08h57

Baixo Sul recebe mais uma Indústria do Conhecimento

Para ampliar o acesso à informação, projeto do Sesi que viabiliza a instalação de centros multimídia em municípios de baixa renda foi implantado em Igrapiúna (BA)

Compartilhe
Tamanho do texto

Ampliar o acesso à informação, estimulando práticas de leitura e pesquisa. É o que busca o projeto Indústria do Conhecimento (IC), uma iniciativa do Serviço Social da Indústria (Sesi), lançada em 2006, que viabiliza a instalação de centros multimídia em municípios de baixa renda. No dia 12 de julho, foi a vez do Colégio Estadual Casa Jovem (CECJ), localizado em Igrapiúna (BA), comemorar a inauguração de sua unidade.

A comunidade poderá utilizar gratuitamente todo o acervo de livros, periódicos, vídeos, DVDs e internet, além de participar de inúmeras atividades de lazer e cidadania. “Encontramos uma diversidade de publicações e ainda temos acesso a computadores”, comemora a educanda do CECJ, Viviane dos Santos, de 15 anos. Queila de Jesus, 15 anos, também aluna dessa unidade de ensino, só vê benefícios. “É um lugar onde podemos nos concentrar para fazer leituras e trabalhos”, afirma.

Esse é o terceiro centro implantado no Baixo Sul. Outras duas unidades foram inauguradas em outubro de 2010. Uma também em Igrapiúna, na Casa Familiar Rural, e outra em Valença (BA), anexa ao Construir Melhor – ambas as instituições, assim como o CECJ, integram o Programa de Desenvolvimento Integrado e Sustentável do Mosaico de Áreas de Proteção Ambiental do Baixo Sul da Bahia (PDIS), apoiado pela Fundação Odebrecht.

A IC é fruto de uma parceria firmada entre o Sesi, Colégio Estadual Casa Jovem, poder municipal e a Fundação Odebrecht. “Esta parceria tem gerado excelentes resultados e oferecido uma formação diferenciada aos jovens da nossa comunidade”, garante Edmundo Dócio, Prefeito de Igrapiúna. Wagner Fernandes, Superintendente de Planejamento e Monitoramento do Sesi, ressalta que a educação é a base para o desenvolvimento. “Essas alianças são fundamentais. Sem dúvida o beneficio se converte para a comunidade”, destaca.

O evento contou ainda com a presença de Osvaldo Barreto, Secretário da Educação da Bahia; Clovis Caribé, Assessor do Secretário da Educação; Flordolina Andrade, Diretora da Direc 05 - Diretoria Regional de Educação da Bahia; Norberto Odebrecht e Mauricio Medeiros, respectivamente Presidente do Conselho de Curadores e Presidente Executivo da Fundação Odebrecht, além de representantes do Exército Brasileiro e do poder público municipal.

Nova Parceria
Durante a inauguração da Indústria do Conhecimento, foi assinado um Acordo de Cooperação Técnica entre o Consórcio Intermunicipal da Área de Proteção Ambiental do Pratigi (Ciapra), a Organização da Sociedade Civil de Interesse Público Casa Jovem e o Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (Senai), com interveniência da Fundação Odebrecht.

A parceria busca integrar essas instituições de forma a promover o intercâmbio técnico, científico e educacional no Baixo Sul da Bahia. “Vislumbramos uma série de possibilidades na área da indústria de alimentos e de construção civil com a assinatura desse termo”, ressaltou Leone Peter Andrade, Diretor Regional do Senai.

Receba nossas novidades:
Basta informar seu nome e melhor e-mail!
preload
2018 - 2019. Fundação Odebrecht. Todos os direitos reservados.
Produzido por: Click Interativo - Agência Digital