19h41

Tiro de Guerra é inaugurado em Valença

Construção das instalações foi fruto de um termo de parceria firmado entre a Prefeitura Municipal e a Fundação Odebrecht. O evento aconteceu no dia 29 de julho.

Compartilhe
Tamanho do texto

“Este é o mais novo e o melhor Tiro de Guerra do Brasil. No País, não existe nenhum outro com as mesmas condições de Valença”. Com estas palavras, o General do Exército Marius Teixeira Neto, Comandante Militar do Nordeste, abriu seu discurso na cerimônia de inauguração do Tiro de Guerra (TG) de Valença, município da região do Baixo Sul da Bahia.

A inauguração aconteceu no dia 29 de julho e contou com a presença dos Generais de Divisão João Francisco Ferreira, Comandante da 6ª Região Militar; Mário Matheus de Paula Madureira, Diretor do Serviço Militar do Exército; e Luis Henrique Moura Barreto. Também estiveram presentes Ramiro Campelo, Prefeito de Valença e diretor do TG, e Roselidiana Viana Farias, Presidenta da Câmara Municipal. Pela Fundação Odebrecht, compareceram Maurício Medeiros, Presidente Executivo, e Norberto Odebrecht, Presidente do Conselho de Curadores, além de representantes de Oscips ligadas ao Modelo de Desenvolvimento Integrado e Sustentável da Área de Proteção Ambiental do Pratigi.

Os TG’s são órgãos de formação de reserva do Exército Brasileiro que possibilitam aos convocados prestar o serviço militar inicial nos municípios onde estão residindo. Desse modo, os jovens recebem instrução, conciliando-a com trabalho e estudo. Para a instalação de um TG, a Prefeitura Municipal precisa manifestar o interesse ao Comando de sua Região Militar. O Exército fornece o fardamento destinado aos Atiradores, como são chamados os jovens convocados, o material de natureza militar e providencia a nomeação de instrutores. A Prefeitura Municipal fica responsável pela estrutura física, área para a prática de tiro e material administrativo.

A ação desenvolvida no TG contribui para a fixação dos jovens em suas cidades de origem, além de educá-los para a vida, pelo trabalho e para valores, missão da Fundação Odebrecht. Um termo de parceria entre a Prefeitura de Valença e a Fundação viabilizou a construção das instalações, num investimento de R$ 871 mil.

Na inauguração, Ramiro Campelo destacou a importância da união entre as instâncias municipais, estaduais e federais, além das entidades privadas e do terceiro setor, para garantir a integridade e a honestidade na aplicação do recurso público. General Marius concluiu seu discurso citando as palavras de Norberto Odebrecht: “Todos somos importantes quando entendemos que uma comunidade, um estado ou um país só pode crescer e se desenvolver se agir de forma harmônica, com todos os segmentos da sociedade envolvidos”.

Receba nossas novidades:
Basta informar seu nome e melhor e-mail!
2018 - 2019. Fundação Odebrecht. Todos os direitos reservados.
Produzido por: Click Interativo - Agência Digital