00h25

Parcerias contribuem para aumentar renda de produtores de peixe

Juntas, Qualimar e Noronha Pescados viabilizarão venda mínima de mais de 24 toneladas de tilápia por mês

Compartilhe
Tamanho do texto

A Cooperativa Mista de Marisqueiros, Pescadores e Aquicultores do Baixo Sul da Bahia (Coopemar) está comemorando as parcerias firmadas nos últimos meses. “Este é um marco para a Coopemar”, garantiu Marcelo Costa, líder da Aliança Cooperativa da Aquicultura, na assinatura de contrato comercial com a Noronha Pescados, que viabilizará a venda mínima de oito toneladas de tilápia por mês.

“Vejo ótimas possibilidades com esta oportunidade que se consagra. Torço para que dê certo, pois a oferta de pescado marinho está escassa”, afirmou Guilherme Blanke, Diretor da Noronha Pescados. Entre tilápias, salmões, atuns, camarões e outras diversas espécies, a empresa comercializa cerca de seis mil toneladas por ano e conta com mais de dois mil clientes em todo Brasil.

Para possibilitar a produção de filé e comercializar um produto de maior valor agregado, a Cooperativa assinou um contrato de prestação de serviço com a Qualimar Pescados. A produção será escoada pela Cooperativa e terá também o apoio da Qualimar, permitindo a partilha de lucro. De acordo com Luciano Freitas, Diretor Presidente da Coopemar, o objetivo é de remunerar bem os integrantes e contribuir para o desenvolvimento integrado e sustentável do Baixo Sul. “Nosso empenho estará em garantir a continuidade desta parceria”, assegurou Freitas.

Segundo Fernando Carvalho, gerente comercial da Qualimar, o foco social e envolvimento das famílias rurais é um diferencial. “Atendemos redes de supermercado em diversas partes do Brasil, com públicos exigentes e atentos a produtos sustentáveis”, ressaltou. 

 Coopemar em ação

Desde o mês de junho é possível conhecer as novidades da Cooperativa, por meio do boletim informativo: “Cooperação – Coopemar em ação”. Este novo canal de comunicação, de circulação bimestral, foi elaborado para levar informações aos integrantes, parceiros e comunidade. O informativo é impresso em papel reciclado e a cada edição mudas de árvores serão plantadas para compensar a emissão de carbono gerada com a produção do material.

Receba nossas novidades:
Basta informar seu nome e melhor e-mail!
2018 - 2019. Fundação Odebrecht. Todos os direitos reservados.
Produzido por: Click Interativo - Agência Digital