Comunicação

14h15

Jovens são co-autores da própria educação

Modelo utilizado nos Círculos de Leitura, programa apoiado pelo Tributo ao Futuro, estimula ensino democrático.

Um dos grandes desafios nacionais é a dificuldade de leitura e interpretação. Partindo deste pressuposto, o Programa Tributo ao Futuro estimula o hábito da leitura entre os jovens da região do Baixo Sul da Bahia, apoiando o projeto Círculos de Leitura. A formação de leitores reflexivos e líderes multiplicadores com potencial para discernir, incentivado pela leitura em grupo, são pontos-chave do projeto.

No Brasil, as discussões atuais sobre educação estão em torno da democratização do ensino, retirando o aspecto autoritário e tornando-a participativa. Desta forma, o aluno também pode atuar como co-autor. Em pesquisa-ação realizada por Silvia Elizabeth Moraes (USP/CNPq), constatou-se a necessidade desta transformação, integrando todos os envolvidos e baseando-se no trabalho coletivo. O projeto Círculos de Leitura promove o acesso ao conhecimento por meio de livros que ressaltam valores e modelos de conduta ética.

Em menos de um ano, o Círculos de Leitura formou 26 jovens multiplicadores e já beneficia mais de 700 adolescentes, que interagem ativamente, estimulando uma visão solidária, responsável e transformadora. Com o conhecimento adquirido, o jovem pode exercer ações de cidadania e desenvolve habilidades permanentes de leitura, interpretação, reflexão e expressão escrita e oral, que são vitais para obter oportunidades de educação e trabalho. A eficácia do programa rendeu aos multiplicadores um convite para atuar, também, fora das escolas, expandindo a iniciativa para as comunidades.

O desejo de fazer com o jovem e não somente para o jovem, entendendo-o como parte da solução e não do problema, faz parte da filosofia formativa denominada Protagonismo Juvenil. Este e outros programas apoiados pelo Tributo ao Futuro despertam para a sinergia entre jovem e sociedade, formando uma geração preparada para o futuro.

Receba nossas novidades:
Basta informar seu nome e melhor e-mail!
2018 - 2019. Fundação Odebrecht. Todos os direitos reservados.
Produzido por: Click Interativo - Agência Digital