09h06

Seminário discute avaliação educacional

Encontro estimula debate e reflexões acerca do papel do educador. Representantes do poder público e de unidades de ensino ligadas ao PDIS estiveram presentes

Compartilhe
Tamanho do texto

Um momento para refletir sobre o processo educacional aplicado no Brasil. Essa foi a experiência vivida pelos participantes do Seminário Os avanços da avaliação no século XXI: uma avaliação de ponta e não de pontos, realizado nos dias 30 e 31 de março. O evento aconteceu em dois momentos, sendo que a programação se iniciou no Centro de Cultura Olívia Barradas, em Valença (BA), e foi finalizada na Casa Familiar Rural de Presidente Tancredo Neves (CFR-PTN), localizada na Fazenda Novo Horizonte. Estavam presentes os educadores de unidades de ensino do Baixo Sul da Bahia - rede estadual e municipal - e das casas familiares rurais ligadas ao Programa de Desenvolvimento Integrado e Sustentável do Mosaico de Áreas de Proteção Ambiental do Baixo Sul da Bahia (PDIS).

Em Valença, as atividades da manhã foram coordenadas por Flordolina Andrade, Diretora da Direc-5 - Diretoria Regional de Educação – e Joana Almeida, Assessora Educacional da Fundação Odebrecht. Após os pronunciamentos de boas-vindas, a professora convidada, Thereza Penna, Coordenadora do Centro de Avaliação da Fundação Cesgranrio, ministrou uma palestra sobre o tema do Seminário. Dessa forma, os participantes foram estimulados a discutir a melhor forma de conduzir uma avaliação educacional, os mitos que rondam a questão e os avanços sobre o assunto ao longo do tempo. Essas reflexões tiveram como enfoque a importância da formação do educador e a sua relação com os educandos. “Não vá atrás de mim que posso não guiá-lo. Não vá na minha frente que posso não segui-lo. Vá ao meu lado”, ilustrou Thereza. Neste momento, estiveram presentes representantes do poder público estadual.

O segundo momento do evento, agora na CFR-PTN, foi marcado pelas comemorações iniciais ao ano em que a Casa completará uma década de história. “Saudamos o grande dia em que hoje comemoras. Seja a casa onde mora, a morada da alegria, o refúgio da ventura...” (trecho da canção “Saudamos o Grande Dia”, do músico brasileiro Heitor Villa-Lobos). Estes versos foram entoados por Thereza, como homenagem à CFR-PTN. Já Fernanda Silva, formada pela Casa e atual Diretora de Produção e Inovação Tecnológica, rememorou: “Fiz parte da primeira turma e, na época, sonhávamos com algo muito bonito e produtivo. Dessa forma, persistimos para tornar esse sonho real”. Josué Paulo, prefeito de Presidente Tancredo Neves, também fez sua homenagem afirmando que “são grandes os benefícios que a Casa Familiar trouxe para a população e os profissionais da agricultura que forma a cada ano”. Para finalizar as atividades do dia, foi realizado um diálogo com os presentes sobre os temas Avaliação Apreciativa e Inclusiva e as Múltiplas Inteligências.

Na manhã seguinte, a palestra “Um olhar sobre as nossas práticas na Pedagogia da Alternância” concluiu a programação do Seminário. Ao fim da explanação, Thereza coordenou uma avaliação conjunta sobre as discussões feitas durante os dois dias. “Fomos provocados a compreender melhor a função social da escola, que tem o propósito de inserir as pessoas no processo educativo e não excluí-las. E a questionar: que tipo de avaliação tem sido construído ao longo desses anos no Brasil?”, reforça Flodorlina. “Estou agradecida pela honra de ter participado desse Seminário e convivido com tão nobre missão, vivenciada por comprometidos educadores e estudantes”, pontua Thereza.

Receba nossas novidades:
Basta informar seu nome e melhor e-mail!
preload
2018 - 2019. Fundação Odebrecht. Todos os direitos reservados.
Produzido por: Click Interativo - Agência Digital