Comunicação

09h40

A força do conhecimento

Estudante de Casa Familiar apoiada pela Fundação Odebrecht aplica aprendizados em áreas produtivas da família

Desde o ano passado, o pomar de laranjas do pequeno agricultor Genival dos Santos, da comunidade de Paulista, em Nilo Peçanha (BA), não é mais o mesmo. E a mudança veio em forma de conhecimento, repassado pela filha, Geiza dos Santos, de apenas 14 anos. Cursando o segundo ano da Casa Familiar Agroflorestal (Cfaf), instituição apoiada pela Fundação Odebrecht através do Programa de Desenvolvimento e Crescimento Integrado com Sustentabilidade (PDCIS), a estudante é uma das bolsistas da Embrapa Mandioca e Fruticultura através do projeto “Biodiverso: biodiversidade natural associada à vegetação espontânea e o manejo”, em parceria com a Cfaf.

“Com orientação dos pesquisadores da Embrapa e dos monitores da Casa Familiar, estou realizando pesquisas com variedades de citros para saber qual se adapta em minha região. Coleto dados e avalio o crescimento das plantas e das folhas”, conta Geiza, que aplica os conhecimentos adquiridos no pomar da família, que possui 36 pés de laranja. Segundo a mãe, Ivonice de Jesus, os ensinamentos repassados estão sendo essenciais para as melhorias na produção. “Descobrimos como evitar pragas e a identificar o que não é prejudicial para a planta. Antes, passávamos veneno e achávamos que era normal. Mas vimos que o caminho não é esse”, disse, orgulhosa.


A estudante é bolsista de projeto da Embrapa Mandioca e Fruticultura 

Projetos que transformam

Também produtores de culturas como o guaraná, cacau e cupuaçu, a família de Genival passou a ver a agricultura e o futuro de Geiza com outros olhos. “Ela mudou muito, está esforçada nos estudos e nos mostra sempre a importância de cuidar da terra respeitando o meio ambiente”, completou o pai. Neste ano, a estudante é uma das adolescentes beneficiadas pelo Programa Tributo ao Futuro – Novas Gerações, da Fundação Odebrecht, e receberá insumos para a implantação de um Sistema Agroflorestal, modelo que combina diversas espécies de frutas e plantas arbóreas. “Estou muito ansiosa em começar a ver o progresso do meu projeto, pois sei que irei aprender muito, aplicando tudo o que estou vendo na Cfaf, e ainda ajudará minha família com os resultados que podemos alcançar”, afirmou a jovem.

Possível através da participação de Integrantes da Organização Odebrecht e demais cidadãos e empresas, que doam ou destinam parte do Imposto de Renda (clique aqui e saiba mais), o Tributo ao Futuro apoia projetos socioeducacionais voltados a crianças e adolescentes, como Geiza. Com a oportunidade, a estudante, futura empresária rural, poderá desenvolver competências socioeducativas e habilidades técnicas, com viabilidade econômica, social e ambiental, assumindo a liderança de processos sociais e produtivos em sua comunidade.

 

Receba nossas novidades:
Basta informar seu nome e melhor e-mail!
preload
2018 - 2019. Fundação Odebrecht. Todos os direitos reservados.
Produzido por: Click Interativo - Agência Digital