Comunicação

10h42

Programa de Desenvolvimento Integrado e Sustentável conquista prêmio da ONU

Iniciativa foi a única na América Latina e Caribe contemplada nesta edição. Cerimônia de premiação acontecerá em Barcelona (Espanha) no dia 23 de junho

O Programa de Desenvolvimento Integrado e Sustentável do Mosaico de Áreas de Proteção Ambiental (APAs) do Baixo Sul da Bahia, apoiado pela Fundação Odebrecht, comemora a conquista do Prêmio ao Serviço Público das Nações Unidas 2010 na categoria “Melhorando a participação cidadã nos processos de decisões públicas através de mecanismos inovadores”. O Programa foi a única iniciativa na América  Latina e Caribe contemplada nesta edição.

Promovido pela Divisão para Administração Pública e Gestão do Desenvolvimento da Organização das Nações Unidas (ONU), o prêmio reconhece instituições que contribuíram para melhorar a eficiência da administração pública e será entregue à Associação Guardiã da APA do Pratigi (Agir), organização da sociedade civil de interesse público parceira da Fundação Odebrecht na execução do Programa no Baixo Sul. A Agir é formada por 28 associações comunitárias de cinco municípios, envolvendo 1.581 produtores rurais e suas famílias.

A cerimônia de premiação acontecerá em Barcelona (Espanha) no dia 23 de junho (Dia do Serviço Público) e reunirá vencedores de quinze países além de mais de 400 pessoas entre representantes das Nações Unidas, chefes de governo e ministros.


Sobre o Programa:

Desde 2003, a Fundação Odebrecht vem se concentrando na criação de um modelo de desenvolvimento integrado e sustentável capaz de tornar próspera e dinâmica uma área rural estagnada, com grande patrimônio ambiental, fixando os jovens talentos no campo. Foi formado um sistema inovador de Governança Participativa, onde os Governos Federal, Estadual e Municipais, a iniciativa privada e a sociedade civil organizada atuam de forma integrada.

As ações privilegiam o jovem e sua interação com a família, buscando transformar a realidade de comunidades da zona rural e promover sua inclusão social. Beneficiaram em 2009, direta e indiretamente, mais de 100.000 pessoas. Os projetos fomentam sinergicamente os Capitais Produtivo (Geração de trabalho e renda), Humano (Educação do campo de qualidade), Social (Construção de uma sociedade mais justa e solidária) e Ambiental (Conservação dos recursos naturais).

O conjunto de mudanças em andamento na região do Baixo Sul da Bahia tem como causa o alcance dos Oito Objetivos de Desenvolvimento do Milênio (ODM), propugnados pela ONU. Em 2008, a iniciativa foi escolhida entre 1.092 práticas inscritas para receber o Prêmio ODM Brasil da Secretaria-Geral da Presidência da República.

Saiba mais:
www.pratigi.org

Receba nossas novidades:
Basta informar seu nome e melhor e-mail!
preload
2018 - 2019. Fundação Odebrecht. Todos os direitos reservados.
Produzido por: Click Interativo - Agência Digital