09h01

Consultor Especializado da Petrobras Biocombustível visita Aliança Cooperativa do Amido

Acompanhado por professor da UFRB, Engenheiro Agrônomo esteve em Laje (BA) para estudar a viabilidade do cultivo de oleaginosas nas propriedades dos associados da Coopamido

Compartilhe
Tamanho do texto

Estudar a viabilidade do cultivo de oleaginosas como alternativa de rotação de culturas entre os ciclos de plantio da mandioca nas propriedades dos associados da Cooperativa dos Produtores de Amido de Mandioca do Estado da Bahia (Coopamido). Este foi o foco da visita realizada, no dia 10 de junho, pelo Engenheiro Agrônomo e Consultor na Área de Biocombustível da Petrobras, Guilherme Lopes, e pelo professor do Departamento Agrícola da Universidade Federal do Recôncavo da Bahia (UFRB), Marcos da Silva.

As oleaginosas são vegetais que possuem óleos e gorduras que podem ser utilizados na produção de biocombustíveis. Na Fazenda Novo Horizonte (Laje - BA), sede da Coopamido e Bahiamido, que correspondem aos setores primário e secundário, respectivamente, da Aliança Cooperativa do Amido, a proposta é desenvolver o cultivo de girassol. “Caso seja comprovada a viabilidade técnica e econômica dessa prática, a iniciativa promoverá o desenvolvimento regional, pois será mais uma alternativa de renda para as unidades-família, além de favorecer a recuperação e uso racional dos solos”, destaca Anselmo Selhorst, Líder da Aliança.

De acordo com Selhorst, a interação com a UFRB já promove uma troca de experiências entre os agricultores e alunos da universidade e a possibilidade de estender a parceria com a Petrobras só aumentaria os benefícios. “O intercâmbio em conjunto com a disseminação de novas tecnologias no campo, agregam valor aos produtores e a formação prática dos futuros profissionais”, acredita.

Receba nossas novidades:
Basta informar seu nome e melhor e-mail!
2018 - 2019. Fundação Odebrecht. Todos os direitos reservados.
Produzido por: Click Interativo - Agência Digital