15h01

Compartilhando experiências

Diferentes instituições aproveitam mês de outubro para conhecer iniciativas ligadas ao PDCIS. Em destaque, estudantes da Casa Familiar Rural de Presidente Tancredo Neves recebem Patrick Larragoiti, Presidente do Conselho da Sul América

Compartilhe
Tamanho do texto

O Programa de Desenvolvimento e Crescimento Integrado com Sustentabilidade do Mosaico de Áreas de Proteção Ambiental do Baixo Sul da Bahia (PDCIS) é uma iniciativa da Fundação Odebrecht em conjunto com poder público e parceiros da iniciativa privada. Suas propostas e objetivos foram destaque das visitas deste mês. Confira abaixo:

2 de outubro: Patrick Larragoiti, Presidente do Conselho de Administração da Sul América, e integrantes das unidades Odebrecht Participações e Investimentos e Odebrecht Administradora e Corretora de Seguros viajaram ao Baixo Sul para vivenciar in loco as iniciativas do PDCIS. Os visitantes iniciaram o roteiro com passagens pelas instituições que compõem a Aliança Cooperativa Estratégica do Palmito, como a Casa Familiar Rural de Igrapiúna e a indústria beneficiadora Ambial. Estiveram na estrutura da Unidade de Beneficiamento de Pescado, da Cooperativa dos Aquicultores de Águas Continentais (Coopecon), e nas sedes do Colégio Estadual Casa Jovem (CECJ) e da Escola de Instrução Militar (EsIM). Pela tarde, seguiram para a Serra da Papuã, em Ibirapitanga (BA), e conversaram com as equipes da Associação Guardiã da Área de Proteção Ambiental do Pratigi (Agir) e da Organização de Conservação da Terra (OCT). A agenda foi finalizada no município de Presidente Tancredo Neves (BA), onde conheceram o processo de beneficiamento dos produtos da Aliança Cooperativa Estratégica da Mandioca e Fruticultura.

2 de outubro: o engenheiro florestal do Instituto Estadual de Meio Ambiente do Espírito Santo, Marcos Sossai, trocou experiências com membros da OCT sobre pagamentos por serviços ambientais. Marcos coordena o projeto Reflorestar, que pretende, até 2014, ampliar a cobertura florestal em 30 mil hectares de Espírito Santo, primeiro estado do Brasil a implantar uma política pública de meio ambiente.

10 de outubro: representantes da Concessionária Bahia Norte, ativo da Odebrecht Transport, acompanharam as atividades das instituições ligadas ao PDCIS. Na ocasião, estiveram nas instalações das unidades que compõem as Alianças Cooperativas Estratégicas da Piaçava e da Construção Civil. Aproveitaram a oportunidade para participar de discussões sobre a promoção do Agroecoturismo na Área de Proteção Ambiental (APA) do Pratigi, sob responsabilidade do Instituto de Desenvolvimento Sustentável do Baixo Sul da Bahia (Ides).

16 de outubro: após tomar posse na 6ª Região Militar do Exército Brasileiro, o General de Divisão Racine Bezerra Lima Filho, junto com Coronel Alfredo Castro, Comandante Geral da Polícia Militar da Bahia, cumpriram agenda com foco nas ações desenvolvidas pelo Exército Brasileiro na área de atuação do PDCIS. A viagem contemplou visitas ao Tiro de Guerra e ao Centro de Formação Profissional Construir Melhor, ambos localizados em Valença (BA). Em seguida, conheceram as instituições que fazem parte das Alianças Cooperativas Estratégicas do Palmito e da Aquicultura. Finalizaram o roteiro nas acomodações do CECJ e da EsIM.

17 e 18 de outubro: Paulo Garcia e Mendes Oliveira, vindos da Província Lunda Sul, em Angola, vivenciarem as propostas do PDCIS a fim de estudar a possibilidade de replicar as iniciativas no próprio país. O itinerário incluiu passagens por algumas instituições ligadas ao Programa, como Agir, OCT, Ides e CECJ, e o acesso às iniciativas das Alianças Cooperativas Estratégicas da Construção Civil, Piaçava e Palmito.

19 de outubro: integrantes da Bahia Pesca tiveram acesso aos trabalhos da Aliança Cooperativa Estratégica da Aquicultura, focado na contribuição e fortalecimento da atividade pesqueira na região do Baixo Sul. Na ocasião, estiveram na Coopecon e na estrutura da Unidade de Beneficiamento de Peixe.

20 de outubro: José Vivaldo Mendonça e Lanns Almeida, membros da Companhia de Desenvolvimento e Ação Regional (CAR), acompanharam Edward Bresnyan, do Banco Mundial, em agenda ao interior do Estado. O roteiro destacou passagens pelos municípios de Nilo Peçanha, onde estão sediadas a Cfaf e a Cooprap, e de Igrapiúna, para conhecerem as sedes da Ambial e da CFR-I, além dos projetos da área de aquicultura. Ainda foram à Ibirapitanga para visitar o Núcleo de Estudos e Práticas em Governança Participativa e Desenvolvimento Comunitário, fruto de parceria com a Organização das Nações Unidas - ONU.

Receba nossas novidades:
Basta informar seu nome e melhor e-mail!
2018 - 2019. Fundação Odebrecht. Todos os direitos reservados.
Produzido por: Click Interativo - Agência Digital