11h13

Jovens das zonas urbana e rural se encontram para intercâmbio de culturas

Estudantes dos Colégios Militar de Salvador e Estadual Casa Jovem interagem em diferentes atividades. Dentre elas, a Semana do Dia do Soldado

Compartilhe
Tamanho do texto

Integração e troca de conhecimento. Essas são as palavras que definem a experiência vivida por estudantes do Colégio Estadual Casa Jovem (CECJ), de Igrapiúna (BA), e do Colégio Militar de Salvador (CMS), da capital baiana, entre os meses de julho e agosto. No mês passado, os jovens do CMS foram ao Baixo Sul da Bahia para coordenar a entrega de roupas, coletadas durante a Campanha do Agasalho 2012, a comunidades carentes da região. Além disso, visitaram as instalações do CECJ e doaram mais de 900 livros para a biblioteca da instituição.

Já entre os dias 23 e 25 de agosto, três estudantes da Casa Jovem vieram a Salvador para participar das comemorações da Semana do Dia do Soldado. A programação contemplou passagens pelo alojamento do CMS, para vivenciar a rotina dos jovens, e participação em apresentação pública em um shopping da cidade. Para esse evento, realizado no sábado, as educandas do CECJ recitaram poesias e clássicos da literatura brasileira, como As Duas Flores e Ouvir Estrelas, respectivamente, dos poetas Castro Alves e Olavo Bilac. Ao fundo, a banda musical do CMS acompanhava o recital. “Tanto a presença no evento quanto a oportunidade de fazer novas amizades foram experiências gratificantes. E isso eu vou levar para toda a vida”, expressou a jovem Jaqueline Correia da Silva, 15 anos, do CECJ.

Assim como Jaqueline, Juliane de Jesus e Taís Vilas Boas, as demais visitantes, são multiplicadoras do projeto Círculos de Leitura, atividade pedagógica que busca incentivar a leitura e compreensão de obras literárias de autores de todo o mundo. ”Depois que fui incentivada a apreciar diferentes livros, estou feliz por dar às pessoas o direito de ler também”, contou Juliane. Para Daniel Lima, primeiro-tenente aluno do Colégio Militar, a junção entre poesia e música nunca aconteceu nos eventos que participou. “A união entre essas duas formas de expressão foi o diferencial desta ação”, revelou. A banda militar finalizou a apresentação tocando um repertório de canções brasileiras de diferentes épocas.


Evento reuniu centenas de pessoas no sábado

Desdobramentos
De acordo com Coronel Salomão, subdiretor do Colégio Militar, os estudantes do CMS iniciaram este ano uma atividade de imersão no interior do Brasil e a escolha por conhecer a região do Baixo Sul da Bahia se deu por meio da parceria entre a Associação Guardiã da Área de Proteção Ambiental do Pratigi (Agir) e o Exército Brasileiro. A ideia é que essa integração, com jovens da zona urbana indo a comunidades da área rural e vice-versa, se fortaleça e torne possível a troca de culturas e vivências. “A meta é realizar trabalhos cognitivos, incentivando a comunicação entre os estudantes, seja por cartas, e-mails ou redes sociais”, explicou Coronel Salomão. Coronel Mansur, Comandante da Escola de Formação Complementar do Exército, ainda revelou que está prevista a realização de outros projetos para o mês de setembro, como campanhas do livro e do brinquedo, além de visitas a outras unidades de ensino da região.

 

Newsletter
Quer apoiar nossa causa?
Cadastre nome e e-mail e aguarde nosso contato.
preload
2018 - 2019. Fundação Odebrecht. Todos os direitos reservados.
Produzido por: Click Interativo - Agência Digital