14h30

Ex-alunos se reúnem em mais um encontro da Comunidade dos Formados

Na ocasião, propostas foram apresentadas pelos participantes, que buscam reafirmar o papel de empresários rurais

Compartilhe
Tamanho do texto

Fortalecer o vínculo entre os ex-alunos das unidades de ensino ligadas ao Programa de Desenvolvimento Integrado e Sustentável do Mosaico de Áreas de Proteção Ambiental do Baixo Sul da Bahia (PDIS) - Casas Familiares, Colégio Estadual Casa Jovem e Construir Melhor. Esse foi um dos objetivos do II Encontrão da Comunidade dos Formados nos dias 21 e 22 de maio na Casa Jovem, em Igrapiúna (BA).

O evento reuniu mais de 60 jovens que participaram ativamente das discussões para aprovação do Estatuto Social, documento que apresenta as diretrizes de funcionamento da Comunidade. “O encontro foi muito produtivo. Todos os presentes opinando e questionando. Acredito que o Estatuto se constitui como um marco para nós”, reitera Jeane Oliveira, 23 anos, Diretora Presidente da Comunidade e ex-aluna da Casa Familiar Rural de Presidente Tancredo Neves (CFR-PTN).

Durante a programação, o consultor Carlos Claro ministrou a palestra “Empresariamento Rural e Cooperativismo”, na qual buscou enfatizar como melhor se inserir no processo produtivo. “Os formados das casas familiares precisam se associarem a um modelo de inclusão social que se apoia em princípios de participação democrática, que são as cooperativas”, reforça.

Logo depois, os participantes discutiram propostas que visam fortalecê-los como jovens empresários, tais como prestar assistência técnica para os cooperados, intercâmbio de estágio entre as Casas Familiares, formação continuada e realização de encontros com as comunidades. “Para que nossos objetivos dêem certo, é preciso força de vontade, garra, dedicação e oportunidade. Assim, poderemos reafirmar nosso potencial de protagonista, de multiplicador do conhecimento”, opina Camila Ventura, 22 anos, formada pela Casa Familiar das Águas.

Já Marcos Nunes, 23 anos, formado pela CFR-PTN e que trabalha na área de Assistência Técnica da Cooperativa de Produtores Rurais de Presidente Tancredo Neves, complementa que “deve-se pensar em melhores alternativas para se desenvolver, levando sempre em consideração o trabalho coletivo. Assim, se satisfaz o cliente e todos crescem juntos”.

Sobre a Comunidade
Promover a prática do trabalho em rede, estimulando o desenvolvimento de ações que contribuam para o crescimento da região, além de oferecer para os participantes a chance de dar continuidade à formação são os objetivos da Comunidade dos Formados. Com apoio da Fundação Odebrecht, por meio do PDIS, a iniciativa vem se desenvolvendo e estruturando sua atuação.

“Sinto-me privilegiado por fazer parte da equipe e ver que mais colegas estão se envolvendo e se capacitando. Isso nos beneficia, pois precisamos desse apoio e acompanhamento após a formação”, salienta Odilon Machado, 23 anos, ex-aluno da CFR-PTN que atualmente é supervisor e multiplicador do projeto Círculos de Leitura.
 

Receba nossas novidades:
Basta informar seu nome e melhor e-mail!
preload
2018 - 2019. Fundação Odebrecht. Todos os direitos reservados.
Produzido por: Click Interativo - Agência Digital