19h42

Educadores participam de capacitação no Baixo Sul

O curso “Educação e Vida” buscou otimizar a proposta da Pedagogia da Alternância por meio de conceitos, métodos e técnicas de ação social e educativa dirigidas a adolescentes e jovens.

Compartilhe
Tamanho do texto

Diretores, monitores e equipe pedagógica das Casas Familiares ligadas ao Modelo de Desenvolvimento Integrado e Sustentável da Área de Proteção Ambiental (APA) do Pratigi participaram do curso “Educação e Vida” nos dias 25 e 26 de julho. A formação foi ministrada pelo pedagogo Alfredo Carlos Gomes da Costa na sede da Casa Familiar Rural de Presidente Tancredo Neves. Outros três cursos estão previstos para serem realizados até maio de 2010.

Alfredo Carlos é Diretor Executivo da Modus Faciendi, uma agência de responsabilidade social e educação empresarial, escolar e comunitária, voltada para o desenvolvimento de capacidades nas pessoas e nas organizações. Durante o curso, o pedagogo apresentou conceitos, métodos e técnicas de ações sociais e educativas dirigidas a adolescentes e jovens, visando à otimização da proposta da Pedagogia da Alternância, metodologia aplicada nas Casas Familiares. O conteúdo foi trabalhado por meio de exposições dialogadas, estudo de casos, práticas e vivências, além da exibição de materiais audiovisuais. “Os educadores estavam dispostos a aprender sobre a didática para lidar com os jovens e a superarem as próprias limitações, desenvolvendo-se como pessoas, profissionais e cidadãos também”, observa o facilitador.

Patrícia Bahia, monitora da Casa Familiar Agroflorestal ressalta a aplicabilidade do conhecimento adquirido. “O curso contribuiu para melhorar a elaboração e execução das tarefas. Também trouxe ferramentas para aprimorar a interpretação dos dados resultantes destas tarefas”, destaca. Os trabalhos desenvolvidos pelas equipes de educadores das Casas serão acompanhados pela consultora pedagógica da Fundação Odebrecht, Joana Almeida, mediante análise de relatórios das práticas, contendo recomendações para o aprimoramento constante em conteúdo, método e gestão das ações sociais e educativas em andamento.

A iniciativa faz parte de um Plano de Formação dos Educadores que inclui outros temas correlacionados à Pedagogia da Alternância, como educação do campo, agricultura familiar, cultura empresarial, responsabilidade social e ambiental, além de História Afro-brasileira. Neste primeiro momento foi introduzida a teoria e a prática sobre o estudo sistemático da formação do jovem com base em três dimensões: pessoal, visando sua viabilização enquanto ser humano; social, enquanto cidadão; e produtivo, enquanto profissional. “Com o curso passei a ver o educando não como um mero receptor de informações, mas como protagonista de seu desenvolvimento”, relata Zenaide dos Santos, educadora e presidenta da Casa Familiar do Mar.

Newsletter
Quer apoiar nossa causa?
Cadastre nome e e-mail e aguarde nosso contato.
preload
2018 - 2019. Fundação Odebrecht. Todos os direitos reservados.
Produzido por: Click Interativo - Agência Digital