Comunicação

10h11

Jovem representa Bahia em Conferência Nacional dos Direitos da Criança e do Adolescente

Após passar pelo projeto Trilhando Caminhos, Lucas Lima desenvolveu interesse por questões sociais, principalmente ligadas à juventude

Desde 1999, os jovens do Baixo Sul da Bahia vêm sendo estimulados a se tornar responsáveis por suas próprias histórias e a conduzir transformações positivas nos locais onde vivem . O envolvimento em diferentes atividades sociais, organizados e apoiados por Organizações da Sociedade Civil de Interesse Público, fortalece a natureza protagonista desses personagens, formando-os pelo exercício prático do dia a dia. O Trilhando Caminhos é uma dessas iniciativas. Sob os cuidados do Instituto Direito e Cidadania, o projeto volta-se para a capacitação de jovens do município de Presidente Tancredo Neves (BA) por meio de discussões e oficinas semanais, em integração com os moradores da região. Cidadania, direitos humanos e associativismo são alguns dos temas trabalhados nos encontros.

Lucas Lima, 18 anos, se formou no Trilhando Caminhos e desde então demonstra preocupação com questões sociais. "Adquiri conhecimentos e fui a eventos que mudaram minha vida. Além disso, tive oportunidades de atuar diretamente na comunidade, o que agregou valor à minha formação”, afirma. Após participar das edições Territorial e Estadual como delegado, Lucas foi eleito para representar os adolescentes do Estado da Bahia na 9ª Conferência Nacional dos Direitos da Criança e do Adolescente ocorrida entre os dias 11 e 14 de julho, em Brasília. Com o tema Mobilizando, Implementando e Monitorando a Política e o Plano Decenal dos Direitos de Crianças e Adolescentes, o evento se propôs a debater a Política Nacional e o Plano Decenal, documentos que passaram por consulta pública no ano passado e agora estão em fase de finalização.

Organizada pela Secretaria de Direitos Humanos da Presidência da República (SDH/PR) e pelo Conselho Nacional dos Direitos da Criança e do Adolescente (Conanda), a Conferência contou com a presença de autoridades do Governo Federal, como a Presidente Dilma Rousseff e a Ministra Maria do Rosário, da SDH/PR. Dilma realçou que o Brasil só irá se desenvolver quando crianças e adolescentes tiverem acesso à educação de qualidade. “O País precisa caminhar para garantir ensino de alto nível”, afirmou a Presidente.

Lucas celebra o resultado positivo da participação no evento. “Votamos e aprovamos as propostas levadas pelos estados, principalmente da Bahia. Sinto-me grato por ter feito parte da delegação baiana, representando os jovens do meu território. E por ter contribuído com a construção de um Brasil melhor”, comenta.

Com informações do Portal dos Direitos da Criança e do Adolescente.  

Receba nossas novidades:
Basta informar seu nome e melhor e-mail!
2018 - 2019. Fundação Odebrecht. Todos os direitos reservados.
Produzido por: Click Interativo - Agência Digital