18h01

Jovens das Casas Familiares e do CECJ participam do 2 de Julho

Carregando uma faixa em defesa da Educação do Campo, o grupo acompanhou os desfiles e pôde conhecer um pouco mais sobre a história da Bahia.

Compartilhe
Tamanho do texto

Cerca de 15 estudantes das Casas Familiares e do Colégio Estadual Casa Jovem (CECJ) participaram, em Salvador, do desfile em comemoração à Independência da Bahia, no dia 2 de Julho. O objetivo de levar o grupo à capital foi de conscientizá-los da importância da data e contextualizar o Programa DIS Baixo Sul com as conquistas da Bahia ao longo da História do Brasil.

O grupo participou de um bate-papo sobre o 2 de Julho no Pátio da Prefeitura Municipal de Salvador. A artista plástica Lucília Pinto contribui com o debate apresentando aos jovens informações e dados históricos sobre a Independência da Bahia.

“Eu achei fundamental porque contribuiu para ampliar nosso conhecimento cultural, pudemos vivenciar aquele momento histórico. Visitando a Praça da Sé, eu me senti naquela época. Por mais que a tecnologia e a modernidade tenham invadido Salvador, aquele pedaço do Pelourinho ficou intacto”, destacou Daniele Assis, estudante do CECJ.

Levando uma faixa com os dizeres “Educação do campo e ensino profissional: ações do desenvolvimento sustentável no Baixo Sul da Bahia”, o grupo acompanhou os desfiles e a solenidade que premiou as melhores redações sobre a Independência. Na ocasião, ainda participaram de um encontro com o Secretário da Educação, Adeum Sauer e o presidente do Conselho Estadual de Educação, Astor de Castro Pessoa, também presidente do Conselho de Administração da Oscip Casa Jovem.

Receba nossas novidades:
Basta informar seu nome e melhor e-mail!
2018 - 2019. Fundação Odebrecht. Todos os direitos reservados.
Produzido por: Click Interativo - Agência Digital