12h46

Criação de tilápias no lago Antônio Rocha apresenta primeiros resultados

Mais de 100 pessoas prestigiaram, no dia 14 de janeiro, a despesca na unidade localizada em Ibirapitanga (BA)

Compartilhe
Tamanho do texto

Mais de 100 pessoas, de diversas comunidades da Área de Proteção Ambiental do Pratigi, prestigiaram, no dia 14 de janeiro, a despesca no lago Antônio Rocha, localizado no município de Ibirapitanga (BA). Foram obtidas mais de sete toneladas de tilápia, com pesos entre 800 e 1.100 gramas.

Foi a primeira e, por enquanto, única vez que uma metodologia de unidade demonstrativa de capacitação foi empregada no lago Antônio Rocha. Dois moradores do entorno foram selecionados para participar desta experiência. Adenilton Pereira do Nascimento, mais conhecido como Deninho, e Francisca Antônia de Araújo já realizaram duas despescas, sendo a primeira em dezembro, somando 11 toneladas de tilápia. De acordo com Jonathan Lima, Engenheiro de Pesca e técnico responsável pelo projeto, este número pode chegar a 13,5 t. Ainda segundo o engenheiro, esse resultado foi obtido por uma sinergia de fatores. “Além das condições favoráveis do lago para o cultivo, o compromisso e dedicação dos dois produtores foi determinante”, assegura.

 A atividade de despesca é considerada lucrativa na região, uma vez que a renda de um pequeno agricultor dificilmente chega a um salário mínimo. Já o cultivo da tilápia rende em média R$ 800,00 reais mensais (unidade mínima com dez tanques-rede, o que demanda três horas de trabalho por dia no máximo). "Não vou mais derrubar a mata para plantar mandioca e banana. Quero me dedicar ao cultivo de tilápia. Toma menos tempo e dá mais lucro”, garante o jovem Deninho. “Ainda tenho a oportunidade de continuar zelando a roça e quem sabe até voltar a estudar”, conclui.

A partir de agora serão iniciadas novas unidades para integração de outras famílias nesta ação. O projeto é fruto de uma parceria entre a Associação para Produção Sustentável (APS), Cooperativa Mista de Pescadores, Marisqueiros e Aquicultores do Baixo Sul da Bahia (Coopemar) e Associação Guardiã da APA do Pratigi (Agir).

Receba nossas novidades:
Basta informar seu nome e melhor e-mail!
preload
2018 - 2019. Fundação Odebrecht. Todos os direitos reservados.
Produzido por: Click Interativo - Agência Digital