12h06

Com recursos do BNDES, sedes de Casas Familiares são reformadas e ampliadas

Investimento é fruto de acordo assinado entre o Banco e a Fundação Odebrecht

Compartilhe
Tamanho do texto

O início de um ano letivo para os estudantes é recheado de expectativas. A ansiedade pelos novos dias de aprendizado, troca de experiências, interação com colegas e professores preenchem cada aluno. Para os educandos das Casas Familiares Rural de Igrapiúna (CFR-I) e Agroflorestal (Cfaf) – unidades de ensino que oferecem formação voltada para a realidade do campo no Baixo Sul da Bahia – o sentimento não é diferente e em 2013 está ainda maior.

Os jovens encontrarão, nesse novo ano, sedes reformadas e ampliadas. O investimento, do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), é fruto do Acordo de Cooperação Técnica e Financeira assinado em 2009 pelo BNDES e a Fundação Odebrecht. “Estou muito feliz e ansiosa. Agora vamos ter melhores alojamentos e laboratório de informática com mais equipamentos. Sem falar no ambiente, que vai ficar mais agradável para estudar”, acredita Kesia Santos, educanda da CFR-I.

Para essa unidade de ensino, os recursos foram divididos em duas parcelas. A primeira, já em uso, no valor de R$ 707.084,18, está permitindo a construção de salas de aula, de administração e de professores, além de refeitório, laboratório de informática, biblioteca e uma quadra poliesportiva. As obras, que tiveram início em agosto de 2012, devem ser concluídas até março e beneficiarão cerca de 100 alunos. “A nova sede refletirá, sem dúvidas, no aprendizado dos jovens. Toda a equipe estará motivada em um ambiente mais aconchegante, com melhores condições para ministrar as aulas”, reforça o monitor Francisvaldo Rosa.

Já a liberação de R$ 755.965,62 para a Cfaf, como parcela única, beneficia 97 educandos. As obras de ampliação dos alojamentos, construção de refeitório e cozinha industrial, biblioteca, laboratório de informática e sala para direção de ensino e equipe pedagógica serão finalizadas até fevereiro. “A Casa está se tornando ainda mais apropriada para apresentar um ensino de qualidade aos alunos. Conseguiremos potencializar a formação técnica e profissional oferecida para os jovens”, garante Suzana Baiardi, Diretora Executiva da Cfaf.


Obras da Casa Familiar Agroflorestal serão finalizadas até fevereiro

Receba nossas novidades:
Basta informar seu nome e melhor e-mail!
2018 - 2019. Fundação Odebrecht. Todos os direitos reservados.
Produzido por: Click Interativo - Agência Digital