15h28

Fundação Odebrecht participa da I Mostra Nacional de Desenvolvimento Regional

Evento foi realizado entre os dias 24 e 27 de março, no Centro de Convenções da Bahia, em Salvador.

Compartilhe
Tamanho do texto

Foto: Adalberto Marques (gentilmente cedida pelo Ministério da Integração Nacional)

Entre os dias 24 e 27 de março, foi realizada a I Mostra Nacional de Desenvolvimento Regional no Centro de Convenções da Bahia, em Salvador. Promovida pelo Ministério da Integração Nacional (MIN), sob a coordenação da Secretaria de Programas Regionais, a Mostra teve como parceira de realização a Organização das Nações Unidas para Agricultura e Alimentação (FAO) e a Fundação Odebrecht.

A Mostra reuniu segmentos empresariais, instituições governamentais e não-governamentais para debater e aprimorar as políticas públicas voltadas para o desenvolvimento regional. "Além de palestras, debates, oficinas e minicursos, o evento ofereceu espaços para divulgação e comercialização de produtos, troca de experiências, articulação de parcerias e rodadas de negócios", explica Márcia Damo, Secretária de Programas Regionais do MIN.

O Presidente Luiz Inácio Lula da Silva participou da cerimônia de abertura do evento, realizada na manhã do dia 24. Acompanhado pelos ministros Geddel Vieira Lima, Dilma Rousseff, Mangabeira Unger, Patrus Ananias, além do Governador da Bahia, Jaques Wagner, entre outras autoridades, o Presidente Lula visitou o estande da Fundação Odebrecht sendo recebido por  Maurício Medeiros e Norberto Odebrecht, respectivamente, Presidente Executivo e Presidente do Conselho de Curadores da Fundação Odebrecht. O Presidente Lula ouviu explanações sobre o Modelo de Desenvolvimento Integrado e Sustentável da Área de Proteção Ambiental (APA) do Pratigi e conheceu os produtos das cooperativas ligadas ao programa.

Assinatura de convênios

Três importantes convênios foram assinados no dia 24 de março, durante a I Mostra Nacional de Desenvolvimento Regional. O primeiro deles foi celebrado entre a Empresa Baiana de Alimentos (Ebal) e as cooperativas do Baixo Sul da Bahia: Cooperativa dos Produtores de Palmito do Baixo Sul da Bahia (Coopalm); Cooperativa das Produtoras e Produtores Rurais da APA do Pratigi (Cooprap);  Cooperativa mista de Marisqueiros, Pescadores e Aquicultores do Baixo Sul da Bahia (Coopemar); e Cooperativa de Produtores Rurais de Presidente Tancredo Neves (Coopatan).

O Contrato Estimatório tem como objeto a comercialização dos produtos das cooperativas, utilizando-se do instrumento da consignação (aliança cooperativa), tendo como meta a criação de um modelo inovador e replicável de Cadeia Produtiva. Desta forma, busca-se estimular a produção de produtos básicos, oriundos da agricultura familiar.

O segundo e terceiro convênios assinados envolveram o Ministério da Integração Nacional, a Organização das Nações Unidas para Agricultura e Alimentação (FAO), a Associação Guardiã da APA do Pratgi (Agir), o Instituto de Desenvolvimento Sustentável do Baixo Sul (Ides) e os municípios de Ituberá, Nilo Peçanha e Cairu. Os protocolos de intenções focam na construção de mecanismos de apoio e viabilização do Evento de Organização Produtiva no município de Ituberá e da Oficina de Gestão nos municípios de Ituberá, Nilo Peçanha e Cairu.

O Prefeito de Ituberá e Presidente do Consórcio Intermunicipal da APA do Pratigi (Ciapra), André Lisboa Filho; o Diretor Executivo Interino da Agir, Sérgio Cabral; a Diretora Executiva do Ides, Liliana Leite; o Representante da FAO, José Tubino; a Secretária de Programas Regionais do Ministério da Integração Nacional, Márcia Damo; e o Presidente Executivo da Fundação Odebrecht, Maurício Medeiros, participaram da assinatura dos protocolos.

Receba nossas novidades:
Basta informar seu nome e melhor e-mail!
2018 - 2019. Fundação Odebrecht. Todos os direitos reservados.
Produzido por: Click Interativo - Agência Digital