Comunicação

12h24

Sinergia que Transforma Vidas

Diferentes instituições apoiam a geração de trabalho e renda na região do Baixo Sul da Bahia

Um desenho em um quadro é formado por cores diferentes. Cada tom assume sua função e preenche um espaço determinado. Isolados, esses pigmentos nada refletem. Juntos, são capazes de construir figuras antes inimagináveis. Para se alcançar um propósito, a união de forças se faz necessária. Cada parte, com suas potencialidades, permite que sonhos sejam realizados e efetivas mudanças se tornem possíveis.

É isso que vem acontecendo com as cooperativas ligadas ao PDCIS. Com o apoio de diversos parceiros, famílias produtoras do Baixo Sul da Bahia estão tendo a oportunidade de mudar suas vidas e contar novas histórias. Assim, a busca pela construção de uma sociedade mais justa e igualitária se torna um objetivo comum a todos. Confira alguns resultados que ilustram as verdadeiras transformações na região.

Parceiros Institucionais do PDCIS:

Apex-Brasil
Desde 2010, a Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos (Apex-Brasil) tem contribuído para viabilizar a inserção dos produtos das cooperativas no mercado externo. A divulgação da coleção de biojoias APA do Pratigi, produzida pelos associados da Cooperativa das Produtoras e Produtores Rurais da Área de Proteção Ambiental do Pratigi (Cooprap), em feiras de artesanato internacionais, é um dos frutos dessa parceria.

Banco do Brasil
Cooperativa de Produtores Rurais de Presidente Tancredo Neves (Coopatan), Cooperativa dos Produtores de Palmito do Baixo Sul da Bahia (Coopalm), Cooprap, Cooperativa dos Produtores de Amido de Mandioca do Estado da Bahia (Coopamido) e Cooperativa Mista de Marisqueiros, Pescadores e Aquicultores do Baixo Sul da Bahia (Coopemar) têm acesso regular ao Programa Nacional de Fortalecimento da Agricultura Familiar (Pronaf) desde 2009, via parceria com o Banco do Brasil. Em dois anos, as cooperativas captaram R$ 8.977.185,11, beneficiando 399 associados.

BID
Programa Terramiga é uma parceria entre o Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID), o Fundo Multilateral de Investimento (Fumin), a Mitsubishi Corporation, a Fundação Odebrecht e o Instituto de Desenvolvimento Sustentável do Baixo Sul da Bahia (Ides). Em cinco anos beneficiou mil famílias rurais no Baixo Sul. Seu principal objetivo foi desenvolver modelos que reduzissem a pobreza rural, aumentassem a produtividade agrícola simultaneamente com boas práticas para a redução do impacto ambiental, além da criação de mecanismos para acesso a mercado de produtos com maior valor agregado.

BNDES
Edificada pelos alunos durante as aulas práticas, a sede do Construir Melhor é um dos resultados do Acordo de Cooperação Técnica e Financeira entre a Fundação Odebrecht e o Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), assinado em 2009. Também contempla a compra de equipamentos agrícolas e veículos para a Coopalm; ampliação da fábrica de beneficiamento de fibra de piaçava da Cooprap; construção da unidade de pré-beneficiamento de frutas e da nova fábrica de farinha da Coopatan e da unidade de beneficiamento de pescado da Cooperativa dos Aquicultores de Águas Continentais (Coopecon).

Embrapa
A Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa) vem beneficiando produtores da Coopatan com o repasse de novas técnicas de manejo do solo, contenção de encostas e produção. Já com a Coopamido, a Embrapa firmou um acordo de cooperação em que foram implantados três campos experimentais de mandioca, com estudo de aproximadamente 800 variedades. Para auxiliar nos resultados, foi desenvolvido o Monitoramento Integrado de Pragas na propriedade que abriga a Bahiamido. As informações, técnicas e manejos aplicados foram compartilhados entre os associados.

Fundação Banco do Brasil
Por meio de convênio assinado com a Fundação Banco do Brasil (FBB), que garantiu a liberação de recursos no valor de R$ 797 mil, a Coopatan adquiriu tratores, caminhões e outros equipamentos agrícolas, úteis para o escoamento da produção. Em 2008 e 2009, a FBB firmou dois Acordos de Cooperação Financeira com a Cooprap, possibilitando a instalação de uma unidade produtiva de beneficiamento da fibra de piaçava, a estruturação da produção de artesanato e vassouras e o custeio para formação de jovens de comunidades quilombolas.

Receba nossas novidades:
Basta informar seu nome e melhor e-mail!
preload
2018 - 2019. Fundação Odebrecht. Todos os direitos reservados.
Produzido por: Click Interativo - Agência Digital