15h01

Programa Todos Pela Alfabetização (TOPA) beneficia comunidades da APA do Pratigi

Objetivo é alfabetizar jovens, adultos e idosos dos municípios de Ibirapitanga, Igrapiúna, Ituberá, Nilo Peçanha e Piraí do Norte.

Compartilhe
Tamanho do texto

Um Termo de Cooperação Técnica, celebrado entre a Fundação Odebrecht e a Secretaria da Educação do Estado da Bahia, viabilizará a implantação do Programa do Governo Federal “Brasil Alfabetizado” nos municípios que integram a Área de Proteção Ambiental (APA) do Pratigi, na região do Baixo Sul do Estado. O Programa, que na Bahia recebe o nome Todos Pela Alfabetização (TOPA), ensinará jovens (a partir de 15 anos), adultos e idosos, que não tiveram acesso a escolaridade, a ler e escrever.

No dia 17 de julho, foi inaugurado o Núcleo de Cadastramento da APA do Pratigi (Nucap), que funcionará na sede do Instituto de Desenvolvimento Sustentável do Baixo Sul da Bahia (Ides), no município de Ituberá. O Nucap conta com uma estrutura de cinco computadores disponíveis para o registro dos alfabetizandos, alfabetizadores e coordenadores do programa. A ação beneficiará comunidades dos municípios de Ibirapitanga, Igrapiúna, Ituberá, Nilo Peçanha e Piraí do Norte.

O desafio da parceria é reduzir o índice de analfabetismo da região, que chega a 36%, com um total aproximado de 18.500 pessoas. “O Governo não conseguiria atingir a meta sozinho, alfabetizar um milhão de pessoas em todo o Estado até 2010. É preciso mobilizar parcerias com entidades e empresas que somem esforços no objetivo único”, destaca Elenir Alves, Coordenadora Geral do TOPA. Antônio Nunes, presidente da Associação Guardiã da APA do Pratigi (Agir), reforçou a importância desse tipo de parceria para o desenvolvimento local. “Estou muito feliz com esse programa e com a união de todas essas pessoas em prol da educação. Estamos torcendo e trabalhando para que as metas sejam alcançadas”, comemora.

O responsável técnico pela implantação do TOPA na APA do Pratigi é Wolgrand Ribeiro, Consultor Educacional da Fundação Odebrecht. “A educação transforma a vida das pessoas. Ela é uma ação que deve ensinar o indivíduo a viver, conviver, agir e reagir na sociedade. Deve ser contínua e é a única força capaz de transformar o mundo, proporcionando qualidade de vida”, explica. Segundo Wolgrand Ribeiro, a iniciativa é o reflexo da atuação coordenada, integrada e sinérgica do Primeiro, Segundo e Terceiro Setores, envolvendo os diversos âmbitos do Poder Público, da Iniciativa Privada e das Organizações da Sociedade Civil por meio de parcerias.

Também participaram da inauguração do Nucap Liliana Leite, Diretora Executiva do Ides; André Roque Macedo, Coordenador Municipal de Educação e Alfabetização para Jovens e Adultos da Secretaria da Educação de Ituberá; Luisa Helena, Supervisora Regional do TOPA; Márcio Queiroz, responsável pela Comunicação e Logística do TOPA; além de colaboradores do Ides e da Agir.

Newsletter
Quer apoiar nossa causa?
Cadastre nome e e-mail e aguarde nosso contato.
preload
2018 - 2019. Fundação Odebrecht. Todos os direitos reservados.
Produzido por: Click Interativo - Agência Digital