10h51

Encontro reúne investidores sociais da América na Bahia

Trocas de experiências e debates marcaram a Assembléia RedEAmérica, realizada nos dias 1, 2 e 3 de agosto, na Praia do Forte.

Compartilhe
Tamanho do texto

Entre os dias 1º e 3 de agosto, foi realizada a Assembléia da RedEAmérica, pela primeira vez no Brasil. A Praia do Forte, na Bahia, foi o cenário de debates e trocas de experiências entre os 57 associados, espalhados por 12 países da América.

Como membro baiano da RedEAmérica, a Fundação Odebrecht foi a anfitriã do encontro, que reuniu representantes das organizações associadas. Os debates focaram o desenvolvimento de base e suas implicações na educação, nos arranjos institucionais e no desenvolvimento local e sustentável da América.

A Rede Interamericana de Fundações e Associações Empresariais para o Desenvolvimento de Base (RedEAmérica), criada em setembro de 2002 por iniciativa da Inter-American Foundation, tem como missão fazer do desenvolvimento de base o elemento chave das estratégias de desenvolvimento na América.

Estiveram presentes no encontro os empresários Eduardo de Carvalho (Instituto de Cidadania Empresarial do Maranhão), Renata Camargo (Camargo Correa), Marcos Flávio Azzi (Hedging-Griffo) e Rachel Coser (Grupo Coimex), além de representantes da Fundação Odebrecht.

Sobre a RedEAmérica

A RedEAmérica foca seu trabalho em ações junto a organizações comunitárias, cooperativas e associações, por meio da crença de que a ação coletiva permite que os grupos de base sejam os protagonistas de seu próprio desenvolvimento. Entre os principais objetivos da Rede também estão o desenvolvimento de estratégias e metodologias para promoção do desenvolvimento de base, a mobilização de novos recursos e inclusão do tema na agenda de governos e agências de cooperação nacional e internacional.

São 57 fundações ou organizações empresariais membros, distribuídas em 12 países da América: Guatemala, México, República Dominicana, Venezuela, Colômbia, Equador, Peru, Bolívia, Chile, Argentina, Uruguai e Brasil.

No Brasil, são associados: Fundação Acesita, Fundação Belgo, Instituto de Cidadania Empresarial de São Paulo, Instituto Cidadania Empresarial do Maranhão, Instituto Hedging-Griffo, Fundação Odebrecht, Fundação Otacílio Coser, Instituto Camargo Correa, Instituto Holcim, Instituto Arcor e Banco Indusval Multistock.

Para mais informações sobre a RedEAmérica, acesse: https://www.redeamerica.org 

Receba nossas novidades:
Basta informar seu nome e melhor e-mail!
2018 - 2019. Fundação Odebrecht. Todos os direitos reservados.
Produzido por: Click Interativo - Agência Digital