10h19

Multiplicando conhecimento

Dia Internacional do Livro é comemorado no Baixo Sul da Bahia com evento realizado pelas instituições educacionais ligadas ao PDIS

Compartilhe
Tamanho do texto

Um a um, os jovens foram surgindo. De diferentes pontos, os multiplicadores do Círculos de Leitura recitavam poesias e surpreendiam o público. Ao final, Sabina Rita, coordenadora da apresentação, convidou os participantes a declamarem os versos que conhecessem. Para ela, brincar com as palavras é o mesmo que brincar com bonecas ou bolas. “Espero hoje ter transmitido a essas pessoas a importância do livro”, diz a ex-aluna da Casa Familiar Rural de Igrapiúna.

Esta foi uma das atividades realizadas em comemoração ao Dia Internacional do Livro, celebrado no dia 23 de abril, porém comemorado na região do Baixo Sul no dia 27, em uma ação simultânea nos municípios de Igrapiúna, Ituberá, Nilo Peçanha, Ibirapitanga e Presidente Tancredo Neves. O evento foi coordenado pelas Casas Familiares e Casa Jovem - unidades de ensino ligadas ao Programa de Desenvolvimento Integrado e Sustentável do Mosaico de Áreas de Proteção Ambiental do Baixo Sul da Bahia (PDIS), instituído pela Fundação Odebrecht - e contou com o apoio das prefeituras, secretarias e escolas municipais, além do Exército Brasileiro, Serviço Social da Indústria (Sesi), entre outros. Outras instituições que fazem parte do PDIS, como Instituto Direito e Cidadania (IDC), Organização de Conservação de Terras (OCT), Associação Guardiã da APA do Pratigi (Agir), Instituto de Desenvolvimento Sustentável do Baixo Sul da Bahia (Ides) e Cooperativas (Coopalm, Cooprap, Coopatan e Coopecon), também participaram da comemoração.

"Estas ações, fomentadas pelo PDIS no Baixo Sul, têm proporcionado um importante intercâmbio junto à comunidade e, principalmente, entre os alunos da rede municipal e Casas Familiares", garante Janice Andrade, Secretária Municipal de Educação de Presidente Tancredo Neves.

Com o tema “A importância da leitura na construção do conhecimento”, foram realizadas pelos jovens apresentações sobre a história do livro e sua relevância na evolução da sociedade. Aconteceu, ainda, a premiação do concurso de redação proposto para os alunos das escolas municipais. Em Ituberá, a vencedora foi Karens Alana, de 13 anos. “Sou apaixonada pela leitura. Ela nos acompanha em qualquer lugar”, assegura.

De acordo com a professora de português, Edilene Conceição, de Igrapiúna, é significante a influência dos livros na vida do ser humano. “A mensagem que está sendo levada para os jovens fará com que eles voltem para a sala de aula com outra visão”, afirma. Segundo o Secretário de Educação de Ituberá, Ezenilton Carvalho, “é também por meio da leitura que formamos pessoas capazes de transformar suas comunidades”.

Para a jovem Yasmin Santos, de 10 anos, a leitura traz mais que conhecimento. Proporciona diversão e a faz viajar pelo mundo. “Quando estou lendo, me imagino como se estivesse dentro de um livro”, conta a moradora de Nilo Peçanha.

Saiba mais sobre o Círculos de Leitura

O Círculos de Leitura utiliza uma metodologia que permite o desenvolvimento do gosto pela leitura, capacidade de escrita, expressão, contextualização e reflexão a respeito de princípios e valores essenciais à formação de cidadãos e jovens lideranças. O projeto é apoiado pelo Programa Tributo ao Futuro. Jovens multiplicadores aplicam o método nas Casas Familiares, Casa Jovem e em outros ambientes, como escolas públicas municipais e associações comunitárias.

Receba nossas novidades:
Basta informar seu nome e melhor e-mail!
preload
2018 - 2019. Fundação Odebrecht. Todos os direitos reservados.
Produzido por: Click Interativo - Agência Digital