22h05

Investimento social sem cair na malha fina

Supervisor Nacional da Receita Federal esclarece o processo em entrevista cedida ao Programa Tributo ao Futuro.

Compartilhe
Tamanho do texto

É chegada a hora dos brasileiros fazerem a Declaração de Imposto de Renda ano base 2008. Com o propósito de esclarecer dúvidas do Integrante Odebrecht, a equipe do Tributo ao Futuro preparou uma campanha de conscientização sobre o Imposto de Renda. Com início em primeiro de março, a campanha segue até o dia 30 de abril – prazo final para entrega da Declaração.

Joaquim Adir, Supervisor Nacional do Programa de Imposto de Renda da Receita Federal, conversou com a equipe do Tributo. Ele conta que todas as declarações são analisadas conforme o cruzamento de dados, com base tanto nas informações cedidas pelas empresas a respeito do Imposto Retido na Fonte, como nas empresas de imóveis e bens.

Ocorre da mesma forma no caso da doação ao Fundo da Infância e Adolescência (FIA). Existe uma declaração apresentada pelos Conselhos de Direito da Criança e do Adolescente que será cruzada com a informação fornecida pelo contribuinte. Este processo assegura que os Integrantes que investem parte do seu Imposto nos projetos apoiados pelo Tributo ao Futuro não vão cair na malha fina. “Apenas se a doação não estiver de acordo com a lei, ocorrem os problemas”, acrescenta Joaquim.

Ainda sobre o processo de destinação, o Supervisor da Receita Federal coloca que “não existe desvantagem nenhuma em fazer a destinação a projetos sociais. A vantagem é do íntimo de cada um pela razão na qual a pessoa está fazendo a doação”.

É o momento de juntar recibos, comprovantes de rendimentos, dados de transações, etc. O Imposto de Renda pode ser aproveitado para investir no futuro de Jovens Talentos e melhorar o controle financeiro durante o ano. Assim, a declaração pode virar um eficiente mecanismo de análise para saber onde é gasto o dinheiro.

Mais informações sobre o Tributo ao Futuro, acesse www.tributoaofuturo.org.br

Receba nossas novidades:
Basta informar seu nome e melhor e-mail!
2018 - 2019. Fundação Odebrecht. Todos os direitos reservados.
Produzido por: Click Interativo - Agência Digital