17h25

Projeto Caia na Rede apresenta primeiros resultados

Vice Presidente de Educação da Microsoft Internacional, Michael Golden, acompanha de perto ações desenvolvidas no Baixo Sul da Bahia pelo projeto Caia na Rede.

Compartilhe
Tamanho do texto

Há três meses em execução nas instituições educacionais apoiadas pela Fundação Odebrecht (FO) no Baixo Sul da Bahia, o projeto Caia na Rede apresenta seus primeiros resultados. Com quase 170 horas de instruções, 851 pessoas, entre 11 e 46 anos, já foram beneficiadas com a inclusão digital. A iniciativa é fruto de um convênio entre a Construtora Norberto Odebrecht, a Microsoft Brasil, a Dell Computadores, a Oi Telecomunicações e a FO, firmado em maio de 2009.

Em agosto, foram entregues 151 computadores doados pela Dell para a Casa Jovem, Casas Familiares, Tiro de Guerra de Valença e Instituto de Desenvolvimento Sustentável do Baixo Sul da Bahia (Ides). A Microsoft forneceu licenças do Sistema Operacional Windows e do pacote Office, além do curso de Alfabetização Digital; a Oi liberou o acesso à Internet e a FO apoiou na estruturação física dos laboratórios e disponibilização de profissionais técnicos capacitados.

Aproveitando a estadia na Bahia por ocasião do Innovative Education Forum, promovido pela Microsoft Corporation e que reuniu educadores de 75 países, representantes da empresa puderam acompanhar de perto as ações desenvolvidas no Baixo Sul. Participaram da visita à Casa Familiar Rural de Presidente Tancredo Neves (CFR-PTN) e à Casa Jovem, realizada no dia 6 de novembro: Michael Golden, Vice Presidente de Educação – Microsoft Internacional; Emílio Munaro, Diretor de Cidadania Corporativa – Microsoft Brasil e Lauren Woodman, Diretora Financeira – Projetos Internacionais da Microsoft Corporation.

Michael Golden destacou o processo de construção comunitária adotado pelas instituições e a importante contribuição dos jovens no desenvolvimento de suas comunidades. “Penso que este é um grande modelo educacional, pois transmite a informação utilizando tecnologias e métodos capazes de formar reais líderes para comunidades de áreas rurais brasileiras. Acredito que muito em breve essa será uma prática possível de replicação”, concluiu.

Educação como meio

Segundo Clovis Faleiro, Relações Institucionais da Fundação Odebrecht, o sucesso do Caia na Rede no Baixo Sul depende, hoje, de uma melhoria na conectividade e de um maior investimento na qualificação das pessoas, para que potencializem o uso da tecnologia no universo educacional.

“Era difícil imaginar como um projeto é tirado do papel e efetivamente montado. Hoje vi que isso é possível, que é realidade e não discurso”, destaca Emílio Munaro. Ele conversou com jovens beneficiados pelo Caia na Rede e ouviu como a tecnologia acelerou o processo de aprendizagem e como as ferramentas da informática podem contribuir no empresariamento rural. “Ficará mais fácil organizar meu negócio e tomar decisões com base no acompanhamento físico-financeiro sobre determinado projeto e a avaliação de sua viabilidade”, destaca Maurílio de Jesus, aluno da Turma 4 da CFR-PTN, de 19 anos.

“É o que me faz feliz em acordar todos os dias de manhã e saber que estou fazendo o trabalho certo, em levar a tecnologia a sério dentro da educação como um meio, e não como um fim”, concluiu Munaro.
 

Newsletter
Quer apoiar nossa causa?
Cadastre nome e e-mail e aguarde nosso contato.
preload
2018 - 2019. Fundação Odebrecht. Todos os direitos reservados.
Produzido por: Click Interativo - Agência Digital