15h06

Jovens talentos contam suas histórias no Museu da Pessoa

Carlos Guimarães e Bárbara Tércia participaram de projetos apoiados pela Fundação Odebrecht.

Compartilhe
Tamanho do texto

Em comemoração aos 20 anos de Protagonismo Juvenil, a Fundação Odebrecht está resgatando histórias de jovens que participaram dos projetos que apoiou de 1988 até os dias atuais. No site da Fundação, eles contam como trilharam seus caminhos enquanto cidadãos responsáveis, conscientes e participativos.

Carlos Guimarães, mais conhecido como Café, e Bárbara Tércia são dois dos cerca de 500 mil jovens já beneficiados. Suas trajetórias também estão relatadas em texto e áudio no site Museu da Pessoa (www.museudapessoa.net), um espaço virtual que reúne histórias de vida, aberto à participação gratuita de quem desejar compartilhar sua experiência.

“Nós precisamos ser atores e agentes de transformação da nossa vida”, revela Carlos Café no depoimento dado à Kelly Souza, repórter do Museu da Pessoa. Aos 23 anos, ele é o Líder Executivo das Casas Familiares do Mar, Agroflorestal e Rural de Igrapiúna, projetos ligados ao Programa de Desenvolvimento Integrado e Sustentável do Baixo Sul da Bahia.

Em entrevista, Bárbara conta que, em 1989, fazia um curso de Comunicação na Associação Liceu de Artes e Ofícios da Bahia, na época apoiado pela Fundação. Para escrever uma das matérias do jornal da instituição, lembra que aos 15 anos entrevistou todos os candidatos à Presidência da República. “A consciência de que ‘estou aqui e sou responsável pelo que faço’ ficou para o resto da vida e é o que eu passo para minha filha. Como consequência disso, veio a maturidade”.

Confira essas histórias na íntegra. Acesse:
Carlos Café - https://www.museudapessoa.net/blogs/historiadodia/index.php?i=188
Bárbara Tércia - https://www.museudapessoa.net/blogs/historiadodia/index.php?i=147

Receba nossas novidades:
Basta informar seu nome e melhor e-mail!
2018 - 2019. Fundação Odebrecht. Todos os direitos reservados.
Produzido por: Click Interativo - Agência Digital