Comunicação

07h49

Alstom e Semp Toshiba são reconhecidas por apoiar ações em prol de jovens da zona rural

Juntas, as empresas investiram mais de R$ 470 mil em projetos educativo-produtivos via Tributo ao Futuro em 2012. Esse é o segundo ano consecutivo da participação de ambas

Em tempos de declaração de Imposto de Renda (IR), toda a atenção volta-se para o assunto. Nesse momento, muitas dúvidas surgem sobre o que e como declarar e quais os riscos de se “cair na malha fina“. Para o perfil pessoa jurídica, a cautela é ainda maior. Além de cumprir com essa obrigação, empresas de qualquer natureza podem contribuir com o desenvolvimento de jovens do interior da Bahia, dando-lhes oportunidades para se estabelecerem de forma digna no local onde vivem. Isso se faz possível com o Tributo ao Futuro. Sob a responsabilidade da Organização Odebrecht e executada pela Fundação Odebrecht, a iniciativa permite destinar até 1% do valor do Imposto de Renda devido, se declarar com base no lucro real, para iniciativas de inclusão social e de estímulo à agricultura familiar na região do Baixo Sul da Bahia.

Esse é caso da Semp Toshiba e Alstom, que desde 2011 realizam doações via Tributo ao Futuro. Somente no ano de 2012, as empresas, juntas, aportaram investimentos de mais de R$ 470 mil. Para reconhecer a parceria e sensibilidade pela causa, as instituições privadas foram agraciadas com o Troféu Destaque 2012. "Essa é uma forma singela de expressarmos nosso agradecimento aos que, de modo especial, nos apoiam para viabilizar os projetos", destaca Clovis Faleiro Jr., Relações Institucionais da Fundação Odebrecht e Líder do Tributo ao Futuro.


Troféu Destaque 2012 foi entregue às empresas Alstom e Semp Toshiba

As ações beneficiadas pelas empresas vêm sendo fomentadas pelo Programa de Desenvolvimento e Crescimento Integrado com Sustentabilidade do Mosaico de Áreas de Proteção Ambiental do Baixo Sul da Bahia (PDCIS), iniciativa promovida pela Fundação Odebrecht e parceiros. No caso, a Alstom e Semp Toshiba priorizaram apoiar o programa Caia na Rede, o projeto Trilhando Caminhos e as atividades educativo-produtivas conduzidas pela unidade de ensino Casa Familiar Rural de Presidente Tancredo Neves (CFR-PTN) - uma das instituições que fazem parte do PDCIS. 

Contribuintes Pessoa Física também podem participar, destinando 6% do IR, se declarar pelo modelo completo.

*Com informações do site do Tributo do Futuro.

 

Receba nossas novidades:
Basta informar seu nome e melhor e-mail!
preload
2018 - 2019. Fundação Odebrecht. Todos os direitos reservados.
Produzido por: Click Interativo - Agência Digital