16h26

Pedagogia da Alternância é tema de capacitação

Curso reúne monitores e educadores das Casas Familiares e Casa Jovem e fomenta debate sobre integração do ensino médio com a formação profissional

Compartilhe
Tamanho do texto

Para dar continuidade ao Plano de Formação que tem como foco refletir sobre a Pedagogia da Alternância, foi realizado, nos dias 8 e 9 de abril, na Casa Familiar Rural de Presidente Tancredo Neves (CFR-PTN), o curso Formação de Educadores Sociais – Concepções Sustentadoras e uma Proposta de Avaliação. Ministrado pelo Professor Alfredo Carlos Gomes da Costa, a capacitação propiciou para os monitores e educadores, que atuam nas Casas Familiares e Casa Jovem, um debate sobre a integração do ensino médio com a educação profissional, além de propor uma nova forma de avaliar os jovens tendo o trabalho como princípio educativo.

Encontros como esse têm sido realizados desde julho de 2009. Para Joana Almeida, Assessora Educacional da Fundação Odebrecht, o objetivo é que o corpo docente compreenda a prática junto aos educandos, embasados nos princípios da Educação para a Vida e pelo Trabalho. “São Professores, Agrônomos, Engenheiros de Pesca, Engenheiros Florestais e Pedagogos unidos em busca de uma didática que traduza a riqueza do aprendizado do campo e facilite a capacitação dos jovens”, afirmou.

As próximas edições estão previstas para acontecer no dia 7 de maio, no edifício sede da Odebrecht em Salvador, e 16 e 17 de julho no Centro Familiar de Formação por Alternância – CEFFA/CFR-PTN.

Newsletter
Quer apoiar nossa causa?
Cadastre nome e e-mail e aguarde nosso contato.
preload
2018 - 2019. Fundação Odebrecht. Todos os direitos reservados.
Produzido por: Click Interativo - Agência Digital