10h56

Paranaense contribui para formação de jovens como presidente de unidade de ensino

Em seu trabalho com agricultura, Deoclécio Bedra estimula a nova geração de produtores a fortalecerem a relação com o campo e se consolidarem enquanto líderes nas comunidades

Compartilhe
Tamanho do texto

Ele veio do Paraná, de uma cidade chamada Dois Vizinhos. Chegou à Bahia há 13 anos, mais precisamente ao município de Presidente Tancredo Neves, onde já residiam alguns parentes seus. Dentro da bagagem, trazia um sonho: desenvolver seu próprio negócio na área agrícola. “Tenho afinidade com agricultura, pois sempre trabalhei com isso em diferentes empresas. Além de ter tido contato direto com cultivos em minha casa. Minha mãe tem terra e junto com meus irmãos cuidávamos dela”, comenta Deoclécio Bedra.

Já adaptado à nova realidade e sensível às demandas locais, participou da fundação da Cooperativa dos Produtores Rurais de Presidente Tancredo Neves (Coopatan), em 2000. Desde então, passou a entregar sua produção para a Coopatan, e a se manter com o trabalho do campo. Dois anos depois, viu nascer a Casa Familiar Rural de Presidente Tancredo Neves (CFR-PTN) e se desenhar a Aliança Cooperativa Estratégica da Mandioca e Fruticultura. Composta pela Cooperativa e pela CFR-PTN, a Aliança é um modelo que oferece oportunidades de trabalho e renda para produtores rurais e formação qualificada para os jovens.

Tempos depois, devido ao envolvimento constante e à confiança entre os moradores locais, Deoclécio assumiu a presidência da CFR-PTN. A partir de então, passou a realizar reuniões com a equipe da Casa Familiar e a influenciar nas decisões para aprimorá-la. Dentre os resultados alcançados, a CFR-PTN já formou 183 estudantes e selou convênios com importantes parceiros das instâncias pública e privada, como Secretaria de Ciência, Inovação e Tecnologia da Bahia e Fundação Banco do Brasil.

O filho de Deoclécio, Renan Bedra, de 18 anos, também estudou na Casa Familiar, concluindo a formação no final de 2012. Satisfeito, o produtor conta a experiência: “Fico feliz em perceber o quanto ele amadureceu e tomou gosto pela agricultura”. Mesmo com a correria do cotidiano, regado a agendas de visitas e conversas com os educandos, Deoclécio afirma: “Mais do que amigos, encontrei na CFR-PTN minha verdadeira família”.


Deoclécio e o seu filho cuidam dos plantios da propriedade

Receba nossas novidades:
Basta informar seu nome e melhor e-mail!
2018 - 2019. Fundação Odebrecht. Todos os direitos reservados.
Produzido por: Click Interativo - Agência Digital