15h29

Quilombo em Cena movimenta comunidades do Baixo Sul

Mostra de Saberes é realizada no dia 1º de outubro, em Nilo Peçanha, fruto da parceria entre Ides, Cooprap e Casa Familiar Agroflorestal.

Compartilhe
Tamanho do texto

“O que vamos apresentar para vocês representa um desejo, uma vontade, uma força. Força e arte de um povo, guardadas há séculos, e que hoje exibem o seu estandarte, com liberdade e alegria”. Com estas palavras e esbanjando alegria, a jovem Pedrina Belém do Rosário abriu o espetáculo Quilombo em Cena – Mostra de Saberes do Baixo Sul da Bahia. Realizado no dia 1º de outubro na sede da Casa Familiar Agroflorestal (Cfaf), em Nilo Peçanha, o evento é fruto da parceria entre o Instituto de Desenvolvimento Sustentável do Baixo Sul (Ides), a Cooperativa das Produtoras e Produtores Rurais da Área de Proteção Ambiental do Pratigi (Cooprap) e a Cfaf.

A programação foi iniciada às 9h com o programa Eu Adoro Ser Criança, que contou com a participação de mais de 70 alunos da Escola Municipal Mariêta Coutinho. No período da tarde, foi aberta a Mostra de Saberes e seus estandes temáticos e institucionais. Os visitantes conheceram um pouco do trabalho realizado por diversas organizações como o Instituto Direito e Cidadania e o Tiro de Guerra. Jovens da Cfaf apresentaram a metodologia da Casa e os resultados da pesquisa realizada por eles sobre os saberes locais de agricultura e culinária. No espaço da Cooprap, foram expostas vassouras e peças de artesanatos produzidas com base na fibra da piaçava por cooperados de comunidades quilombolas e ribeirinhas.

Ainda fez parte da programação vespertina mais uma edição do Art Jovem, programa de auditório que objetiva contribuir com a construção da identidade, autonomia e cidadania por meio do debate de temas importantes para o universo juvenil. Oito mestres da cultura popular, eleitos por integrantes da Cfaf, foram homenageados durante o evento. Eles receberam troféus em reconhecimento ao trabalho desenvolvido em diversas comunidades da região.

Ainda ocorreram exibições artísticas dos grupos Zambiapunga Mirim, Congo Mirim, As Pastorinhas, Samba de Marinheiro, Renovação, Dança dos Velhinhos e Boca de Lata. A mostra artística Quilombo em Cena encerrou as atividades do dia com a apresentação de grupos culturais quilombolas do Baixo Sul da Bahia.

Receba nossas novidades:
Basta informar seu nome e melhor e-mail!
preload
2018 - 2019. Fundação Odebrecht. Todos os direitos reservados.
Produzido por: Click Interativo - Agência Digital