17h44

Universitários americanos visitam projetos no Baixo Sul

Com o objetivo de promover troca de experiências, 18 estudantes da Kennesaw State University conheceram a região entre os dias 23 e 25 de maio.

Compartilhe
Tamanho do texto

Entre os dias 23 e 25 de maio, 18 jovens estudantes da Kennesaw State University (KSU) de Atlanta (Geórgia, Estados Unidos) visitaram a região do Baixo Sul da Bahia. O objetivo da viagem foi promover a troca de conhecimentos com a comunidade local, apresentando a cultura regional e o modelo de Governança aplicado no Programa de Desenvolvimento Integrado e Sustentável do Baixo Sul da Bahia (DIS Baixo Sul).

Para Khristie Nichelson, estudante de Educação, o modelo adotado pelo Programa é viável porque conta com o comprometimento de pessoas interessadas, batalhadoras e que visam um objetivo coletivo. “É preciso esse empenho das pessoas para as coisas começarem a funcionar”, reforçou.

Divididos em grupos, os americanos puderam conhecer os projetos que integram o DIS Baixo Sul. Enquanto um grupo conheceu a Cadeia Produtiva da Aqüicultura, liderada pela Cooperativa Mista de Pescadores, Marisqueiros e Aqüicultores do Baixo Sul da Bahia (Coopemar), e a Casa Familiar Agroflorestal, outro conferiu a estrutura da Casa Jovem. Uma terceira equipe visitou a cadeia Produtiva da Mandioca, liderada pela Cooperativa de Produtores Rurais de Presidente Tancredo Neves (Coopatan), a Casa Familiar Rural sediada no mesmo município e o Instituto Direito e Cidadania.

 “No Colégio Casa Jovem, os americanos expressaram o quanto ficaram impressionados com a integração entre a riqueza dos nossos recursos naturais e a ação humana de sustentabilidade”, destacou Frede Bonfim, integrante do Instituto de Desenvolvimento Sustentável do Baixo Sul da Bahia (Ides), que acompanhou os estudantes americanos durante a visita à região.

Receba nossas novidades:
Basta informar seu nome e melhor e-mail!
preload
2018 - 2019. Fundação Odebrecht. Todos os direitos reservados.
Produzido por: Click Interativo - Agência Digital