08h43

Baixo Sul é retratado no I Salão Baiano de Turismo

Dentre os aspectos culturais divulgados, destacam-se artesanato de piaçava da Cooprap, culinária da comunidade quilombola de Jatimane e apresentação do grupo Zambiapunga

Compartilhe
Tamanho do texto

Os principais atrativos da região do Baixo Sul da Bahia - paisagens naturais, gastronomia e artesanato - se tornaram mais conhecidos para os soteropolitanos depois da realização do I Salão Baiano de Turismo entre os dias 17 e 19 de maio no Centro de Convenções, em Salvador (BA). O Instituto de Desenvolvimento Sustentável do Baixo Sul da Bahia (Ides), a Cooperativa das Produtoras e Produtores Rurais da Área de Proteção Ambiental do Pratigi (Cooprap) e a Cooperativa dos Aquicultores de Águas Continentais (Coopecon) foram algumas das instituições locais que marcaram presença no evento.

O filé de tilápia produzido pelos associados da Coopecon foi um dos destaques nas receitas preparadas na Cozinha Show, um espaço-estande montado pela Associação Brasileira de Bares e Restaurantes, que permitiu aos participantes aprenderem várias dicas de culinária e degustarem, gratuitamente, os pratos ensinados. “O sabor leve do filé agradou muito aos nossos colaboradores e ao público que visitou nosso estande”, afirmou Carlos Motta, chefe de cozinha e curador da Cozinha Show.

Já o Ides, em parceria com a Secretaria de Turismo de Cairu, apoiou a organização do estande Costa do Dendê - onde foram expostos o artesanato feito com fibra de piaçava da Cooprap e iguarias da região -, e contribuiu para a presença do Restaurante Pedro Sorriso da comunidade quilombola de Jatimane, localizada em Nilo Peçanha (BA), no evento. Na oportunidade, também foi exibido o documentário Baixo Sul – Olhares Diversos, especial já veiculado pela TV Educativa da Bahia (TVE) em abril deste ano.

As cores da região
Uma das atrações da programação do I Salão Baiano de Turismo foi o grupo cultural Zambiapunga que, com suas canções e roupas coloridas, se apresentaram nas cerimônias de abertura e encerramento do evento, representando uma das manifestações culturais mais importantes da região do Baixo Sul da Bahia. “Nossa participação foi fundamental, pois pudemos divulgar nossa cultura, que é tão rica”, ressalta Valmorio Rosário, Presidente do grupo. Samba de roda e Marujada foram outras manifestações baianas que desfilaram durante o evento. Shows de artistas locais e exposições também foram contemplados na agenda.

O Salão recebeu cerca de 10 mil visitantes nos três dias e reuniu autoridades do Poder Público, como o Ministro do Turismo, Gastão Vieira, o Governador do Estado da Bahia, Jaques Wagner, o Secretário de Turismo, Domingos Leonelli, e representantes dos municípios baianos. "Essa foi mais uma oportunidade para divulgarmos a nossa cultura e beleza natural e fomentar o desenvolvimento do nosso turismo”, pontuou Josinaldo Souza, Secretário de Cultura e Turismo de Nilo Peçanha.
Para Márcia Mattos, responsável pela Aliança Cooperativa de Turismo do Ides, o evento “possibilitou uma troca de conhecimentos entre os participantes sobre os produtos culturais e destinos turísticos”.

Receba nossas novidades:
Basta informar seu nome e melhor e-mail!
2018 - 2019. Fundação Odebrecht. Todos os direitos reservados.
Produzido por: Click Interativo - Agência Digital