14h20

Produtividade da mandioca no Baixo Sul atinge índice recorde de 35,6 toneladas por hectare.

Historicamente, a média de produção de mandioca da região do Baixo Sul mantinha-se entre 8 e 10 toneladas por hectare.

Compartilhe
Tamanho do texto

Historicamente, a média de produção de mandioca da região do Baixo Sul mantinha-se entre 8 e 10 toneladas por hectare. Esse índice, considerado baixo para negociação, não contribuía para quebrar o ciclo de pobreza que predomina na região.

A Coopatan – Cooperativa de Produtores Rurais de Tancredo Neves tem contribuído na mudança dessa realidade. Desde 2003, a cooperativa conta com a parceria da Embrapa – Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária, que introduziu novas técnicas de plantio e traçou uma meta de produtividade mínima de 20 ton/ha. Em apenas dez meses, essa parceria já começa a mostrar resultados.

A colheita referente ao primeiro ciclo de plantio, iniciado em agosto de 2003, superou as expectativas dos cooperados, apresentando logo no primeiro dia de colheita uma média de produtividade de 26 ton/ha. Alguns cooperados atingiram metas ainda maiores, como é o caso de João Pereira de Melo, que colheu 35,6 toneladas por hectare, dentro do ciclo de 11 meses.
O quadro social da Coopatan atualmente é constituído de 473 cooperados pessoas- físicas, 22 cooperados pessoas-jurídicas, sendo que 262 cooperados aderiram ao Projeto.

A Cadeia Produtiva da Mandioca faz parte do PDRIS - Programa de Desenvolvimento Regional e Integrado Sustentável do Baixo Sul, realizado em sistema de Governança entre o Governo Federal, o Governo do Estado da Bahia, a AMUBS – Associação dos Municípios do Baixo Sul da Bahia, a Fundação Odebrecht e o IDES - Instituto de Desenvolvimento Sustentável do Sul da Bahia.

O PDRIS é um Programa que visa o desenvolvimento sustentável do Baixo Sul como um todo, promovendo o desenvolvimento econômico e social, facilitando o acesso à justiça, à educação rural de qualidade e a conservação do meio ambiente.

Contato:
Marcelo Abrantes
Tel. +55 73 504 1178

Contatos:

  • Marta Castro
    Fundação Odebrecht
    Tel. +55 71 206 1397
  • Marcelo Abrantes
    Coopatan
    Tel. +55 73 504 1178
Newsletter
Quer apoiar nossa causa?
Cadastre nome e e-mail e aguarde nosso contato.
preload
2018 - 2019. Fundação Odebrecht. Todos os direitos reservados.
Produzido por: Click Interativo - Agência Digital