17h52

PDIS é apresentado em reunião com Delegação da União Europeia

O Programa busca construir um modelo de desenvolvimento sustentável passível de ser reaplicado em outros lugares do País e do mundo

Compartilhe
Tamanho do texto

Conhecer as ações ligadas ao Programa de Desenvolvimento Integrado e Sustentável do Mosaico de Áreas de Proteção Ambiental do Baixo Sul da Bahia (PDIS), que buscam tornar próspera e dinâmica uma área rural com grande patrimônio ambiental. Esse foi o foco de reunião realizada com a Delegação da União Europeia no Brasil em sua sede, em Brasília (DF), no dia 18 de outubro.

Com a presença de Mauricio Medeiros e Waldeck Ornélas, Presidente Executivo e Vice-Presidente da Área de Planejamento e Educacional da Fundação Odebrecht, respectivamente, o encontro teve como tema Cooperação para o Desenvolvimento. Representantes de algumas nações que têm embaixadas no País, como Alemanha, Bélgica, Chipre, Dinamarca, República Eslovaca, Irlanda, Itália, Polônia, Portugal, Reino Unido e Suécia participaram da reunião.

Durante a apresentação, Medeiros relatou que, desde 1999, a Fundação Odebrecht atua no Baixo Sul, mas em 2003, consolidou a proposta do programa que desenvolve atualmente. O PDIS, que traz como foco a educação para o jovem e sua interação com a família, visa transformar a realidade de comunidades rurais. Em seguida, completou que as instituições ligadas ao PDIS promovem o desenvolvimento de quatro capitais: Produtivo - com a implantação de alianças cooperativas estratégicas para geração de trabalho e renda; Humano – representado por centros educacionais que contribuem para a formação de jovens lideranças; Social - com iniciativas que fomentam o respeito à cultura local e permitem a construção de uma sociedade mais justa e solidária; e Ambiental – com atividades que priorizem a recuperação e conservação dos recursos naturais. Segundo Medeiros, “o resultado levará, certamente, a um modelo de desenvolvimento sustentável passível de reaplicação em outras regiões da Bahia, do Brasil e do mundo”.

O Programa conta com parceiros do poder público (em suas instâncias Federal, Estadual e Municipal), da iniciativa privada e da sociedade civil, movidos pelo desejo de realizar um nobre objetivo: a estruturação de uma classe média rural, protagonista de seu próprio destino. “Não chegamos a lugar algum sozinhos. Com nossas parcerias, encontramos a sinergia que demonstra ser possível fazer do Brasil um lugar mais justo”, finaliza Medeiros.

Receba nossas novidades:
Basta informar seu nome e melhor e-mail!
preload
2018 - 2019. Fundação Odebrecht. Todos os direitos reservados.
Produzido por: Click Interativo - Agência Digital