09h10

Integrar para crescer

Evento reúne monitores em Valença para salientar a importância do conceito da educação pelo trabalho

Compartilhe
Tamanho do texto

Fazer com o jovem, entendendo-o como parte da solução e não como um problema. Essa foi a mensagem reforçada na reunião de integração entre os monitores e assessores pedagógicos, atuais e novatos, das Casas Familiares Rurais de Presidente Tancredo Neves (CFR-PTN), de Igrapiúna (CFR-I), Agroflorestal de Nilo Peçanha (Cfaf) e Casa Jovem. O encontro foi realizado na sede do Tiro de Guerra, em Valença (BA), no dia 18 de fevereiro.

O evento iniciou com a cerimônia de hasteamento da bandeira e o cantar do hino nacional brasileiro conduzido pelo Sargento Júnior. Logo após, foram feitas as devidas apresentações dos educadores, ressaltando cada um a atividade que realiza e em qual instituição está envolvido. Em seguida, Mauricio Medeiros e Waldeck Ornélas, respectivamente, Presidente Executivo e Vice-Presidente (Área Socioeducacional) da Fundação Odebrecht, ministraram palestras que enfatizaram a importância de enxergar o jovem como um verdadeiro protagonista no desenvolvimento da região.

Para Joelma Sena, selecionada para atuar na Assessoria Pedagógica da CFR-I, os primeiros contatos com os alunos têm sido gratificantes. “Eles demonstram muita força de vontade, muita garra e percebem a intenção do trabalho, compreendendo que estão contribuindo para seu desenvolvimento pessoal”, afirma.

Ao final, foram entregues certificados aos monitores que participaram do curso Formação do Corpo Docente das Unidades de Ensino, entre julho de 2009 a setembro de 2010, que abordou os conceitos essenciais à prática da Pedagogia da Presença e da Alternância associados à educação do campo. Também ocorreu uma visita às instalações da Construir Melhor, sob guia do Líder Educador, Christophe Houel.

“Eventos como esse são importantes para os educadores, tanto os experientes quanto os novos, a fim de promover uma linguagem única, adaptada às realidades locais”, ressalta Quionei Araújo, monitor da CFR-PTN. Já Admilson de Santana Sacramento, Engenheiro Agroflorestal e profissional escalado para atuar na Cfaf, não hesita em afirmar que está “disposto a contribuir para fazer o Programa crescer cada vez mais no decorrer de sua caminhada”.

Seleção
Os novos profissionais de educação foram identificados por meio de um processo seletivo, com duração de três meses, sob avaliação de Joana Almeida, Coordenadora Pedagógica da Fundação Odebrecht, e Telma Mascarenhas da Colabore Consultoria. A seleção contemplou seis etapas: análise de currículo, ficha de inscrição, entrevistas individuais, dinâmica de grupo, estágios de vivência e visitas institucionais.

Os selecionados se destacaram por se adequarem ao perfil de um educador da área rural que se propõe a contribuir com o Programa Integrado e Sustentável do Mosaico de Áreas de Proteção Ambiental do Baixo Sul da Bahia (PDIS). Dentre as qualificações, enfatizam-se identificação com o projeto como um todo; compreender, aceitar e praticar a Pedagogia da Presença e os princípios do Protagonismo Juvenil; ter sensibilidade e espírito de servir; apresentar curiosidade intelectual; morar na região ou disponibilidade para se transferir; e dedicar-se exclusivamente ao Programa, desenvolvendo um Plano de Trabalho com prazos e resultados pactuados.

“A formação profissional técnica ofertada pelas Casas Familiares Rurais e Casa Jovem convergem com o anseio nacional pela qualidade da educação, criando oportunidades de acesso dos educandos ao conhecimento e geração de trabalho e renda”, complementa Joana Almeida.
 

Receba nossas novidades:
Basta informar seu nome e melhor e-mail!
preload
2018 - 2019. Fundação Odebrecht. Todos os direitos reservados.
Produzido por: Click Interativo - Agência Digital