15h04

Oficinas educativas são realizadas para incentivar fortalecimento de cultura local

Foco é aproximar população dos patrimônios da região e estimular a produção de material de pesquisa sobre o tema

Compartilhe
Tamanho do texto

Propor um plano turístico sustentável e capacitar lideranças comunitárias que contribuam para a promoção desta atividade, é um dos desafios do Instituto de Desenvolvimento Sustentável do Baixo Sul da Bahia (Ides). Para isso, o Ides está realizando, por meio do Projeto Rede de Turismo, uma série de oficinas educativas, denominadas "Patrimônio Vivo, Patrimônio da Gente", desde abril de 2010. Fortalecer a cultura e aproximar a população dos patrimônios locais, além de estimular a produção de material de pesquisa sobre o tema é o foco desta iniciativa.

Para Camilla Ventura, mobilizadora de Barra de Carvalhos e educanda da Casa Familiar do Mar, município de Nilo Peçanha (BA), esses encontros estão permitindo a troca de experiências com outras tradições. “É uma maneira de contribuir para que as futuras gerações conheçam os patrimônios”, destaca. “Alguns colegas faziam críticas e afirmavam que a fachada da minha casa parecia uma igreja. Por falta de conhecimento a destruí. Espero que esse tipo de coisa não aconteça mais”, desabafa Janildo Prazeres, morador de Vila de Santo André – Ituberá (BA).

Ao todo, 15 oficinas serão realizadas. O projeto está contando com o apoio das prefeituras de Nilo Peçanha, Ituberá, Cairu, Igrapiúna e Valença; Associação dos Municípios do Baixo Sul da Bahia; Instituto do Patrimônio Artístico e Cultural da Bahia; Secretaria de Cultura da Bahia; Diretoria Regional de Educação; Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional e associações comunitárias.

Receba nossas novidades:
Basta informar seu nome e melhor e-mail!
preload
2018 - 2019. Fundação Odebrecht. Todos os direitos reservados.
Produzido por: Click Interativo - Agência Digital