14h16

Coopemar comemora a exportação de 2,2 toneladas de tilápia para a França

O Baixo Sul é uma das regiões de maior diversidade ambiental e paisagística da Bahia.

Compartilhe
Tamanho do texto

O Baixo Sul é uma das regiões de maior diversidade ambiental e paisagística da Bahia. Apesar de seu enorme potencial de desenvolvimento, as atividades de extrativismo da pesca predominam ainda hoje nos estuários dos municípios de Cairu, Igrapiúna e Ituberá. A Criação da Coopemar – Cooperativa Mista de Marisqueiros, Pescadores e Aquicultores do Baixo Sul da Bahia, trouxe outras perspectivas de desenvolvimento para o Baixo Sul.

A Coopemar introduziu as Cadeias Produtivas de Aquicultura, com destaque para a criação de tilápias e ostras, priorizando as pequenas empresas familiares. Os parceiros desse projeto são a Bahia Pesca, ligada à Secretaria de Agricultura e Reforma Agrária do Estado da Bahia, a Setras – Secretaria de Trabalho e Ação Social do Estado da Bahia, o Sebrae/BA – Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas, e a Àrea Social do BNDES – Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social.

Após um longo período de pesquisas, formação de equipe técnica, identificação de aqüicultores, articulação da comunidade local, a produção de tilápias marinhas nos estuários do Baixo Sul apresenta uma produtividade significativa.

A rede de supermercados francesa Auchan adquiriu, através do grupo português Mar Bravo, a produção de 2,2 toneladas de peixes inteiros, gerando uma receita total de R$ 8.800,00 (oito mil e oitocentos reais) para a Coopemar. A produção exportada provém de 2 dos 12 módulos familiares de produção já implantados na região até o mês de junho.

A meta da Coopemar, que hoje conta com 50 famílias cooperadas, é continuar implantando três módulos de produção por mês e atingir a produtividade de 4 toneladas/módulo, ainda em agosto deste ano.

A Coopemar faz parte do PDRIS - Programa de Desenvolvimento Regional e Integrado Sustentável do Baixo Sul, realizado em parceria entre o Governo Federal, Odebrecht, o Governo do Estado da Bahia, a AMUBS – Associação dos Municípios do Baixo Sul da Bahia, a Fundação Odebrecht e o IDES - Instituto de Desenvolvimento Sustentável do Sul da Bahia.

O PDRIS é um projeto que visa, para esta região, o desenvolvimento sustentável econômico e social, por meio da participação social e da organização de comunidades pesqueiras em pequenos negócios aquícolas, com base na conservação ambiental.

Contatos:
Roque Fraga - Coopemar
Tel. (73) 256-2020

Newsletter
Quer apoiar nossa causa?
Cadastre nome e e-mail e aguarde nosso contato.
preload
2018 - 2019. Fundação Odebrecht. Todos os direitos reservados.
Produzido por: Click Interativo - Agência Digital