18h26

Coopalm recebe Prêmio Cooperativa do Ano 2010

Cerimônia realizada no dia 26 de outubro reuniu cerca de 450 pessoas, em Brasília, para prestigiar os 12 vencedores em diferentes categorias

Compartilhe
Tamanho do texto

A Cooperativa dos Produtores de Palmito do Baixo Sul da Bahia (Coopalm) comemora a conquista do Prêmio Cooperativa do Ano 2010. A cerimônia, realizada no dia 26 de outubro, reuniu cerca de 450 pessoas, em Brasília, para prestigiar os 12 vencedores. Ao todo, foram avaliados 114 projetos, inscritos por 91 cooperativas.

Reconhecida na categoria “Gestão para a Qualidade”, a Coopalm foi representada por Raimundo dos Santos, seu presidente, e Luís Carlos Pereira, líder da Aliança Cooperativa do Palmito. “Estamos felizes e orgulhosos com esta conquista. Queremos oferecer ao consumidor produtos de qualidade certificada e contribuir para a inclusão social de famílias agrícolas”, ressalta Raimundo. Para Luís Carlos, “este prêmio é a coroação de um trabalho realizado com disciplina e organização”.

Criada em 2004, a Coopalm se propõe a orientar técnica e financeiramente os agricultores familiares que cultivam palmito de pupunha e hoje agrega 486 cooperados. Sob a marca Cultiverde, o palmito ecológico é líder de mercado no Nordeste, segundo mais vendido em São Paulo e quarto no Brasil.

Em sua sétima edição, o Prêmio Cooperativa do Ano reconhece iniciativas pautadas na inovação, criatividade e eficiência, além de torná-las referências para o setor. É realizado anualmente pela Organização das Cooperativas Brasileiras (OCB), Serviço Nacional de Aprendizagem do Cooperativismo (Sescoop) e revista Globo Rural, da Editora Globo. A premiação contempla ainda projetos de cooperativas agropecuárias nas categorias “Educação cooperativista”, “Desenvolvimento Sustentável”, entre outras.

No mês de outubro, a Coopalm comemorou também o pedido histórico realizado pelo Grupo Pão de Açúcar de 23 mil caixas de palmito para abastecer suas lojas.

Aliança Cooperativa do Palmito
A Aliança Cooperativa do Palmito é composta por unidades-família organizadas em Cooperativa, supridoras de matérias-primas em quantidade e com qualidade; a Ambial, indústria prestadora de serviço que concebe o produto final qualificado e certificado; Parceiros Sociais como o Pão de Açúcar, Extra, Walmart (Sudeste e Nordeste), GBarbosa (Nordeste) e Perini e Ebal (Bahia), que disponibilizam suas gôndolas para venda dos produtos; o Consumidor, parceiro e consciente, e ainda a Casa Familiar Rural de Igrapiúna, que fecha o ciclo contribuindo para a formação dos cooperados do amanhã.
 

Receba nossas novidades:
Basta informar seu nome e melhor e-mail!
2018 - 2019. Fundação Odebrecht. Todos os direitos reservados.
Produzido por: Click Interativo - Agência Digital