08h37

Missão cumprida

Solenidade marca conclusão de curso da primeira turma da Escola de Instrução Militar e encerramento das atividades de 2011

Compartilhe
Tamanho do texto

A conclusão de uma etapa, além da sensação de dever cumprido, sempre desperta novos sonhos. É assim para os 30 formandos da primeira turma da Escola de Instrução Militar (EsIM), localizada em Igrapiúna (BA), anexa ao Colégio Estadual Casa Jovem (CECJ). Para eles, o fim do curso não representa apenas o término de uma formação, mas uma experiência que será levada por toda vida. “Tornei-me uma pessoa diferenciada. Tenho mais responsabilidade e compromisso com meus estudos. Aprendi também valores como o civismo, cidadania e patriotismo. Pretendo agora dar continuidade a carreira militar”, conta o educando Jailson dos Santos, 19 anos, durante a solenidade que marcou o encerramento da turma e das atividades de 2011.

Durante o evento, que aconteceu no dia 7 de dezembro, os novos reservistas de 2ª categoria – aqueles formados para desempenharem tarefas no âmbito da defesa territorial e civil, caso o país entre em guerra ou diante de uma calamidade pública – realizaram o Compromisso à Bandeira. O ato formaliza a dispensa, mas indica que, apesar de não fazer parte do quadro de recrutas, o jovem, até completar 45 anos, ainda poderá ser convocado pelo Exército Brasileiro.

Alguns alunos receberam ainda diplomas de honra ao mérito por bom desempenho, comportamento exemplar e destaque em atividades desenvolvidas ao longo do treinamento. “Aprendemos a ser pessoas melhores, mais disciplinadas tanto na vida pessoal quanto na profissional. Carregaremos para sempre o espírito de corpo e companheirismo, reforçando o respeito ao próximo”, garante Ueslei Nascimento, 17 anos, jovem reconhecido como melhor atirador de combate.

Na ocasião, estiveram presentes o General de Divisão Gonçalves Dias, Comandante da 6ª Região Militar – que compreende os estados da Bahia e Sergipe –, o Prefeito de Igrapiúna, José Edmundo Seixas Dócio, o Presidente Executivo e o Vice-Presidente da Fundação Odebrecht, respectivamente, Mauricio Medeiros e Waldeck Ornélas, além da comunidade local.

A implantação da EsIM é fruto de um Acordo de Cooperação assinado no dia 27 de setembro de 2010 entre o Exército Brasileiro, a Secretaria da Educação do Estado da Bahia, a Organização da Sociedade Civil de Interesse Público (Oscip) Casa Jovem e a Fundação Odebrecht.

Receba nossas novidades:
Basta informar seu nome e melhor e-mail!
preload
2018 - 2019. Fundação Odebrecht. Todos os direitos reservados.
Produzido por: Click Interativo - Agência Digital