11h21

I Oficina sobre Trilha Interpretativa é realizada nas comunidades quilombolas de Boitaraca e Jatimane

Iniciativa foi desenvolvida a partir de projeto de fortalecimento da cultura e identidade local com o apoio do Instituto de Desenvolvimento Sustentável do Baixo Sul da Bahia

Compartilhe
Tamanho do texto

Para valorizar a identidade cultural das comunidades quilombolas de Jatimane e Boitaraca, localizadas no município de Nilo Peçanha (BA), foi realizada, no dia 29 de maio, a I Oficina sobre Trilha Interpretativa. Idealizado a partir do Projeto Fortalecendo as Raízes Quilombolas, desenvolvido pelas jovens Camila Neves e Pedrina Belém com o apoio do Instituto de Desenvolvimento Sustentável do Baixo Sul da Bahia (Ides), o evento aconteceu no Centro Cultural Mãe Maria – em Jatimane.

Planejamento, implantação e manejo de trilhas, com enfoque no ecoturismo, foram os temas abordados durante o encontro pelo turismólogo Eduardo Bruel. A oficina contou, também, com a presença do empresário Cláudio Lôpo, que descreveu suas experiências com trilha na Reserva Alto da Esperança, localizada em Itacaré (BA). Após a palestra os participantes caminharam no trajeto que liga as duas comunidades, com uma pausa para que expressassem suas expectativas e anseios.

“A ideia é ótima, espero que tenha sucesso e que possa trazer o desenvolvimento para esta região. Apoiarei no que for preciso”, assegurou Eduardo do Rosário, Presidente da Associação Comunitária dos Moradores de Jatimane. “Esse momento foi muito importante, espero que o projeto seja colocado em prática. Estou disposto a me doar de coração para fazer acontecer”, ressaltou Adilson do Rosário, morador de Boitaraca.

Para Pedrina e Camila, formadas pela Casa Familiar Agroflorestal, o momento trouxe a certeza de que os desafios podem ser superados.  “Estamos trilhando novos caminhos e oportunidades de desenvolvimento local”, afirmou Pedrina. “Este resgate transformará a realidade da região, fomentando a sustentabilidade intelectual, ambiental e cultural”, completou Camila.

Participaram do encontro: Adriana Aranha, Assessora Especial do Fome Zero; Liliana Leite, Diretora Executiva do Ides; Lideranças Comunitárias e membros dos grupos culturais Boca de Lata, Zambiapunga e Flor de Serinhaém.
 

Newsletter
Quer apoiar nossa causa?
Cadastre nome e e-mail e aguarde nosso contato.
preload
2018 - 2019. Fundação Odebrecht. Todos os direitos reservados.
Produzido por: Click Interativo - Agência Digital