pelas palestras, mesas redondas e apresentações de cases nos três dias do Congresso, respectivamente. No segundo dia do evento, Marta Castro, responsável por Relações Institucionais da Fundação Odebrecht, apresentou o DIS Baixo Sul, destacando o Programa de Desenvolvimento Integrado e Sustentável da Área de Proteção Ambiental (APA) do Pratigi.

Ronaldo Koloszuk, do Comitê Jovens Empreendedores da Fiesp, foi o comentarista da seção, que contou também com a participação do biólogo Fábio Eduardo Matheus, que apresentou o projeto desenvolvido pelo Instituto Arruda Botelho.
 

Receba nossas novidades:
Basta informar seu nome e melhor e-mail!
preload
2018 - 2019. Fundação Odebrecht. Todos os direitos reservados.
Produzido por: Click Interativo - Agência Digital