Comunicação

08h03

Dia Mundial da Água – Iniciativas que mudam o mundo

Confira como o agricultor Francisco Bonfim contribui com a conservação dos recursos hídricos em sua região

Na televisão de Francisco Bonfim, agricultor familiar da comunidade Antônio Rocha, município de Piraí do Norte (BA), não se fala em outra coisa além da crise hídrica no Brasil. A escassez de chuvas e a falta de água que atingem o sudeste do país despertam para a importância de medidas preventivas para a conservação dos recursos naturais. Francisco já está fazendo a sua parte.

O agricultor é beneficiário de dois projetos executados pela Organização de Conservação da Terra (OCT): o Produtor de água Pratigi, iniciativa de Pagamento por Serviços Ambientais (PSA) que valora e remunera agricultores que conservam suas nascentes, e o Carbono Neutro Pratigi, projeto que restaura nascentes degradadas através da neutralização de carbono de pessoas físicas e jurídicas. Desde 2012, ações da OCT já contribuíram para a recuperação de mais de 60 nascentes e conservação de 7 mil hectares.

Em sua propriedade, Chico, como é conhecido, possui diversas nascentes. Em uma delas, a OCT testará uma metodologia distinta da usada em outras áreas restauradas pelo Carbono Neutro Pratigi com a indução da regeneração natural. O novo método consiste em cercar a área a ser recuperada e, caso seja necessário, efetuar o plantio de espécies nativas para seu enriquecimento. Segundo Volney Fernandes, Diretor Executivo da OCT, a ação busca reduzir os custos e consolidar um modelo a ser replicado em pequenas propriedades. “A APA do Pratigi tem uma alta capacidade de regeneração em função de possuir fragmentos florestais em bom estado.


Francisco em uma das suas nascentes

Os custos desta operação, incluindo o PSA que o agricultor deve receber, serão pagos com a neutralização de carbono que a própria OCT emitiu”, diz. A OCT está neutralizando o carbono de suas operações realizadas em 2012. Para definir a quantidade, o primeiro passo foi fazer um inventário. Algumas informações, como número de funcionários, despesas com energia elétrica, passagens aéreas e combustíveis, são levados em consideração. No total, são 190 toneladas de carbono neutralizadas na área de Francisco.

O agricultor afirma que aceitou o desafio da conservação por notar os problemas relativos ao abastecimento de água. “Vi que nós estávamos errados em deixar as nascentes descobertas. Por isso quis participar dos programas. Não penso só em mim, mas nos meus filhos e netos. Quero que eles vejam o que eu conheci”, explica.

A OCT faz parte do Pacto de Governança do PDCIS - Programa de Desenvolvimento e Crescimento Integrado com Sustentabilidade do Mosaico de APAs do Baixo Sul da Bahia, apoiado pela Fundação Odebrecht e parceiros públicos e privados. A iniciativa atua sob a vertente ambiental e concentra suas ações em atividades que promovem a conservação de fragmentos florestais e reflorestamento da APA do Pratigi, contribuindo, no contexto do PDCIS, para o desenvolvimento produtivo da família no campo em harmonia com os recursos naturais.

*Este é um especial sobre o Dia Mundial da água, comemorado no dia 22 de março. A reportagem contou com a contribuição da Assessoria de Comunicação da OCT.
 

 

Receba nossas novidades:
Basta informar seu nome e melhor e-mail!
2018 - 2019. Fundação Odebrecht. Todos os direitos reservados.
Produzido por: Click Interativo - Agência Digital